Brasil cai de 7ª para 9ª economia do mundo em 2015

Desde 2014, o Brasil vem perdendo posições entre as potências econômicas mundiais mais poderosas. Com o crescimento dos últimos anos, o país chegou a figurar na sexta posição, mas perdeu o lugar para Índia e Itália. 

Brasil cai de 7ª para 9ª economia do mundo em 2015
Em dois anos, Brasil deve cair dois pontos no ranking da economia mundial


 Faça um teste online e descubra o seu nível de inglês
   

A queda do real e a recessão econômica poderão fazer com que o Brasil caia dois pontos no ranking das economias mais poderosas do mundo em 2015.

 

Em 2014, o país já caiu uma posição ao ser ultrapassado pela ìndia e Itália e agora, segundo as estimativas do Banco Central, deve cair da 7ª para a 9ª posição.   

 

Com a desvalorização acumulada de mais de 20% do real em 2015, a economia brasileira deve sofrer uma contração de 23% em comparação com o ano anterior, podendo fechar o ano com um PIB de US$1,81 trilhão. Entre 2002 e 2011, o PIB brasileiro cresceu 366%, o que despertou admiração do mercado internacional e fez com que se acreditasse que o país seria a 5ª potência econômica mundial em 2020.

 

Em documento divulgado pelo Banco Central, as projeções econômicas indicam que o país sofrerá retração de 1,8% em 2015, há um mês as projeções indicavam queda de 1,5%.

 
Veja também: 
Real desvalorizado: dólar já é vendido a R$3,77

 
Sabia que fazer test drive gratuito e sem compormisso é um direito de todo consumidor?  
Agende já o seu!

 

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar