5 ideias para começar a trabalhar em casa

Fazer seus horários e correr atrás de rendimentos não é fácil como parece. Use os seus conhecimentos e aptidões para apostar num negócio e trabalhar em casa.

5 ideias para começar a trabalhar em casa
Veja algumas dicas e ideias para quem quer trabalhar em casa.

Hoje em dia, muitas pessoas, por vontade ou necessidade, têm optado por trabalhar em casa. Desenvolver algum tipo de atividade remunerada em casa é também uma alternativa ao desemprego ou para ganhar algum dinheiro extra. Veja algumas dicas e ideias para transformar o seu lar, no ambiente de trabalho

Ideias para trabalhar em casa e ganhar dinheiro

Há uma série de atividades profissionais que podem ser realizadas em casa. Inclusive, algumas empresas já têm adotado este estilo de trabalho, dando assistência aos funcionários para que montem um homeoffice. Mas se este não é o seu caso, veja algumas áreas que podem lhe trazer ideias para trabalhar em casa, seja a tempo integral ou parcial.

1. Trabalhar em casa com artesanato

Se você leva jeito para trabalhos manuais, pode se especializar num segmento, como bijouterias, lembrancinhas para festas, artigos de decoração, etc. Criar um blog na internet, uma conta no Instagram e usar o poder das redes sociais para divulgar a sua produção também deve fazer parte do trabalho. O importante é estar sempre por dentro de novas tendências e inovar para não ficar para trás.

2. Revisão e Tradução

Se você domina mais de um idioma, pode oferecer serviços de revisão e tradução. Procure conhecer e se informar sobre as regras da ABNT e invista também em revisões de monografias, dissertações e teses, e em tradução de artigos científicos.

3. Design ou programação

Se a sue área é design gráfico ou programação, você tem muitas chances de conseguir trabalhar em casa por conta própria; e acredite, talvez até ganhar mais do que se estivesse empregado numa empresa. Faça um portifolio online e divulgue o seu trabalho. Vá criando uma rede de contatos e referências que possam lhe indicar.

4. Aulas particulares

De música à matemática, você pode usar o seu conhecimento para dar aulas de reforço ou formações particulares. Lembrando que você pode disponibilizar um cômodo da casa para transformar em "sala de aula" ou ministrar essas aulas virtualmente, como em videochamadas por Skype. 

Em adição, prepare um material interessante, onde você possa tornar as aulas mais dinâmicas. Envie as apostilas em formato digital para que o aluno tenha mais mobilidade em estudar enquanto não estiver com você - seja pelo computador ou smartphone.

5. Culinária

Se você domina bem a arte de cozinhar, pode aproveitar esta aptidão para vender marmitas por encomenda, ou fazer bolos e doces para festa. O importante é se especializar naquilo que faz melhor e se preocupar com a qualidade dos alimentos e com a logística. Trabalhar com comida exige muito cuidado.

Assim que pegar prática e estiver com toda a estrutura pronta para começar a comercializar, faça uso das redes sociais para tornar o seu negócio mais rentável. Vale preparar uma bancada e filmar uma receita bacana, para depois subir esse vídeo em mídias como o Youtube ou Facebook. Afinal, agora o boca a boca acontece também através da internet e cada compartilhamento pode significar dinheiro.

Trabalhar em Casa

Vantagens e desvantagens de se trabalhar em casa

Esse tipo de trabalho teve sua origem no século XVI, na Europa. Os artesãos produziam em suas casas, sob a dependência econômica dos empresários que lhes forneciam matéria-prima, dinheiro e, às vezes, material de trabalho e equipamentos. Hoje, trabalhar em casa é um sonho para alguns e realidade de outros. Mas a verdade é que o home office não é para todo mundo. Para ter sucesso, seu cargo precisa permitir que você não esteja no escritório todos os dias e você tem que ser disciplinado, criar seus horários de trabalho, refeição, entre outros. O mesmo se aplica para quem deseja ser autônomo.

Uma das vantagens para quem ainda está atrelado a uma empresa é a possibilidade de trabalhar em casa e ainda ter seus direitos trabalhistas resguardados. Por outro lado, aqueles que se aventuram como MEIs ou autônomos sem CNPJ precisam se organizar não somente com a carga de trabalho, mas também com toda a parte jurídica e financeira dessa nova empreitada. Afinal, se você tornou-se seu próprio chefe, não terá mais benefícios como carteira assinada, salário fixo, FGTS, 13º, férias e outros.

Não abandone o seu lado profissional

Seja atrelado a uma empresa ou por sua conta e risco, trabalhar em cada demanda algumas dicas cruciais que precisam ser seguidas se quiser manter a produtividade e seriedade - sem confundir assuntos domésticos e profissionais. A exemplo, a flexibilidade de horário é uma vantagem de quem trabalha em casa, mas também pode ser uma desvantagem, pois qualquer coisa pode ser motivo para interromper o trabalho. Tente definir uma carga horária de trabalho diária, com hora para começar e terminar. Mas claro, sempre pode tirar proveito da flexibilidade quando for preciso.

Outro problema é observado no quesito ambiente, já quem nem todos os funcionários remotos ou empreendedores possuem um cômodo ou um espaço estritamente determinado às atividades profissionais. Não importa qual seja a atividade que desenvolve em casa. Procure criar um espaço que seja usado unicamente para este fim e equipe-o com tudo que precisar para desempenhar bem o seu trabalho. 

Sendo assim, tendo avaliado todos os pormenores por trás dessa modalidade, veja quais são as vantagens e desvantagens, tanto para funcionários remotos quanto para quem deseja empreender a partir de casa.

Vantagens pessoais:

  • Melhora no senso de responsabilidade
  • Possibilidade de ganhar mais do que dentro de uma empresa (no caso dos autônomos)
  • Flexibilidade de horários
  • Mais proximidade com os assuntos domésticos e familiares

Vantagens para empresas:

  • Economia com empregados
  • Facilidades de mudança do ramo de atividade
  • Produtos e serviços melhores com custos menores.

Vantagens profissionais:

  • Auto-gerenciamento profissional
  • Privacidade, desde que planejada
  • Redução de custos (transporte, refeição)
  • Maior liberdade profissional

Desvantagens pessoais:

  • Indefinição de horários de trabalho e lazer, se não houver planejamento e disciplina
  • Perda de privacidade pessoal
  • Possibilidade de excesso de carga de trabalho
  • Tendência ao isolamento social
  • Perda de benefícios trabalhistas (no caso de autônomos)

Desvantagens profissionais:

  • Falta de atualização profissional em processos gerenciais
  • Ambiente de trabalho confinado

Desvantagens para empresas:

  • Interferência de assuntos domésticos nos assuntos profissionais
  • Dificuldade de monitoramento dos trabalhadores

Gostou? Compartilhe!
Na Web:

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar