Aposentados e pensionistas devem renovar senha do INSS até dia 31

Aposentados e pensionistas devem renovar senha do INSS até dia 31
Pagamentos começam a ser feitos no dia 26 de janeiro

Quem não fizer o recadastramento perde o benefício

Mesmo divulgando a informação, a Defensoria Pública da União afirma que 1,2 milhão de aposentados e pensionistas ainda não fizeram o recadastramento da senha do INSS, Instituto Nacional do Seguro Social, correndo o risco de perderem o benefício. A tarefa é anual, portanto, quem depende da gratificação tem que se apressar para não correr o risco de perder o prazo, que é dia 31 de dezembro, lembrando que os bancos não abrem neste dia.

Quem tem direito?

Tem direito a receber da Previdência quem contribui mensalmente com o INSS. Quando o contribuinte se aposenta, ele recebe de volta o valor pago. No caso de quem tem carteira assinada, o INSS já é descontado do salário bruto pelos empregadores. Os profissionais liberais podem contribuir solicitando um carnê por conta própria pelo número de telefone 135 ou pelo site

 

Datas dos pagamentos

O calendário dos pagamentos em 2015 já foi divulgado pelo Ministério da Previdência Social, sendo que estes começam a ser realizados no dia 26 de janeiro. O beneficiário pode saber o dia do pagamento observando o último número do cartão de benefício, excluindo o dígito. 

Confira as datas aqui

Como renovar a senha

Para renovar a senha o aposentado ou pensionista deve utilizar a conta corrente, poupança ou o cartão magnético e para recadastrar-se é necessário ir ao banco onde recebe o benefício e apresentar um documento original com foto, que pode ser o RG, carteira nacional de habilitação, carteira de trabalho, entre outros.  

Como fazer a declaração de vida

A prova de vida é importante para combater fraudes e se ter a certeza que os pagamentos vão realmente para o beneficiário. Ela pode ser feita no banco onde o benefício é recebido e em caso de impossibilidade de locomoção é possível cumprir com a obrigação por meio de um procurador cadastrado no INSS. Verifique aqui o modelo de procuração disponível no site da previdência social. 

Se o beneficiário for analfabeto, é possível ter uma procuração registrada em cartório. Seja qual for o motivo da ausência, esta deve ser justificada com um documento que comprove a situação e a apresentação dos documentos de identificação do procurador. 
Veja mais: