Seguro DPVAT: número de indenizações subiu 25% em 2013

O Seguro DPVAT é um seguro obrigatório pago por proprietários de veículos, e é utilizado para indenizar vítimas de acidentes de trânsito. Em 2013, o número de indenizações subiu 25%, mas de indenizações por morte caiu em 10%.

Seguro DPVAT: número de indenizações subiu 25% em 2013
Cai em 10% indenizações por morte do Seguro DPVAT
  • Acidentes envolvendo motocicletas representam 71% das indenizações do Seguro DPVAT.

O seguro DPVAT  - Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, é um seguro obrigatório para todos os proprietários de veículos automotores, e é cobrando anualmente, junto com o IPVA. Dos recursos arrecadados com o seguro DPVAT, 45% são destinados ao SUS - Sistema Único de Saúde.

 

Vai contratar ou renovar o seguro auto? Faça uma cotação online.

 

O DPAVT é um seguro de responsabilidade civil obrigatório, e tem como finalidade indenizar vítimas de acidentes de trânsito, seja por morte, invalidez permanente ou parcial, reembolsando também despesas médicas e hospitalares.

 

O DPVAT beneficia qualquer tipo de vítima de um acidente de trânsito, desde o motorista, a passageiros e pedestres, e em caso de morte, indeniza os beneficiários. O DPVAT não se responsabiliza por danos materiais ou prejuízos provenientes de roubos ou colisão que não tenha vítimas. 

 

Seguro DPVAT não sofrerá aumento em 2014.

 

INDENIZAÇÕES DO SEGURO DPVAT AUMENTAM 25%

No ano passado, o volume de indenizações teve um aumento de 25% em relação ao ano de 2012. Foram 633.845 indenizações, somando um total de R$3.2 bilhões. No entanto, houve um significativa redução no volume de indenizações por morte em acidentes de trânsito no Brasil, chegando a 10% menos do que em 2012. No entanto, o número de indenizados por invalidez permanente cresceu 26%, totalizando 444.206 indenizações em 2013.

 

O valor da indenização paga em caso de morte é de R$13.500, nos casos de invalidez permanente pode também chegar a R$13.500, de acordo com o grau de invalidez. As despesas médicas são reembolsadas até R$2.700. 

 

OS HOMENS ENTRE 18 E 34 ANOS SÃO OS QUE MAIS RECEBEM INDENIZAÇÃO

De acordo com os estudos da Seguradora Líder DPVAT, 71% dos acidentes indenizados envolviam motocicletas. As motos representam menos de 30% da frota de veículos no Brasil, e mesmo assim é o tipo de veículo mais envolvidos em acidentes, principalmente acidentes fatais.

As principais vítimas envolvidas em acidentes de trânsito em 2013, eram homens entre 18 e 34 anos, chegando a 76%, boa parte deles motociclistas. 

 

Leia também » Segurança sobre duas rodas: como prevenir acidentes de moto.


Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar