Made in China mais vendidos no Brasil

Veja o que os brasileiros compram vindo diretamente da China e muitas vezes nem sabem.

Made in China mais vendidos no Brasil
Você não sabia, mas aquela bolsa de grife possivelmente foi produzida na China

Todo mundo sabe que a China é uma grande potencia mundial e fabrica de tudo. Durante muito tempo o termo Made in China era sinônimo de falta de qualidade, mas a concorrência tem feito os produtos manufaturados chineses se aprimorarem.
Se você fizer uma auditoria cuidadosa, pode ser que com alguma facilidade você identifique que pelo menos 60% dos objetos que estão na sua casa são made in China. Muitos produtos do Paraguai e produtos nacionais, produzidos na Zona Franca de Manaus já perderam lugar para os produtos made in China.

De sapatos a louças, a China produz uma grande diversidade de mercadorias manufaturadas e exporta para todo o mundo. E sim, até aquele produto de grife que você pagou caro, foi produzido na China. A Apple fabrica o Iphone na China, a Nike tem grandes fábricas na China, a Zara e muitas outras grandes marcas mundiais. Ah, e a goji berry da sua dieta também. 

É da China, mas é bom

Com a concorrência internacional, inclusive de outros países asiáticos, a China começou a perder espaço e teve que se reinventar, investindo mais em tecnologia. O mercado chinês se viu obrigado a melhorar a qualidade dos produtos, até mesmo porque com a procura das grandes marcas pela mão de obra chinesa, passou a existir uma maior cobrança em termos de qualidade. Grandes marcas como a Apple e grifes europeias de roupa já procuram a mão de obra chinesa. Aos poucos, o termo made in China vai deixar de ser sinônimo de falta de qualidade. 

Categorias de produtos chineses mais vendidos no Brasil:

1. Cds e DVDs 
2. Câmeras fotográficas
3. Smartphones
4. Computadores e Tablets
5. Brinquedos, como carrinhos e bonecas
6. Pilhas
7. Produtos cosméticos
8. Cabos eletrônicos
9. Carros
10. Roupas
11. Sapatos
12. Bolsas

 

Veja também:

Tabela IRRF 2016: veja como consultar
Declaração de Imposto de Renda 2016: passo a passo
Entenda por que a declaração de isento não é mais obrigatória
Restituição do Imposto de Renda 2016: como consultar e calcular o valor>

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar