É difícil trabalhar na Austrália? Entenda como é o mercado para brasileiros

Como é o mercado profissional para brasileiros que desejam trabalhar na Austrália? Veja quais são as áreas com mais facilidade para obter o visto de trabalho.

É difícil trabalhar na Austrália? Entenda como é o mercado para brasileiros
Conheça as áreas mais requisitadas pelo governo australiano para a concessão de visto

Com a crescente crise econômica brasileira, cada vez mais profissionais pensam em se aventurar fora das terras tupiniquins. E por que não trabalhar na Austrália? Muitos pensam no destino por ser um país com clima mais agradável para brasileiros e, principalmente por sua forte economia; o “país do canguru” viu sua economia crescer e caminhou para a marca de 25 anos sem recessão. Os australianos desfrutam hoje de um dos melhores IDHs (índice de Desenvolvimento Humano) e uma das maiores expectativas de vida do mundo.

O que o Brasil tem de bom na área profissional e que é raro lá fora

Brasileiro pode trabalhar na Austrália?

Os brasileiros que hoje desejam trabalhar na Austrália podem recorrer a um visto de trabalho e estudo ou, no caso de profissionais que desejam unicamente dar continuidade a sua carreira em território australiano, é possível tirar o visto de trabalho através do Skilled Migration Program, um programa de imigração para trabalhadores qualificados. Atualmente o programa oferece três modalidades de visto de trabalho:

Australia’s Skilled Independent Visa (Subclass 189): essa modalidade é baseada em pontuação e é oferecida para aqueles profissionais que não sejam patrocinados por uma empresa ou estado. Com este visto é possível viver e trabalhar permanentemente em qualquer lugar da Austrália com todos os direitos de um trabalhador Australiano. Membros familiares elegíveis podem ser incluídos na sua aplicação.

Skilled – Nominated (Subclass 190) Visa: essa modalidade também baseada em pontos é exclusiva para aqueles que receberam uma proposta de um governo ou estado Australiano. Com o visto também é possível viver e trabalhar permanentemente em qualquer lugar da Austrália e os familiares elegíveis estão autorizados a serem incluídos na aplicação.

Skilled – Nominated or Sponsored (Provisional) (Subclass 489) Visa: essa modalidade é baseada em pontos e para ela também é preciso receber uma proposta do governo, estado ou ser patrocinado por um familiar. Porém, esse visto é válido por apenas quatro anos e o trabalhador terá de residir e trabalhar em uma área especificada em seu visto. Membros familiares elegíveis podem ser incluídos na aplicação para o visto.

Em ambas as modalidades, o candidato ao programa será avaliado em suas competências profissionais e sua fluência em inglês. Cada visto possui sua particularidade mas, de maneira geral, todo candidato deverá apresentar uma Manifestação de Interesse (EOI), que pode ser efetuada através de um processo eletrônico. Após apresentar um pedido de migração de trabalhador qualificado o candidato poderá pleitear o visto, caso aprovado.

APRENDA
INGLÊS
E GANHE O MUNDO
comece já a estudar

O interessado em trabalhar na Austrália também precisa ter mais de 18 e menos de 50 anos de idade no momento em que o convite for emitido; passar por uma avaliação de suas habilidades pela autoridade de acordo com sua ocupação e ter suas habilidades avaliadas pela autoridade de avaliação de acordo a sua ocupação; comprovar a fluência em inglês mediante o resultado mínimo de 60 pontos através de avaliação realizada.

Quais áreas são mais fáceis?

A Austrália tem uma alta demanda de certos profissionais devidamente qualificados, de modo que o próprio departamento de imigração Australiano divulga quais profissionais apresentam alta demanda no país e por tanto se aplicam ao seu programa de migração para trabalhadores qualificados (todas exigem nível fluente de proficiência em inglês).

As áreas mais requisitadas são para profissionais de engenharias, medicina, economia, administração e educadores. Para saber quais outros profissionais ou se sua especialidade consta na lista, basta acessar o site do departamento de imigração Australiano.

Sites de emprego

Existem sites especializados onde se pode pesquisar por vagas abertas para a área profissional desejada em empresas Australianas. Veja alguns exemplos para encontrar o emprego dos sonhos.

• Job Search: neste site é possível encontrar um grande número de vagas para diversas áreas; para engenheiros, por exemplo, é possível encontrar mais de 700 vagas disponíveis. O site proporciona um sistema de busca dinâmico por profissão, categoria e localidade.

• Careerone: o site conta com múltiplos filtros de pesquisa como categoria, tipo de trabalho e localidade. A oferta de vagas é abundante tendo sido encontradas quase mil e duzentas vagas para engenheiros.

• Seek: englobando Austrália e Nova Zelândia, o seu sistema de funcionamento é um pouco diferente dos demais, funcionando de maneira parecida com a rede social LinkedIn, voltada ao uso profissional. No Seek, o candidato deve criar um perfil com suas qualificações e pretensões, as quais poderão ser visualizadas diretamente pelas empresas.

Aumente as suas oportunidades profissionais com o curso certo. Confira essa oportunidade!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar