Trabalhar como tradutor pode ser lucrativo

Conheça as áreas que um tradutor ou interprete trabalha, quais são os pré-requisitos e as médias salariais no Brasil e no exterior. Trabalhar como tradutor pode ser a sua oportunidade.

Trabalhar como tradutor pode ser lucrativo
Confira o que é preciso para trabalhar como tradutor

Essa semana publicamos um artigo que mostra que a carreira de tradutores e interpretes está entre as 10 mais promissoras no exterior e faltam profissionais habilitados para exercer a função em vários países. No Brasil, a procura por esses profissionais não é tão grande, mas teve um bom impulso com a Copa do Mundo e as Olimpíadas em 2016. Saiba em que áreas esse profissional trabalha e descubra que trabalhar como tradutor pode ser lucrativo.


MAIS OPORTUNIDADES
O E-Konomista não brinca em serviço, e vai te ajudar a encontrar a oportunidade certa. Faça o cadastro gratuitamente e receba vagas no Brasil e no exterior.

Freelancer ou contratado

Normalmente as pessoas que querem começar a carreira de tradutor são freelancer, e recebem por trabalhos feitos. Para seguir a carreira de tradutor e intérprete é preciso mais do que dominar um idioma estrangeiro, as habilidades requisitadas são:

  • Excelente domínio do Português  - muitas empresas internacionais que querem entrar no país têm buscado profissionais brasileiros para ocupar vagas de tradução).

  • Ter uma formação na área  - grande parte das escolas oferece o curso de Tradutor e Intérprete como habilitação do curso de Letras. Outras têm curso específico de Tradução, e há ainda cursos técnicos e de pós graduação).

  • Alto poder de concentração e habilidade para falar em público - em caso de trabalhos com tradução oral simultâneas ou consecutivas. 
  • Habilidades informáticas - dominar as ferramentas mais conhecidas de edição de textos, como os programas de CAT (Computer Aided Translation, ou Tradução Apoiada por Computador)

Áreas para trabalhar

O profissional que deseja trabalhar como tradutor pode optar por se especializar em áreas específicas ou trabalhar como freelancer em diversas delas. 

  • Indústria Cinematográfica: tradução de filmes, programas e séries de TV para dublagem ou legendagem.

  • Ramo literário e editorial:  tradução de livros e publicações como jornais e revistas.

  • Software: tradução e adaptação de programas de computador.

  • Mercado corporativo: tradução de documentos da empresa, como relatórios para investidores, treinamentos, material técnico, anuários, documentos sobre produtos e serviços, material de divulgação e de comunicação interna, etc. 
  • Interpretação simultânea: em eventos como feiras, congressos, convenções, o intérprete vai traduzindo a fala do apresentador enquanto ele fala. Geralmente o intérprete fica em uma cabine isolada e usa um equipamento especial que transmite a tradução para os participantes do evento.
  • Interpretação consecutiva: é quando o intérprete traduz trechos da fala original. A pessoa fala uma frase ou parágrafo e faz uma pausa para o intérprete comunicar a tradução em seguida.

  • Tradução juramentada: com o nome de Tradutor Público e Intérprete Comercial, é uma atividade que exige concurso público. O tradutor juramentado não recebe salário do governo, mas é quem está autorizado a traduzir documentos oficiais, de fé pública, como certidões, diplomas etc.

  • Tradução e interpretação em órgãos - como embaixadas, consulados e ONGs.


Veja também: Como encontrar emprego no estrangeiro via Linkedin.

Curso de tradutor e intérprete

Essa profissão não é regulamentada no Brasil, ou seja, não é obrigatório ter um diploma de tradutor para trabalhar na área.  É comum encontrar tradutores com formações variadas, muitas vezes ligadas à área em que atua: médicos que fazem traduções de medicina, formados em Direito que fazem traduções jurídicas, etc.

No entanto, ter curso e experiência na área é um diferencial na hora da contratação.  As principais áreas e habilidades desenvolvidas nos cursos de tradução e interpretação são: linguística, gramática, sintaxe, semântica, tradução simultânea e consecutivo, tradução de textos literários, médicos e jurídicos, prática de tradução e versão além de compreensão de textos de português e da língua estrangeira escolhida.


Os cursos mais conceituados de tradução no Brasil são: 
  • Letras (tradução) na Unesp de São José do Rio Preto /SP
  • Letras (tradução) na UnB em Brasília/DF
  • Letras (tradução) na Faculdade Fibra em Belém/Pará
  • Letras (tradução) na Puc-Rio no Rio de Janeiro/RJ
  • Letras (tradução) na USC em Bauru/SP

Duração média dos cursos: 4 anos

Leia também: Quais os melhores sites para procurar emprego.

Salário de um tradutor

A remuneração para trabalhar como tradutor pode ser mais alta do que você imagina. Veja abaixo quanto ganha em média um tradutor.

No Brasil

O salário de um tradutor ou intéprete varia muito de acordo com produtividade, experiência do profissional e área de atuação. Quem vai trabalhar como tradutor precisa saber que o salário médio de um iniciante contratado fica entre R$1.750 e R$2.000. 

Quem possui mais experiência e consegue trabalhar em mais de uma área específica tem salários médios entre R$4.000 e R$5.000. Há profissionais com bastante experiência trabalhando no Brasil como freelancers e com rede de contatos ampla que tiram entre R$10.000 e R$15.000 por mês.


  • O eixo Rio-São Paulo concentra a maioria das demandas exigidas pelo mercado. Quanto aos idiomas, os mais requisitados são inglês e espanhol, seguidos por francês, alemão e italiano.

  • Ao mesmo tempo que há mais vagas para quem faz tradução e interpretação da língua inglesa e espanhola, a concorrência também é muito maior. A dica para quem quer se especializar: habilitar-se em uma língua com grande demanda e uma outra mais específica, como por exemplo: inglês+alemão, ou espanhol+francês, por exemplo.

  • O grande obstáculo que o mercado encontra é a carência de profissionais tradutores em quantidade e qualidade. É difícil encontrar no Brasil profissionais capacitados para atuarem em nichos específicos, como a área médica, por exemplo.
 
Quer  procurar por vagas de tradução no Brasil? Confira aqui as vagas oferecidas pela Catho.  

No exterior

A procura por tradutores e interpretes principalmente para o mercados corporativos americanos e chineses, e também para a indústria cinematográfica dos americanos e indianos tem sido alta, e poucos profissionais estão disponíveis. Experência é pré-requisito, há muitas vagas e os salários generosos para quem quer trabalhar como tradutor. 

  • Nos Eua, a média salarial anual é de cerca de U$42.420, o que dá R$134.000 por ano, ou cerca de R$11.166,00 por mês.  E essa é apenas a média pois 75% dos trabalhadores regulares que exercem a profissão ganham U$58.930,00 por ano, o que dá R$186,264 ou R$15.522 por mês. Nada mal, hein?

Quer procurar vagas? Confira aqui as disponíveis para trabalho no site Indeed.


Faça também o cadastro no E-Konomista pois nós vamos te ajudar nesta busca por novos rumos na sua carreira, seja no Brasil ou no exterior.
 

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar