Trabalhar no Brasil não é tão fácil para os gringos como todo mundo pensa

Você vai agradecer aos céus por ser brasileiro no Brasil. Há muita papelada, burocracia e espera para contratar um estrangeiro por aqui. 

Trabalhar no Brasil não é tão fácil para os gringos como todo mundo pensa
Tem muita rigidez e papelada pela frente antes de se aventurar nas terras tupiniquins

SUA VAGA
DE EMPREGO ESTÁ AQUI
consulte já

Assim como nos outros países, o Brasil também tem regras para os estrangeiros que pretendem trabalhar legalmente. E acredite, às vezes o cerco é muito mais apertado do que em muitos países da Europa. Também é preciso reunir documentos, tirar o visto e ter uma proposta de trabalho de um empregador brasileiro e aguardar que as entidades se comuniquem até que o visto fique pronto e o emigrante possa partir.

Papelada e burocracia

Antes de dar entrada no visto, é preciso encontrar um trabalho e conseguir agendar uma entrevista via Skype, o que não é fácil. Depois de conseguir a façanha, tem também a saga do visto e todos os documentos que já conhecemos, junto com a promessa de trabalho do empregador. Mas não é tão fácil justificar a contratação de um estrangeiro, já que os brasileiros fazem todo tipo de serviço e os profissionais qualificados não são assim tão difíceis de encontrar. Além disso, a empresa que contrata é obrigada a oferecer assistência médica e uma remuneração relativamente superior à de um cidadão nacional, além de um contrato de trabalho e da promessa de repatriação do funcionário estrangeiro no caso de quebra contratual.

Como não estamos acostumados a contratar estrangeiros, também não é tão fácil esperar que todas as empresas estejam informadas a respeito: com a burocracia pode rolar má vontade e até desistência da contratação. Se o estrangeiro encontrar uma empresa que esteja disposta a contratá-lo, os passos seguintes farão parte da saga desse emigrante num processo que pode durar até 3 meses!


CONQUISTE A SUA VAGA
Fique por dentro das melhore dicas para a sua carreira e oportunidades de emprego. Receba as novidades do E-konomista por email.
 

Por parte do empregador

Assim como os outros países têm o seu próprio órgão dedicado à imigração, o Brasil tem o Ministério das Relações Exteriores (MRE): é quem recebe os pedidos de visto para trabalhar do MTE e dá os vereditos para o consulado. Mas no caso de trabalho, não compete só ao MRE, já que depende também da autorização do Ministério do Trabalho e do Emprego. Depois de escolher o candidato, a entidade empregadora deve entrar em contato com o Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE) e informá-la sobre a intenção de contratar um estrangeiro, com justificativa e pagamento de taxas. Este pedido é restrito à empresa: o trabalhador não pode dar entrada no processo sozinho. 

Quando o processo é deferido no Ministério do Trabalho e do emprego, a entidade oficializa a decisão junto ao Ministério das Relações Exteriores, que emite o visto de trabalho.

Processos no país de origem

  • Formulário de pedido de visto
  • 1 foto 3x4 com fundo claro
  • Atestado de residência no país de origem
  • Atestado de vacinação contra a Febre Amarela
  • Certidão negativa de antecedentes criminais no país de origem
  • Comprovante de escolaridade e habilitação profissional (diploma e CV, por exemplo)

O valor do visto pode variar de acordo com a moeda do país. Nos países da Zona do Euro, fica em torno dos € 100,00.

Viajar sem visto

Se viajar sem o visto, azar: o Brasil não emite vistos dentro do próprio território.  Se o estrangeiro viajar como turista e curtir demais a ponto de procurar um emprego e conseguir, deve voltar ao país de origem para tirar o visto – todo aquele processo descrito anteriormente – e depois voltar ao Brasil para trabalhar, se a empresa ainda o aceitar.

Chegando no Brasil

Depois de "se virar nos 30" com a papelada toda, é hora de partir rumo às terras tupiniquins. O visto, depois de emitido, tem a validade de 3 meses (que o imigrante pode usar para viajar, como turista), antes de se registrar no posto da Polícia Federal da cidade onde vai residir ou trabalhar.


Aprimore o seu inglês e dê um up na sua carreira. Faça um teste online.


Veja também:
 

Gostou? Compartilhe!
Gabriela Ventura Gabriela Ventura

Natural de São Paulo, estudante de Publicidade e Propaganda na USP. Não tem hobbies fixos nem rotina, é apaixonada pelo imprevisto. Foi fazer intercâmbio em Lisboa e... estendeu a estadia por tempo indeterminado.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar