Compras no exterior pela internet

Os preços atraentes e a variedade de produtos e marcas do e-commerce internacional têm movimentando o mercado de importação no Brasil. Mas colocando as contas na ponta do lápis, nem sempre vale a pena recorrer às compras no exterior pela internet.

Compras no exterior pela internet
Quando vale a pena fazer compras no exterior pela internet?

Os brasileiros se renderam às vantagens das compras no exterior pela internet. A estimativa é que os consumidores do Brasil gastem mais de 2,5 bilhões com e-commerce internacional neste ano. E mesmo com o dólar em alta, os brasileiros continuam a fazendo compras no exterior, seja em viagens, seja pela internet. De acordo com informações do Departamento de Comércio Americano, um turista brasileiro gasta em média, por viagem, US$3 mil nos Estados Unidos.

 

FIQUE DE OLHO
Com o cartão de crédito certo, é possível poupar nas suas viagens e acumular milhas para continuar viajando. Encontre já o melhor cartão para você.

A variedade de produtos e marcas e a economia, que pode chegar a 80% em alguns casos, são os maiores atrativos. Além disso, é possível encontrar produtos que ainda não chegaram ao mercado nacional.

 

Os produtos mais procurados são calçados, acessórios, vestuários e cosméticos, além dos eletrônicos. As lojas on-line dos Estados Unidos e China são os destinos mais buscados pelos brasileiros que querem fazer compras no exterior sem sair de casa.

 

Compensa fazer compras no exterior pela internet?

Nem sempre recorrer a sites estrangeiros é bom negócio. Os consumidores devem ficar atentos aos impostos pagos pelas compras no exterior pela interent através de e-commerce. Produtos como livros, revistas e jornais estão isentos de tributação, assim como as compras de valor inferior a US$50, desde que enviadas pelo serviço postal e que o rementente seja uma pessoa física.

 

Para os outros produtos e para as compras de valores superiores a US$50, o consumidor pagará um imposto que é cobrado sobre o valor final da compra, incluindo o preço do produto, seguro e frete. Ou seja, o consumidor pagará imposto até sobre o transporte dos produtos adquiridos. 

 

Há ainda outro risco, que é cair em e-commerces inseguros. O Procon de São Paulo criou um aplicativo, que pode ser instalado no Google Chrome gratuitamente, e que alerta os internatutas quando um website de e-commerce está na lista negra de sites inseguros. O problema é que este aplicativo identifica apenas os sites  não confiáveis brasileiros.

 

Por isso, é bom ponderar, pesquisar e fazer bem as contas para ver se vale realmente a pena fazer compras no exterior pela internet.

 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar