Viajar o mundo gastando pouco: as novas formas de turismo

Quer viajar o mundo com um propósito diferente? Existem novas formas de turismo que têm propósito de ajudar pessoas em necessidade, o planeta ou a si próprio.

Viajar o mundo gastando pouco: as novas formas de turismo
Conheça diversas formas de turismo para viajar o mundo gastando pouco

Hoje em dia existem diversas possibilidades de se fazer turismo. Aquela ideia de que é preciso ter rios de dinheiro para se hospedar em um hotel, ter todas as mordomias possíveis e voltar pra casa com dívidas no cartão de crédito não é uma opção única. Há várias novas formas de turismo para viajar pelo mundo que precisam de muito menos dinheiro e um bocado a mais de desapego. 

Viajar pelo mundo com novos objetivos

As novas formas de viajar ultrapassam as barreiras do turismo e você ainda pode ter um fim nobre: promover o auto conhecimento, ajudar a quem precisa ou colaborar com a sustentabilidade do planeta. Quer saber como viajar o mundo gastando muito pouco? Confira as opções!

Turismo Colaborativo 

viajaromundo


Esse tipo de turismo começou a ter mais adeptos há pouco tempo, mas já viralizou pelo mundo todo e muitas pessoas já abandonaram seus empregos formais para seguir essa filosofia. O turismo colaborativo é aquele no qual você contribui de alguma forma e ganha o suficiente para se manter. Assim, você pode não ficar rico (de dinheiro) mas acaba conhecendo o mundo todo, gente de todos os países, descobre novas culturas e pratica o desapego: viver mais com menos.

GANHE
UMA VIAGEM
veja como concorrer

Os brasileiros Andira Medeiros e Fabio Mesquita são um bom exemplo desse tipo de turismo. Há um ano eles fizeram as malas e saíram pelo mundo trabalhando em hostels em troca de alimentação e hospedagem. Enquanto ela trabalha com social media e ajuda o hostel com o posicionamento on-line, ele auxilia na administração do mesmo em conjunto com o gerente do estabelecimento. Eles contam as suas histórias de viagens e conversa com outros viajantes e interessados no site Sexo, Viagens e Rock’n’Roll. Com um bom conhecimento da língua inglesa, vagas em hostels são excelentes alternativas para adquirir experiência em diversas áreas como turismo, jardinagem, decoração, hotelaria, arte, culinária, entre outros.

Outro bom exemplo de pessoas que usam o turismo colaborativo para conhecer o mundo é dos Nômades Digitais. Eles utilizam a tecnologia para viajar e trabalhar ao mesmo tempo. São várias pessoas que se unem aos Nômades para produzir conteúdos de viagens e ganhar dinheiro com isso. E o site ajuda a quem quer fazer o mesmo: há vídeos de ‘Como enfrentar o medo de mudar de vida’, ‘As vantagens de ser um nômade digital’, ‘Como ganhar dinheiro sendo um nômade digital’ e muito mais. Há o estímulo para que outras pessoas se aventurem no mundo trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Voluntariado pelo mundo

viajaromundo


Você sabia que dá pra viajar o mundo fazendo o bem ao próximo? Existem várias maneiras de ajudar e ser ajudado, e assim ser capaz de conhecer diversos lugares por aí. Muitas instituições no mundo oferecem hospedagem e alimentação para quem se candidatar a participar de trabalhos voluntários.

É um grande desafio sair da sua zona de conforto, viajar para um outro país para viver com somente com o essencial e dedicar um período da sua vida a ajudar o próximo. Os benefícios são para a vida toda. Essa pode ser a mudança que você precisa na sua vida. Ficou interessado em voluntariar e viajar o mundo? O site Para Onde é excelente para encontrar programas de voluntariado, tirar dúvidas e dar orientações a quem quer fazer o bem mundo afora.

Turismo Sustentável

viajaromundo


Você se preocupa com o futuro do planeta? Tem vontade de fazer algo para ajudar na sustentabilidade do mundo mas não sabe como? Você pode praticar o turismo sustentável, que é quando você viaja a um determinado lugar com o intuito de trabalhar em uma zona de preservação. Mas como fazer isso? Existem algumas organizações que oferecem vagas para quem quer ajudar.

O Projeto Garupa tem uma premissa muito interessante: eles realizam crowdfunding para financiar projetos aprovados pela sua equipe. Como funciona: é uma espécie de “vaquinha” online. Primeiro, uma ONG, empresa ou indivíduo inscreve seu projeto com objetivos sustentáveis na Garupa: conta qual é a ideia, por que ela faz sentido, e de quanto dinheiro precisa para tirar o plano do papel. E aí qualquer pessoa pode entrar no site, se apaixonar por uma daquelas ideias e colaborar com uma quantia – o procedimento de doação é todo feito pelo site.

Assim, o dinheiro é arrecadado e você pode colocar o seu projeto sustentável em prática, viajar para o lugar onde vai aplicar o projeto e ajuda o ambiente, a população, os animais, o que você quiser fazer para tornar o mundo mais sustentável. Parece utópico? Entre no site do Garupa e veja o grande número de projetos que eles já tiraram do papel e foram bem sucedidos! Se você quer viajar pelo Brasil e ajudar na sustentabilidade do planeta esse é o turimos mais indicado para você.

Volunturismo: uma viagem para ir além das férias

Turismo em grupo colaborativo para fins pessoais e comunitários

viajaromundo


A modalidade de negócio do Destino Colaborativo não pôde ser colocada dentro de uma das categorias acima porque ele tem um pouquinho de cada uma delas. Esse projeto tem por objetivo promover viagens colaborativas, ou seja, financiadas coletivamente, para destinos que promovam aprendizados profundos e de impacto positivo para a comunidade, enquanto um protótipo. Ou seja, os idealizadores propõem um projeto e outras pessoas interessadas inscrevem-se e juntos eles reúnem fundos para realizar essa viagem. Eles se unem para juntos, superarem os limites da realização dos seus sonhos através da colaboração.

Em julho foi realizada a primeira viagem neste estilo, para a Fundação Findhorn, no Norte da Escócia. Findhorn é um comunidade espiritual criada há mais de 50 anos e é uma referência mundial por conta de suas estruturas espiritualmente, socialmente e economicamente sustentáveis. Lá, eles usam técnicas de construção ecológica, geração de energia responsável, reciclagem e produção de alimentos orgânicos. Os interessados se inscreveram e cada integrante do grupo foi com a intenção de aprender alguma coisa específica dentro do seu projeto de vida. O próximo destino é Bali! Tem vontade de conhecer? Gostaria de ir com pessoas que têm interesses semelhantes ao seu para esse destino? Seria uma boa para o seu projeto de vida? Então essa é a sua oportunidade de viajar o mundo em colaboração com outros!

Fique por dentro de dicas para economizar nas suas viagens nacionais e internacionais.

Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar