Calendário de vacinas para cães

Conheça o calendário de vacinas para cães e fique por dentro de quando deve levar o seu pet para tomar os reforços.

Calendário de vacinas para cães
Saiba que vacinas o seu pet deve tomar

Quando adotamos ou compramos um novo amiguinho, queremos que ele seja o nosso companheiro por muito tempo. O começo dos cuidados com o seu pet começa por saber quais são as vacinas para cães obrigatórias e opcionais e quando levá-lo para tomar cada dose. As vacinas para cães são mais do que obrigatórias, mas essenciais para preservar a vida do nosso bichinho e não deixar que uma doença que poderia ser evitada, apareça sem mais nem menos.

Vacinas de gatos: quais são e quando aplicar

Quais são as vacinas para cães e quando tomar

Deixar de dar as vacinas para cães os torna vulneráveis a diversas doenças. Cães filhotes que ainda não foram vacinados ou os cachorros em que não se sabe se ocorreu ou não a vacinação, devem tomar 3 doses da vacina múltipla (V8 ou V10) e seguir o calendário igual ao dos filhotes.

Falhas vacinais

Para ser vacinado, o animal deve estar sem febre, vermifugado e sem diarreia. Do contrário, pode ocorrer uma falha na vacinação. Além disso, se a cadela que pariu os filhotes já tiver sido vacinada, não é aconselhável dar vacinas para cães com menos de 45 dias. Os anticorpos da mãe permanecem no organismo do filhote até os 45 dias, e aplicar qualquer vacina antes desse período pode inibir o seu efeito e deixar o pet vulnerável.

Os intervalos entre cada uma das doses e vacinas ficam a critério do médico veterinário do seu cãozinho. Os cães mais velhos e/ou menos saudáveis devem respeitar intervalos maiores entre cada vacina diferente para não comprometer a saúde com os efeitos colaterais. Em qualquer idade ou estado de saúde, não é aconselhável aplicar mais de uma dose de vacina ao mesmo tempo. Veja abaixo o calendário ideal e as vacinas que o seu cão deve tomar.

GANHE
UM INCENTIVO EXTRA PARA ficar mais bonita
veja mais

6 A 8 SEMANAS

V8 ou V10: cinomose, hepatite infecciosa canina, adenovírus canino tipo 2, coronavírus canino, parainfluenza canina, parvovírus e leptospirose.

12 SEMANAS

V8 ou V10: dose de reforço

Gripe Canina: adenovírus tipo 2, parainfluenza canina e bordetella bronchiseptica

Giadíase: indicada para animais que vivem em grupo (canis e criadores) ou em ambientes úmidos.

16 SEMANAS

V8 ou V10: última dose de reforço

Gripe canina: última dose de reforço

Giardíase: última dose de reforço

Raiva: aplicação da vacina anti-rábica

Reforços

Muitas pessoas acham que, depois de dadas as primeiras vacinas, o cãozinho estará protegido para sempre. Mas não é assim que funciona. Todos os anos, essas vacinas para cães devem ser reaplicadas em dose única e o dono deve manter o hábito de levar o cãozinho ao veterinário para sempre deixar esse calendário em dia.

Depois das vacinas

Depois de tomar as vacinas para cães, é normal que o seu amiguinho apresente um pouco de febre, fique com um comportamento mais cabisbaixo por um ou dois dias e tenha um pequeno inchaço na região onde a vacina foi aplicada.

Vacinação gratuita para cães

Desde 1982 a prefeitura de São Paulo tornou obrigatória a vacinação para cães e gatos contra a raiva. Como todas as zoonoses, a raiva é transmitida do animal infectado para o humano através, principalmente, da mordida ou arranhão. A melhor maneira de controlar as contaminações da raiva no meio urbano é pela vacinação dos animais domésticos.

A Prefeitura de São Paulo oferece a vacina anti-rábica gratuitamente nos centros de controle de zoonoses.  Você pode levar o seu pet para ser vacinado de segunda a sexta-feira ou aos sábados, na unidade central, em Santana (Zona Norte). Clique aqui para acessar o site da Prefeitura de São Paulo e saber os horários de funcionamento, endereços e telefones das SUVIS da sua região. E lembre-se: manter a saúde do seu pet em dia é uma forma de garantir que terá o seu companheiro junto com você por muito mais tempo. 

Fique em forma e com saúde como você sempre quis. Veja como é fácil.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar