Proteja o seu computador! Há um novo vírus buscando vítimas no Brasil

O Crypt888 criptografa o conteúdo do HD da vítima e cobra um resgate para a devolução dos dados.

Proteja o seu computador! Há um novo vírus buscando vítimas no Brasil
A versão brasileira do vírus foi descoberta em outubro

O Crypt888 chegou ao Brasil. O vírus é um arquivo malicioso, enquadrado na categoria de ransomware. É preciso ter muito cuidado, pois ele criptografa todo o conteúdo do disco rígido, ou HD, da vítima e em seguida cobra um resgate para a devolução de dados. O valor pode chegar a R$ 2 mil. O vírus já atingiu usuários na Itália e na República Tcheca.

Como o vírus Crypt888 funciona

Descoberto em junho de 2016, agora o Crypt888 busca vítimas aqui no Brasil. Identificado por pesquisadores da Avast!, empresa de antivírus, o ransomware já foi visto em pelo menos três línguas. Ele apresenta instruções de pagamento em bitcoins, uma forma de dinheiro virtual e não rastreável.

Ao se instalar no computador e criptografar o conteúdo do HD, o vírus insere um papel de parede explicando como fazer o pagamento do resgate. De acordo com a Avast! todas as outras partes do código permanecem as mesmas. Os pesquisadores da empresa de antivírus já descobriram cinco versões deste malware.

A primeira foi em 22 de junho de 2016 e mudava o papel de parede do usuário para uma imagem do Guy Fawkes, símbolo do grupo hacktivista Anonymous. Junto com a foto, aparecia uma mensagem que acusava a vítima de ter roubado uma certa quantia em bitcoins, mas não trazia nenhuma informação sobre como o pagamento do resgate deveria ser feito.

A outra versão do vírus surgiu em 8 de julho. Em 29 de julho foi encontrada a versão italiana do vírus, com as mesmas características. Em 21 de setembro, o mesmo código foi encontrado, desta vez em uma versão tcheca e com uma nova mensagem. Nela, os criadores do vírus pedem resgate no valor de 0,8 bitcoins, o que dá cerca de US$ 480. E as vítimas tinham um prazo de apenas cinco dias para fazer o pagamento.

A versão brasileira foi descoberta em outubro. Com uma mensagem bem detalhada, o malware cobrava R$ 2.000 pelo resgate do conteúdo do HD. Uma boa notícia é que os pesquisadores do Avast! conseguiram desenvolver uma solução que funciona para todas as versões do Crypto888, pois o código do malware não foi alterado.

Como evitar o Crypt888

O Crypt888 entra no seu computador por meio de links suspeitos partilhados nas redes sociais ou enviados por chats, como skype, e também em arquivos para download. Para evitar ser infectado pelo CRypt888, não clique em links suspeitos e nem baixe arquivos de sites que não são da sua confiança. 
Foto: Reprodução Pexels

Leia também:
As últimas notícias do Brasil e do Mundo
Qual o melhor antivírus gratuito 
Aplicativos que mais infectam celulares com vírus 
7 coisas que você faz na internet e que atraem vírus 
 

Gostou? Compartilhe!
Michelle Monte Mor Michelle Monte Mor

Formada em Comunicação Social e em Mídias Digitais. Escreve sobre o setor automotivo desde 2004. Não larga o smartphone e vive conectada às redes sociais. Adora viajar e dirigir.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar