Seguro de acidente pessoal é proteção para profissional liberal

Ser o seu próprio patrão é o ideal de muitos profissionais, mas também há um preço alto a se pagar. E se você fica impossibilitado de trabalhar, quem vai pagar as suas contas? O seguro de acidente pessoal pode ser uma solução.

Seguro de acidente pessoal é proteção para profissional liberal
Já pensou em fazer um seguro de acidente pessoal?
  • Garanta o seu equilíbrio financeiro, caso fique impossibilitado de trabalhar temporariamente com um seguro de acidente pessoal.

Ser um profissional liberal, ter autonomia e ser o seu próprio patrão, definindo os seus horários, ritmo e método de trabalho é o sonho de muita gente. Porém, ser um profissional liberal é depender única e exclusivamente da sua capacidade de trabalho. O seu rendimento depende de você. E o que acontece, se por acaso você sofre um acidente, ou fica doente e impossibilitado de trabalhar? 

 

Como uma solução para ter proteção e garantia financeira, muitos profissionais liberais têm aderido ao seguro de acidente pessoal. Com um seguro de acidente pessoal, o segurado recebe um indenização que lhe ajuda a custear tratamentos médico hospitalares e equilibrar as finanças enquanto está afastado do trabalho.

 

Veja quanto custa um seguro de acidente pessoal. Faça uma simulação.


VANTAGEM DE TER UM SEGURO DE ACIDENTE PESSOAL

Ainda que você contribua para a Previdência Social, se passar por uma situação de saúde em que precise parar de trabalhar por tempo indeterminado, depender exclusivamente do que vai receber da Previdência pode ser arriscado para as suas finanças, pois os benefícios costumam ter sempre valores bastante inferiores ao rendimento dos beneficiários. 

 

Por isso, o seguro de acidente pessoal é uma garantia também para a sua saúde financeira, e sua proteção para os seus dependentes. Hoje em dia, além das coberturas básicas de acidentes pessoais, como indenização em caso de morte acidental ou invalidez permanente, já é possível contratar coberturas adicionais que indenizam em caso de incapacidade temporário de exercer a sua atividade profissional, inclusive por motivos de doença.

 

QUE TIPO DE COBERTURA DE ACIDENTE PESSOAL ESCOLHER?

Para saber qual o melhor tipo de cobertura para você, é preciso avaliar o seu perfil profissional e pessoal. Avalie qual o seu rendimento e gastos mensais e estipule um período entre 3 e 6 meses. Multiplique o seu rendimento pelos meses e já terá uma estimativa de um valor de apólice que pretende contratar. Por exemplo, se o seu rendimento mensal é de R$ 5 mil e pensa em fazer um seguro que cobriria 6 meses impossibilitado de trabalhar, então o valor da apólice deveria ser de R$ 30 mil.  

 

Leia também » Qual a diferença entre seguro de vida e seguro de acidente pessoal.

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar