Por que trabalhar no Google pode ser o emprego dos seus sonhos

Se você já pensou, alguma vez, em trabalhar no Google e não sabe como se candidatar e quais são as habilidades requeridas, confira as dicas do E-konomista para se tornar um Googler.

Por que trabalhar no Google pode ser o emprego dos seus sonhos
Gigante do mundo tecnológico oferece regalias para seus funcionários

Muitas pessoas costumam perseguir o trabalho dos sonhos por anos, décadas. Para isso, experimentam diferentes tipos de trabalho, em diversas empresas, mas nunca se sentem completamente realizados. Se você é uma destas pessoas, talvez uma companhia em especial seja a solução: o Google. Mas porque trabalhar no Google é tão especial? 

 

Ok, isso não é novidade. O Google é referência em termos de qualidade e ambiente de trabalho. Mas a ideia deste artigo é justamente mostrar porque trabalhar no Google realmente pode ser o emprego dos seus sonhos.

 

Primeiro, é preciso se você se encaixa no perfil de funcionários da empresa. Para conseguir trabalhar no Google é necessário, em primeiro lugar, gostar da empresa e estar familiarizado com os seus serviços e recursos tecnológicos. Estar antenado às novas tendências tecnológicas e ser criativo também é fundamental. Ser um Googler requer pró atividade, principalmente no que diz respeito a novas propostas de recursos e soluções tecnológicas para a empresa.

 

Além dessas características, Laszlo Bock, vice-presidente sênior de Operações Pessoais, revelou cinco características importantes para quem deseja trabalhar no Google:

 

1- Estar disposto a aprender e a se adaptar às diversas situações

 

2- Saber diferenciar os momentos para falar e para ficar calado

 

3- Ter espírito de equipe e saber aceitar a derrota

 

4- Se orgulhar e aprender com os erros

 

5- Não se considerar “o especialista” e buscar estratégias diferenciadas e inovadoras

 

Como é trabalhar no Google

 

O processo de seleção

Demora cerca de dois meses, é bastante rígido e mais da metade das contratações são indicações. O Google incentiva os seus funcionários a fazerem indicações e, se for contratado, quem indica recebe cerca de R$ 5 mil.

 

Kit boas-vindas:

Para além de um kit com boné e camiseta, o novo Googler recebe um vale para decorar a sua baia e para gastar em compras na loja virtual da empresa.

 

Happy Hour

A festa ainda não acabou! Há um comitê de cultura e diversão é encarregado de propor atividades diversas como noites de cinema ou mesmo festas tradicionais e temáticas. No Brasil, os happy hours acontecem uma vez por semana nos escritórios de Belo Horizonte e São Paulo.

 

A hora do lanche

Se você já assistiu ao filme “Os estagiários” lembra-se de que é permitido comer de tudo que a empresa oferece e de graça. Isto é uma verdade! Os funcionários podem almoçar, jantar e petiscar sem qualquer custo.

 

Para relaxar

A empresa possui mesas de jogos, ambientes para relaxar e um crédito para massagem. Aqueles funcionários que cumprem bem uma tarefa são premiados com créditos para serem trocados por uma hora de massagem grátis.

 
Atividades físicas

Mais uma verdade sobre o filme “Os estagiários”: algumas unidades do Google disponibilizam patinetes aos empregados para se deslocarem. A empresa incentiva o esporte e oferece aulas de ginásticas (e sim, é de graça!).

 

Momento criativo

A empresa possui um método conhecido como 80/20 no qual o funcionário utiliza 80% do seu tempo de trabalho para desempenhar suas funções regulares e 20% é para dedicar-se a projetos próprios.

 
Saúde em primeiro lugar 
Para manter seus funcionários saudáveis e frequentes aos cuidados com a saúde o Google oferece reembolso por consulta com médico fora do plano de saúde e incentivo remunerado para quem participar de grupos de caminhada e praticam aulas de pilates no escritório e exercícios na academia. Além disso, como política da empresa, checkup’s gratuitos também são oferecidos. 
 
 
Auxílio Tecnologia 
Todo funcionário ganha uma ajuda de custo para pagar a mensalidade da internet. 
 
 
Licença não remunerada

Se você pensa que a empresa disponibiliza aos seus funcionários apenas um mês de férias está enganado. Quem trabalha no Google pode tirar três meses de licença não-remunerada realizar atividades fora da empresa como voluntariados, campanhas políticas e projetos comunitários que sejam de interesse da empresa.

 

 

Os salários de quem trabalha no Google

 

Você sabe quanto recebe um Googler e quais são os cargos com maiores salários? De acordo com o site Bussines Insider os “top five” de 2014 foram:

 

1º Engenheiro de software sênior

Salário anual: US$ 152.985 (aproximadamente R$ 396 mil)

Função: encarregado direto pelo funcionamento de toda a estrutura de programação da empresa.

 

2º Engenheiro de pesquisa

Salário anual: US$ 140.039 (aproximadamente R$ 362 mil)

Função: estudo e manutenção de equipamentos de hardware.

 
3º Gerente de produtos

Salário anual: US$ 138.951 (aproximadamente R$ 359 mil)

Função: atua na área de projetos do Google para gerenciar e colocar em prática as novas ideias.

 
4º Cientista pesquisador

Salário anual: US$ 135.785 (aproximadamente R$ 351 mil)

Função: desenvolvimento de novos projetos que requerem pesquisa científicas (exemplo: carros que dirigem sem motorista).

 
5º Engenheiro de pesquisa de software

Salário anual: US$ 126.916 (aproximadamente R$ 328 mil)

Função: idealiza novos projetos para a gama de produtos Google (por exemplo: Google Glass).

A conversão foi baseada na cotação do dolar comercial à R$ 2,59.

 

 

Vagas de emprego para trabalhar no Google

 

Estão abertas as inscrições para a 5ª edição do Google Bussines Intership. O programa tem a duração de seis meses e acontecerá durante o segundo semestre de 2015. As inscrições estão abertas até 15 de fevereiro.

 

Confira as vagas:

  • Vendas e Gestão de Contas (Sales & Account Management)
  • Produto e Suporte ao Cliente (Product & Customer Support)
  • Marketing e Comunicação (Marketing & Communications)
  • Soluções Técnicas (Technical Solutions)

 

Os candidatos passarão por etapas de testes online, entrevistas com funcionários da empresa e especialistas de recursos humanos.

 

Os pré requisitos:

  • Estar matriculado em um curso de graduação de 4 ou 5 anos, de uma universidade brasileira;
  • Ter a formação prevista para dezembro de 2015 ou janeiro de 2016;
  • Disponibilidade para trabalhar no escritório do Google em São Paulo entre julho e dezembro de 2015;
  • Ser fluente em português e capacitado em escrita e conversação em inglês.

Você sabia?
O Google é a melhor empresa para se trabalhar em 2015? O Google conquistou o primeiro lugar com 4,5 pontos em uma escala de 1 a 5, sendo 5 a melhor pontuação. A pesquisa foi realizada pelo site Glassdoor, baseada em inquéritos respondidos por funcionários.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar