10 itens que podem ter variação de preço de mais de 160% em SP

Em divulgação pela Proteste, o consumidor brasileiro ganhou mais um motivo para pesquisar e comparar preços nos supermercado: a variação. Veja por onde começar.

10 itens que podem ter variação de preço de mais de 160% em SP
Agora o consumidor tem mais um motivo para pesquisar e comparar preços.

Já acostumados a pesquisar e comparar preços, o brasileiro tem mais um motivo para continuar de olhos bem abertos. Em levantamento realizado pela associação de consumidores Proteste, 23 cidades em 17 Estados tiveram seus supermercados, hipermercados e redes de atacado avaliados com a finalidade de encontrar variação no preço de um mesmo produto, entre diferentes estabelecimentos. O resultado surpreendeu.

Com variações de até 169% entre produtos da mesma marca, a Proteste avaliou 269 mil preços de diferentes produtos. E como conclusão desse comparativo, a pesquisa constatou que o paulistano é capaz de economizar mais de R$ 2 mil por ano sem precisar trocar a marca dos produtos que adquire, mas apenas comprando em diferentes lojas.

Os itens com maior variação de preço nos supermercados de SP

Diante desse parecer constatado pela Proteste, fica ainda mais evidente a necessidade do consumidor em pesquisar e comparar preços, agora não somente entre as marcas disponíveis, mas entre as lojas do segmento em sua região.

Com isso, faça um adendo em sua lista de compras e confira os produtos com maior variação de preço identificadas na cidade de São Paulo.

1. Caldo de galinha – Knorr

Com variação de 169%, o caldo Knorr teve valor mínimo encontrado de R$ 2,75 e máximo de R$ 7,39

2. Rolo de papel toalha – Snob

Apresentando um menor preço encontrado de R$ 1,07 e maior de R$ 2,85, a variação desse produto se encontra em 166%

3. Manteiga extra com sal – Aviação

A manteiga da latinha foi encontrada por um preço mínimo de R$ 2,29 e máximo de R$ 6,09, com variação novamente de 166%

4. Açúcar Refinado – União

A marca de açúcar foi encontrada nas prateleiras a um valor mínimo de R$ 3,05 e máximo de R$ 8,09, representando 165% de variação

5. Sardinha em óleo – Gomes da Costa

Com uma razoável diferença, o preço mínimo encontrado do produto foi de R$ 3,99, ao passo que seu valor máximo estava em R$ 10,50. Variação final de 163%

6. Maionese – Hellmann’s

Para comprar a maionese, é possível encontra-la sob preço mínimo de R$ 1,49 e máximo de R$ 3,95. O que significa uma variação de 165%

7. Arroz branco – Camil

O indispensável arroz também está entre as maiores variações, sendo ela de 161%. Nos supermercados, o produto é encontrado sob custos mínimos de R$ 2,25 e máximos de R$ 5,88.

8. Iogurte Líquido sabor Morango – Activia

Iogurtes e sobremesas também não escaparam dessa variação, a qual apresentou-se em 161%. O preço mínimo encontrado para o produto foi de R$ 2,26 e o maior, de R$ 5,89.

9. Detergente Líquido – Ypê

Sob um menor preço de R$ 1,19 e maior de R$ 3,10, o detergente sofre variação de 161%.

10. Queijo petit-suisse morango – Danoninho

E nem o Danoninho ficou fora dessa, apresentando uma variação de 160% entre valores mínimos e máximos de R$ 1,19 e R$ 3,09.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar