Como conseguir trabalhar em navio

Com crescentes candidatos e tais cargos, para trabalhar em navio é preciso preparo para um rígido processo de seleção. Veja dicas para conseguir uma vaga.

Como conseguir trabalhar em navio
Conheça dicas para se dar bem no processo de seleção para o cargo.

Trabalhar viajando em alto mar e com isso deparar-se com cenários paradisíacos enquanto cumpre o seu expediente – essa é a vida de quem optou por trabalhar em navio. Mas quais seriam os requisitos para quem deseja seguir essa carreira? Veja a seguir algumas dicas para se aventurar em uma entrevista e qualificar-se para o emprego.

Dicas essenciais para conseguir trabalhar em navio

Não basta apenas querer, para trabalhar em navio é preciso seguir uma série de requisitos e posturas para se sair bem nos processos de seleção e, finalmente, ser aceito para o cargo. A seguir, conheça algumas obrigações que o candidato precisa preencher para ter sucesso em uma entrevista. Para mais informações e detalhes, acesse o portal Trabalho em Navio.

1. Domínio de um segundo idioma

Sendo o inglês a língua primordial para apresentar em seu currículo, é fundamental que o candidato a tenha ao menos em seu nível intermediário. Não é necessária fluência, mas que consiga ao menos manter uma conversação razoável, entendendo comandos e treinamentos que terá a bordo.

Faça um empréstimo online em 3 minutos!

2. Curiosidade

Antes de concorrer ao cargo de trabalhar em navio, conversar com pessoas que já estão no ramo é uma excelente iniciativa para contar pontos à favor. Procure se informar sobre a rotina de trabalho, carga horária, cotidiano da vida a bordo e outras coisas mais.

Não que a experiência no ramo não seja importante, mas um recrutador certamente irá preferir candidatos que mostrem um considerável nível de curiosidade e interesse em aprender sobre a profissão – e consequentemente subir de cargo.

Se não tem especialidade em determinada área, procure ser ainda melhor em outro setor que julgue ser o seu ponto forte.

3. Objetividade

Em decorrência da dica anterior, informe-se sobre todas as posições que se pode ser em um emprego no navio. Foque-se no departamento em que possui mais familiaridade – se tem habilidades culinárias, direcione suas intenções para trabalhos na cozinha, no restaurante e tantos outros relacionados.

Caso não possua nenhuma experiência prévia em áreas de interesse, escolha uma função que não a exija tanto quanto as demais.

O mesmo se aplica aos seus objetivos do porquê irá aceitar um emprego que o coloque longe de tudo e todos durante 6 a 8 meses. Se a sua resposta é constituir uma carreira a bordo, ótimo! Mas eles também podem ser ajudar a família, comprar um imóvel ou simplesmente viajar pelo maior número de países possíveis.

Tenha um motivo bastante claro sobre a sua decisão, e mostre que está ciente de todos os empecilhos que terá ao longo da sua jornada mar afora.


4. Relacionamentos interpessoais

Este certamente é um fator que conta muitos pontos a favor ou contra um candidato a trabalhar em navios. Afinal, é importante frisar que neste emprego será necessário lidar com pessoas de diversas culturas, valores e atitudes diferentes do que estamos acostumados.

Por isso, é fundamental que o funcionário de um navio tenha jogo de cintura, imparcialidade e mostre todo o seu poder de resiliência, adaptação e facilidade de convivência com pessoas diferentes do seu povo.

Em adição, sendo o navio uma espécie de hotel em alto mar, é importante que o candidato selecionado tenha habilidade em servir e cordialidade entre seus maiores valores. Deverá ser simpático, prestativo e ágil a ponto de encontrar soluções para os mais variados problemas apresentados.

Leia também: 16 oportunidades para morar no exterior de graça em 2016

5. Equilíbrio

Longe de sua família, amigos e todo o conforto que possuía em terra, a sua habilidade em manter-se firme e independente diante dessa realidade será um ponto significativo na visão dos recrutadores.

O trabalho em si é desgastante, e as pressões sofridas ao longo do experiência são inúmeras. Portanto, demonstre preparo e equilíbrio principalmente diante das quase 12 horas de trabalho diárias que terá pela frente.

Seja paciente, trate as pessoas – isso inclui o seu chefe – com respeito e tolerância, buscando aproveitar o máximo possível os momentos de lazer que tiver, mas sem trazer consigo o stress que passou a bordo.

6. Viajar

E claro, o último fator certamente é o mais importante para quem deseja trabalhar em navio: o amor por viajar. Demonstre o seu interesse em ser um nômade e, se tiver alguma experiência internacional, diga na entrevista.

Mostre-se disposto a dormir em um lugar e acordar em outro; a viver todas as dificuldades dessa inconstância em troca de experiência de vida, uma grande aventura e uma possível carreira logo adiante.

Ganhe um tablet para aprender inglês onde quiser.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar