Dinheiro vivo em viagem internacional: limites, regras e taxas

Uma das formas de fugir do temido IOF durante uma viagem internacional é levando dinheiro vivo. Saiba até quanto pode levar e se precisa declarar o valor:

Dinheiro vivo em viagem internacional: limites, regras e taxas
Tire suas dúvidas antes da próxima viagem internacional

qual seu nível de inglês?faça um teste online e descubra


Fazer uma viagem internacional significa ter que pensar em mil e uma coisas antes de por os pés dentro do avião. Passagens, necessidade ou não de visto, hospedagem, que tipo de roupa levar e, claro, como pagar as despesas durante a estadia. Pode ser que muita gente nem dê muita importância ao assunto, mas corre o risco levar um susto com as tributações.

 

Em 2013, o governo subiu o IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras) de forma bastante agressiva. Os atuais 6,38% incidem sobre operações durante viagem internacional com cartão de crédito, débito, recarga de cartão pré-pago e até compra de cheque viagem. E aí, será que tem alguma saída? A boa notícia é que sim: levar dinheiro vivo é uma das soluções para fugir desse vilão.

  


Quanto, como e por quê

viageminternacional


 
QUER PASSAGENS BARATAS?
Economize na compra de passagens aéreas. Cadastre-se no site do E-konomista e receba as melhores ofertas relâmpagos de passagens aéreas no sei email.

Não é que não incidam taxas sobre o dinheiro vivo. Lembram do IOF? Pois é, ele ainda entra na conta aqui. Ao comprar moeda estrangeira no Brasil, você paga 0,38% de imposto, bem menos que nas outras operações. De cara, a vantagem é realmente inegável, mas é preciso prestar atenção em outros aspectos.

 

Ao fazer uma viagem internacional, o turista pode sair do país com até R$ 10 mil (ou o equivalente em moeda estrangeira) sem necessitar declarar ou justificar. Se ultrapassar esse valor, deve previamente preencher a Declaração de Saída de Valores no site da Receita Federal e apresentá-la no embarque. A omissão de valores ou ausência da declaração implicam sanções previstas em lei, uma delas é a detenção.


Atenção: 7 coisas para não dizer ao passar pela imigração

 

O viajante precisa ficar de olho também nas normas do país de destino para a entrada de valores. Se a sua próxima viagem internacional for para a Europa, por exemplo, existe uma regra específica para quem leva mais de 10.000€ em dinheiro vivo. Além de ter que declarar a quantia na saída do Brasil, uma vez que ultrapassa os R$ 10 mil, deve fazer o mesmo na chegada ao outro país. Dinheiro não declarado é sempre um problema. No continente europeu, então, a dimensão dessa omissão é ainda mais dramática.


 

Fique por dentro das melhores ofertas de passagens aéreas internacionais. Faça o cadastro gratuito e receba por email os melhores preços.
 


Aproveitando ao máximo

viageminternacional


Se decidiu que o levar dinheiro vivo é a melhor opção para a sua viagem internacional saiba que precisa cuidar bem das suas posses. Apesar de ser um método bem descomplicado de usar, por não precisar de senhas, cartões e afins, existem cuidados a serem tomados e formas de tirar ainda mais vantagem dessa quantia.

 


1. Lembre-se que estará fazendo uma viagem internacional levando toda a quantia consigo. Por mais seguro que seja o seu destino, não confie na sorte. Escolha um hotel com cofre e saia apenas com o valor que pretender usar.

 

2. Levar dinheiro vivo é indicado para viagens curtas, tanto pelo limite quanto por questões de segurança. Considere esses fatores antes de pensar em ficar 3 meses fora.

 

3. Comece a acompanhar a cotação da moeda estrangeira que precisará alguns dias antes da sua viagem internacional. Investigue também quais os melhores lugares para fazer o câmbio. Não deixe para a última hora, pois pode sair perdendo.

 

4. Mesmo que tenha decidido usar apenas dinheiro vivo, tenha sempre um plano B. Leve consigo uma outra forma de pagamento, como cartões de crédito internacional, para casos de necessidade. Com dizem os sábios, melhor prevenir que remediar.

 

Ganhe um tablet para aprender inglês online.


Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar