Conheça os diferentes tipos de seguro residencial

Dentre os tipos de seguro residencial, o mais comum é o de cobertura básica, que abrange danos causados por incêndios, explosões e raios. conheça os outros.

Conheça os diferentes tipos de seguro residencial
Saiba mais sobre os tipos de seguro residencial

O seguro residencial, assim como o seguro de veículos, é um contrato realizado entre uma seguradora e uma pessoa física ou jurídica, para garantir a proteção financeira, com uma indenização, em caso de eventuais danos causados ao imóvel. Há diferentes tipos seguro residencial, o mais comum deles é o seguro residencial básico, destinado a imóveis residenciais, mas as seguradoras oferecem diferentes tipos de coberturas.

Principais tipos de seguro residencial

Embora o setor de seguro residencial ainda esteja amadurecendo no Brasil, já há seguradoras oferecem diferentes pacotes de coberturas, inclusive coberturas personalizadas. Cada cobertura tem um valor individual, da mesma forma também possuem um valor individual de indenização a ser pago pela seguradora, em caso de sinistro. Para cada tipo de seguro residencial, há uma forma de contratação, com a definição de um valor máximo de indenização que a seguradora deve pagar. Ou seja, o segurado compra uma apólice com diferentes coberturas e indenizações. Veja quais são os tipos de coberturas:

Seguro residencial com cobertura básica

Dentre os tipos de seguro residencial, este é aquele que cobre obrigatoriamente incêndios, raios e explosões. A partir desta cobertura básica, você pode adicionar outras coberturas. 

Seguro residencial com cobertura para furto e roubo

Ao fazer uma cobertura para roubos e furtos, você garante a indenização pelos bens materiais que fazem parte do conteúdo do imóvel, e que estão devidamente listados na apólice. A indenização para roubos e furtos possui um limite entre 10% a 20% do valor da sua cobertura básica. Deste modo, se a sua apólice tem um prêmio no valor de R$200 mil, o prêmio para roubos e furtos pode ser de R$20 mil. Lembre-se que furto e roubo são coisas diferentes, preste atenção nas cláusulas do contrato.

Mas atenção: na apólice devem constar apenas eletrodomésticos e eletroeletrônicos, como fogão, geladeira, aparelho de som e TV, DVD, computador, etc., e algum bem especial que tenha um alto valor, como jóias, obras de arte, ou acessórios caros. Sempre que comprar um novo bem para o imóvel, considere a ideia de entrar em contato com a seguradora para atualizar a lista de bens relacionados ao seguro e, se for o caso, pagar um acréscimo pelo seguro.

Seguro residencial para danos elétricos

Cobre danos causados a eletroeletrônicos e eletrodomésticos por curto-circuito. Geralmente, neste tipo de seguro residencial, após a contratação deste tipo de cobertura, a seguradora faz uma checagem total nas instalações elétricas do imóvel.

Seguro residencial para alagamentos e inundações

Já neste tipo de seguro residencial, a cobertura é com relação aos danos materiais causados ao imóvel devido a chuvas, enchentes, inundações causadas por exemplo, devido ao aumento do volume de água nos rios, reservatórios de água ou canalizações que não pertençam ao imóvel.

Seguro residencial para desmoronamento

Cobre danos e perdas materiais, totais ou parciais, causadas ao imóvel devido a um desmoronamento motivado por qualquer fator, natural ou não.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar