Brasileiro piora (cada vez mais) a sua fluência no inglês

Já está mais que provado que para conseguir bons empregos e se destacar no mercado de trabalho é preciso falar uma segunda língua. 

Brasileiro piora (cada vez mais) a sua fluência no inglês
Nem mesmo o incentivo constante para aprender uma segunda língua é suficiente

A Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos 2016 foram de grande influência para que muitos brasileiros aprendessem uma segunda língua, preferencialmente o inglês. Porém, diante dos resultados apontado pelo ranking da empresa de educação internacional Education First (EF), os brasileiros estão cada vez menos fluente na língua.

O ranking mediu qual é o nível de compreensão gramatical, de vocabulário e de domínio de leitura dos adultos para classificar os países em cinco classes distintas: muito alta; alta; moderada; baixa e muito baixa.


Resultado Brasileiro

Neste ano o Brasil caiu de posição (1,09 pontos a menos do que no ano anterior), assumindo 41º lugar, com 51,05 pontos. Para que você possa comparar e entender melhor como está a fluência dos brasileiros na língua inglesa, veja alguns dos melhores e piores resultados do ranking:

Ganhe um tablet para aprender inglês oferta limitada

1º Suécia 70,94 – Muito Alta
10º Áustra 61,97 – Alta
23º Espanha 56,80 – Moderada
41º Brasil 51,05 – Baixa
70º Líbia 37,86 – Muito Baixa

Por que falar inglês

Com certeza você já ouviu dizer que o inglês irá impulsinar a sua carreira. É claro que não é apenas isto. Porém, boa parte dos empregadores exigem que o candidato saiba falar ao menos uma língua estrangeira e, muitas das vezes, esta língua é o inglês. Aproveite e faça o teste online gratuito para saber qual o seu nível de inglês

Se você tem o sonho de tentar uma vida e/ou trabalhar no exterior, com certeza em algum momento vai precisar do idioma, mesmo que o país destino tenha a mesma língua nossa, o português.

Para aqueles que desejam estudar no exterior, saiba que é exigido, na maioria das universidades, que o estudante tenha um teste de proficiência na língua estrangeira. No caso dos países que lecionam aulas em inglês, o IELTS e o TOEFL são os principais exigidos.

As principais gafes brasileiras

Não se esqueça que os brasileiros não possuem fluência na língua. Ou seja, mesmo aqueles que fazem anos de cursinho de inglês e não praticam de nenhuma forma, acabam por “desaprender” algumas coisas básicas e o resultado é sempre o mesmo:

Oferta Limitada! Ganhe um tablet para aprender inglês online

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar