Como é trabalhar no Canadá: salário, qualidade de vida e mais

Veja quais são as profissões mais requisitadas pelas grandes empresas e quanto ganham os profissionais que desejam viver e trabalhar no Canadá

Como é trabalhar no Canadá: salário, qualidade de vida e mais
Saiba quais são as profissões mais requisitadas para trabalhar no Canadá

A busca por oportunidades fora do país tem sido algo cada vez mais presente no Brasil. Muitos vão atrás de melhores salários, outros de experiências e qualidade de vida mas, de todo modo, buscar por novos horizontes abre um grande leque de opções, sendo uma das mais procuradas a oportunidade de viver e trabalhar no Canadá.

O Canadá está entre os destinos mais almejados pelos brasileiros por ser um país de grande diversidade, reconhecido pela qualidade de vida que oferece muitas oportunidades e facilidades para o nosso povo. Seu custo de vida pode ser um pouco mais alto que São Paulo (cerca de 10%), por exemplo, mas a média salarial e o retorno em qualidade são maiores.

Trabalhar no Canadá dá dinheiro?

Trabalhar no Canadá significa estar ciente dos salários bastante variáveis entre as províncias deste enorme país. Entre as mais conhecidas e que também oferece a melhor remuneração mínima está Ontario, com um salário mínimo de C$ 11,25 por hora, o que corresponde a C$ 23.440 ao ano. Sobre esse valor ainda irão incidir alguns impostos, lembrando que no Canadá, assim como no Brasil, quem ganha menos contribui menos (até C$40.000 ao ano ainda é considerado uma faixa de renda baixa, sendo menores as contribuições tributárias). Sendo assim, já com os descontos esse valor anual cai para aproximadamente C$ 22.880, o equivalente a C$ 1.906 ao mês.

A média salarial já fica um pouco acima, sendo ela de aproximadamente C$ 3.500, o que equivale a C$ 42.000 ao ano, algo ainda considerado médio baixo por muitos canadenses. Esses valores são alguns dos grandes atrativos vistos pelos brasileiros que procuram novas oportunidades pelo mundo, uma vez que o custo de vida comporta perfeitamente o salário local.

Áreas de trabalho em destaque

Canadá

O mercado de trabalho canadense também é diferente do brasileiro em muitos aspectos, principalmente quando se analisa a rotatividade de profissionais qualificados. Algumas áreas em especial estão mais aquecidas e com melhores oportunidades de trabalho, sendo elas os setores de TI, Engenharia, Administração, Contabilidade e Marketing.
Black Week English Live Neste Natal, ganhe um tablet para aprender inglês

O mercado tem demonstrado especial interesse nos setores de TI, principalmente em profissionais com habilitações em desenvolvimento mobile e web. Isso se deve em grande parte a área de TI estar atrelada ao crescimento industrial na região.

Estes profissionais também estão entre os mais bem pagos do Canadá, com salário médio anual de cerca de C$ 82 mil.

Diversas outras habilidades estão na mira das grandes empresas, como por exemplo para os profissionais de programação com conhecimentos em Perl, Python e Ruby. Há boas oportunidades também para profissionais de computação gráfica e animação, design de interface de usuário e profissionais da ciência da computação com experiência em análise estatística e data mining.

O setor de engenharia de software obteve também um crescimento expressivo nos últimos 5 anos, onde sua média salarial subiu cerca de 11%. Portanto, quem pretende trabalhar no Canadá já sabe quais são as áreas em maior deficiência de profissionais.

Qualidade de Vida

Por fim, é importante saber o que se pode fazer com o salário canadense e se este será o suficiente para pagar suas contas e viver confortavelmente.

O custos, assim como o salário, variam bastante entre as localidades, mas o maior responsável pelos gastos gerais ainda é o custo com moradia. Tomando como referência a região de Toronto, nós temos um preço médio de C$ 1.300 para áreas um pouco mais próximas do centro e C$ 900 para as mais afastadas (levando em conta um apartamento de 1 dormitório).

Com alimentação e higiene pessoal, o gasto médio fica em C$ 250 por pessoa. Uma refeição em restaurante com serviço de mesa, varia de C$ 20 a C$ 30. Já em redes de fast food como o McDonalds, os preços médios ficam em C$ 10.

Com transporte, caso opte por um ticket mensal - que inclui 3 modalidades de transportes diferentes – o gasto será em torno de C$ 140 ao mês, enquanto um ticket único custa, em média, C$ 3.

Entre as contas básicas de casa temos as despesas com água, aquecimento, eletricidade e lixo, onde a soma gira em torno dos C$ 140.

Com telefonia e dados móveis, um plano com ligações locais ilimitadas e 2GB de internet móvel, custará uma média de C$ 50. Nos gastos com internet fixa, em um pacote com velocidade de 15MB, foi proposto um valor de C$ 55.

Com lazer podemos destacar alguns hobbies comuns como uma ida ao cinema, por C$ 13; um ingresso para shows durante o verão, por valores entre C$ 30 e C$ 80; entrada em bares com shows e demais apresentações ao vivo custam, em média, de C$ 5 a C$ 20. Por fim, as academias de ginásticas podem ser encontradas pela média de C$ 55.

Com isso já é possível fazer um levantamento de gastos aproximados para suas especificações. Lembrando que existem diversas oportunidades de trabalho também para estudantes que queiram conhecer a vida no Canadá e incrementar seus currículos, uma vez que o país permite que intercambistas trabalhem em uma jornada mais reduzida.

Ganhe um tablet para aprender inglês onde quiser.

Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar