O que é Imposto de Importação e como calcular

O Imposto de Importação é uma maneira de proteger o mercado nacional, mas o tributo acaba às vezes mais do que dobrando o preço dos produtos importados. Ainda assim, ainda pode valer a pena importar.

O que é Imposto de Importação e como calcular
Entenda o que é e como é calculado o Imposto de Importação
  • Mesmo com Imposto de Importação de 60% para mercadorias compradas no exterior com valor de até US$499, pode valer a pena comprar importados.

O Imposto de Importação é um tributo cobrado pelo Governo Federal brasileiro por qualquer produto comprado no exterior e que entre no país. Ou seja, é um imposto que incide sobre produtos importados, seja um carro ou um perfume. Se você comprar um equipamento tecnológico aqui do Brasil por meio do e-commerce de uma loja virtual no exterior, você deverá pagar imposto de importação. 

 

Este tipo de tributo existe como medida para proteger os produtos do mercado brasileiro.  Mas muita gente recorre às importações mesmo o produto sendo disponibilizado no comércio nacional porque, mesmo com todos os tributos, ainda fica mais barato comprar de fora do que aqui. 

 

Os impostos que frequentemente pagamos ao importar produtos são Imposto de Importação, Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, e Imposto sobre Produtos Industrializados.

 

Veja também: Sua internet está lenta? Faça uma simulação e encontre uma solução melhor de banda larga.

 

COMO CALCULAR O IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO?

De acordo com a lei do Regime de Tributação, é aplicada uma alíquota única para compras no exterior que tenham um valor inferior a US$500. A alíquota única é de 60% do valor do produto. A partir de US$500, a alíquota é variável.

 

Nem sempre é somado a esta alíquota, ou Imposto de Importação, o ICMS e o IPI. Às vezes, é possível escapar a estes outros tributos. Mas no caso de encomendas, considere também já o valor do frete. Na internet, há calculadoras fiáveis que podem lhe ajudar a ter uma noção do valor a ser pago pelos produtos importados.

 

E não é apenas o Imposto de Importação de produtos encomendados que sai caro. Fazer compras no exterior, com cartão de crédito ou débito, também tem um IOF bem mais alto do que fazer compras em território nacional. O IOF - Imposto sobre Operações Financeiras é de 6,38%. Fora o que pode ser preciso pagar de impostos ao passar pela alfândega.

 

Leia também: 

 

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar