Tradições natalinas: como é o Natal em outros países

Enquanto no Estados Unidos as crianças esperam o Papai Noel, na Itália as crianças esperam por uma senhora com cara de bruxa. Saiba quais são as tradições natalinas ao redor do mundo. 

Tradições natalinas: como é o Natal em outros países
Saiba como outros países encaram as tradições natalinas

Cheirinho de peru assando, decoração característica, uma correria para comprar presentes e aquela emoção que faz com que repensemos nossa vida. O Natal é uma época especial, seja pelo seu significado religioso, pelos presentes, pelo sentimento de renovação ou simplesmente por unir as pessoas em torno de uma mesa repleta de bons quitutes, mas as tradições natalinas variam de país para país. 

Tradições natalinas ao redor do mundo 

Nos países onde a religião cristã predomina é comum que as tradições natalinas sejam semelhantes entre si. Costumes como pendurar a meia para receber presentes e comer peru na ceia são constantes, mas as variações ao redor do mundo são bem interessantes. 

Itália – Buon Natale!

Na terra das massas as crianças esperam pela Befana, uma senhora que, segundo conta a lenda, vaga pelo mundo procurando o menino Jesus, pois na noite em que os Reis Magos iam para Belém ela lhes recusou ajuda e arrependeu-se. As crianças boas ganham presentes e as más ganham castigos.

Os presentes são entregues no Dia de Reis, 6 de janeiro, e na ceia são servidos peixes e massas, sempre acompanhados de vinho tinto. As igrejas recém presépios.

Portugal – Boas festas!

Os costumes são muito parecidos com os do Brasil. Na ceia, o prato principal é o bacalhau com batatas e arroz de polvo e a rabanada não pode faltar. Come-se o bolo-rei, um pão de frutas que traz um presente dentro, e as crianças deixam o sapato escondido em um local estratégico para receber presentes do Papai Noel. Os presentes só podem ser abertos dia 25.

França – Joyeux Noel!

O espirito natalino realmente toca os franceses, que no dia 25 de dezembro praticam a reconciliação do Natal, na qual visitam a casa de um desafeto para fazer as pazes e brindar com vinho. O doce tradicional é o buche, que tem formato de tronco de árvore e é feito de marzipã e chocolate.

Cada região tem seu prato tradicional, sendo que em Paris come-se na noite de Natak ostras e foiegras. Em outras cidades é servido gansos ou peru com nozes.

Argentina – Feliz Navidad!

As famílias se reúnem, como é esperado na data, e comem a ceia ao ar livre, geralmente em pátios, jardins ou quintal ao redor da churrasqueira. Entre os principais pratos estão peru, pernil, empanadas e o tradicional alfajor como sobremesa.

8 filmes de natal que passam todos os anos na TV

Estados Unidos – Merry Christmas

Os filmes americanos sempre mostram uma lareira acesa e uma casa quentinha. Mas como muitas casas não possuem lareira uma emissora de TV transmite por 24 horas uma lareira queimando para dar uma força. O clima frio permite que sejam feitos bonecos de neve e na véspera os vizinhos se unem para cantar canções natalinas.

O prato típico é o peru recheado e as crianças penduram meias perto da lareira para esperar a chegada do Papai Noel.

Suécia – God Jul!

No dia 6 de dezembro, quando começam as festas, as crianças escrevem cartas com pedidos para São Nicolau, que são trocadas por balas ou nozes. É costume a filha mais velha se vestir de branco na noite de Natal usando uma grinalda com folhas verdes e velas acessar. Ela deve servir café com bolinhos para toda a família.

China - Sheng Tan Kuai Loh!

O Papai Noel é chamado de Dun Lhe dao Ren, que significa Velho Natal e as casas são iluminadas com lanternas e flores de papel, arvores de Natal e correntes. As crianças também penduram meias para esperar os presentes. Isso no caso das famílias cristãs, pois para a maioria dos chineses a principal festa é o Ano Novo Chinês, comemorado no fim de janeiro.

Índia – Shub Naya Baras!

As plantas nativas do país, como bananeira e mangueira, são decoradas com adornos típicos de Natal e a casa é enfeitada com folhas de bananeira. Lamparinas feitas de argila e acesas com óleo dão o toque final.

Iraque – Idah Saidan Wa Sanah Jadidah!

Histórias da natividade de Jesus são contadas para toda a família, que em seguida queima uma pilha de espinhos secos, que segundo a crença indicará como será o futuro dos entes. A maioria no país não é cristã.

Belém

A cidade onde Jesus nasceu comemora em grande estilo as tradições natalinas. Peregrinos e tribos árabes da região se ajoelham na capela dos franciscanos para adorar o berço do Menino, montado apenas na noite de 24 para 25 de dezembro. Terminada a missa, os franciscanos oferecem para os peregrinos pão preto e vinho.

Países que proíbem o Natal

Alguns países cuja religião predominante não é a cristão regulam ou até proíbem totalmente manifestações natalinas. O Tajiquistão, na Ásia Central, tem a religião muçulmana como predominante e proíbe arvores de natal, fogos de artificio, comidas típicas da data, troca de presentes, arrecadação de dinheiro e fantasia de Papai Noel.

Brunei, no sudeste asiático, tem como religião oficial o Islã e proíbe o uso de gorros de Papai Noel em público ou vestimentas relacionadas. Pode-se celebrar o Natal, desde que de forma reservada. Na Arábia Saudita sinais visíveis de comemoração natalina são proibidos e o governo orienta a população a se orientar pelo calendário lunar.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar