Trabalhar no exterior: qual país combina mais com você?

Muitas pessoas pensam em trabalhar e morar fora, mas cada país possui características que precisam ser levadas em consideração. Se  você quer trabalhar no exterior, vale à pena avaliar se o seu destino é mesmo o ideal.

 

Trabalhar no exterior: qual país combina mais com você?
Estilo profissional indica qual o melhor país para trabalhar no exterior

Ultimamente só se houve falar em pessoas querendo sair do Brasil pelas mais diversas razões. Mas trabalhar no exterior não é nenhuma novidade, há muito tempo migra-se com esse propósito. Pensa em fazer o mesmo? Já decidiu o seu destino? Saiba que o seu estilo profissional pode indicar qual o melhor lugar para começar uma vida nova.

 

RECEBA MAIS OPORTUNIDADES:
Faça agora o cadastro gratuito no E-Konomista e receba diariamente oportunidades e vagas no Brasil e exterior. Vamos te ajudar na sua trajetória profissional! 

Tem para todos os gostos. Trabalhar no exterior não precisa ser aquela experiência desgastante que muitos relatam. Mas do que um simples emprego, pode ser a oportunidade profissional que mudará a sua vida em muitos sentidos. Para que isso realmente aconteça, vale estar em um país que tenha a ver com você e com as suas expectativas em relação à carreira.

 

Preparado para começar a decidir o seu futuro? Então descubra o seu perfil e quais os países que combinam com ele.


 

Melhores países para o seu estilo

 

 

1- O desapegado

Para muitos, trabalhar vai além de receber um salário no 5º dia útil de cada mês. Aliás, há sim um salário, mas ele não precisa vir em dinheiro. A experiência e o aprendizado constante são necessidades do profissional desta categoria. Gosta de se doar e usar os seus conhecimentos para fazer o melhor sem esperar receber nada em troca, monetariamente falando. Além disso, gosta de desafios, não tem medo de arriscar e partir para o desconhecido. Para este trabalhador, zona de conforto não é o melhor lugar para estar.


Quem tem essas características, está mais do que apto a viajar fazendo trabalhos voluntários. Afinal, trabalhar no exterior pode ser enriquecedoramente satisfatório, uma chance de fazer algo pelo mundo. 

 

 

  • Alguns dos países indicados para isso são Namíbia, Índia e Nepal. As áreas procuradas são as mais variadas (Saúde, profissionais de Educação, Informática), mas, acima de tudo, vale a prestatividade.

Índia
trabalhar no exterior India

 


2- O Workaholic

Trabalhar, trabalhar, trabalhar e trabalhar mais um pouco. Assim vive um workaholic. O que pra muita gente é um exagero, um sofrimento, para ele é apenas uma vida normal. Sabe aquele cidadão que faz horas extras, chega antes de todo mundo e ainda checa o email freneticamente? Pois é, aqui está o próprio. Gosta inegavelmente de pegar no pesado e não se recusa a fazer aquele relatório de última hora ou ir ao escritório no feriado se for preciso.


 

  • Para quem adotou esse lifestyle e não abre mão onde quer que esteja, Inglaterra, Estados Unidos, Canadá e Irlanda são os lugares ideais. A carga horária semanal normalmente é menor que as 40 horas do Brasil, mas ainda assim os turnos são pesados. Quem disse que trabalhar no exterior era moleza? A demanda de vagas é maior nas áreas de Culinária, TI, Engenharia e Administração.

 

Inglaterra
trabalhar no exterior Inglaterra

3- O cidadão do mundo

Conectado, aberto a novas possibilidades, capaz de lidar com os mais diferentes tipos de pessoas e bastante sociável. Esse tipo de profissional é bastante maleável, adapta-se às condições, adora novos colegas e novas funções. Interessa-se muito em trabalhar com pessoas de diferentes nacionalidades, aprender novas línguas e ensinar mais sobre a sua própria cultura. Em poucas palavras, é um ser multicultural e transporta essa habilidade para o ambiente de trabalho.


 

  • Os melhores países para um cidadão do mundo como você são Holanda, Nova Zelândia e Alemanha, lugares com um fluxo intenso de estrangeiros. Aqui, além de ter contato com cidadãos locais, terá parceiros de trabalho dos mais diversos cantos do planeta. Áreas como Marketing, TI, Administração e Saúde ganham algum destaque.


Holanda
trabalhar no exterior Holanda

 

 

4- Mais profissional, menos pessoal

Se você sabe separar muito bem vida privada e trabalho certamente se encaixará nessa categoria. A sua máxima é “amigos, amigos, negócios à parte” porque, para você, as duas coisas não devem mesmo se misturar. Na empresa, assume uma postura totalmente profissional, quase nunca aborda temas pessoais. Pode parecer um pouco sisudo, distante e até antissocial, mas a sua preocupação é não parecer minimamente informal no ambiente de trabalho.

 

 

  • Para quem identificou-se com esse perfil, Suíça, Suécia e Finlândia são as opções indicadas. Nesses países, existe uma linha nada tênue que separa o profissional do pessoal, até porque os nativos costumam ser muito reservados. Conquistar uma amizade verdadeira leva o seu tempo.

 

 

Os três estão entre os melhores países europeus para trabalhar e procuram profissionais da área da Enfermagem, Engenharia, Psicologia e TI.


Suécia

trabalhar no exterior Suécia

 

5- O Ambicioso

Para a pessoa que deseja crescer rapidamente na carreira e ganhar logo de início rios de dinheiro, existem alguns países emergentes, ou em desenvolvimento, que podem ser o lugar certo.  Para este tipo de perfil, a qualidade de vida e segurança ficam em segundo plano. Muitas pessoas escolhem este estilo de vida por um ano ou dois, somente para juntar dinheiro e depois regressam ao seus países. 

 

 

  • Para quem acha que este pefil se encaixa na personalidade, países como África do Sul, Angola, Brasil, México e Moçambique, podem ser o destino exato. Alguns destes destinos pagam muito bem para mão de obra qualificada. Em São Paulo (Centro), por exemplo, a qualidade de vida muitas vezes fica em segundo plano, mas as oportunidades são imensas - principalmente em áreas como engenharia, marketing e gestão. Em Angola, a situação é um pouco diferente. O país está em desenvolvimento, e por isso paga muito bem para profissionais qualificados, seja em áreas relacionadas com a construção civil, ou com a indústria do petróleo. 

 

África do Sul

trabalhar no exterior Africa do Sul

 

Encontrar emprego nestes países

Faça agora o cadastro gratuito no E-Konomista e monitore vagas de emprego e oportunidades no Brasil e exterior. Depois é só preparar bem o CV, e se candidatar.

 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar