Quais são os tipos de cobertura para seguro auto?

Há diferentes tipos de cobertura para seguro auto que podem ser contratados. Saiba escolher o que melhor se adapta ao seu perfil.

Quais são os tipos de cobertura para seguro auto?
Conheça os diferentes tipos de cobertura para seguro auto

Embora todo dono de veículo precise pagar pelo seguro obrigatório, o DPVAT - Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres), ter um seguro auto facultativo é uma necessidade para garantir a proteção financeira dos proprietários de veículos, já que o seguro DPVAT não cobre prejuízos materiais, apenas indeniza as vítimas de acidentes de trânsito. 

O seguro auto facultativo, assegura a indenização em caso de sinistro, de acordo com os tipos de cobertura contratadas. Veja quais são os danos que o seguro auto cobre.

Tipos de cobertura para seguro auto

Apesar de existir uma grande variedade de coberturas adicionais disponíveis no mercado, há basicamente dois tipos de coberturas:

Cobertura básica:

A cobertura básica é a mais comum, limitada e barata oferecida pelas seguradoras, e garante indenização em casos de incêndios, explosões e quedas de raio. Sempre que um consumidor contrata um seguro, automaticamente já adere a cobertura básica, mesmo que contrate coberturas adicionais

Cobertura compreensiva:

A cobertura compreensiva é uma das coberturas mais completas oferecidas pelas seguradoras, e cobre, além de incêndio, explosões e queda de raios, roubo, furto, danos causados por colisão, capotagem, derrapagem, quedas de objetos externos, alagamento, terremoto, desmoronamento, e até danos praticados por terceiros.

Cobertura para furtos e roubos:

Uma outra solução para se salvaguardar de uma perda total do veículo, sobretudo se o seu veículo for financiado e ainda não estiver quitado, é contratar a cobertura básica e uma cobertura adicional contra roubos e furtos, com cobertura para perda total ou parcial. Saiba mais sobre seguro auto para roubo e furto.

Cobertura para danos a terceiros:

A cobertura para riscos de danos causados a terceiros é a Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V), que assegura o reembolso de indenização que o motorista seja obrigado a pagar por causa dos danos gerados a outras pessoas ou donos de bens materiais. Também inclui o pagamento de advogado e custas judiciais.

O tipo de cobertura RCF-V se caracteriza por cobrar os riscos de danos materiais ou pessoais a terceiros, sendo que estes dizem respeito a danos corporais (físicos) ou morais. Ao contratar essa cobertura de seguro, você adquira o direito ao reembolso (até o limite determinado na sua apólice) de indenizações que obrigatoriamente devem ser pagas, judicial ou extrajudicialmente, devido aos danos pessoais ou materiais gerados.

Coberturas adicionais:

Além dos tipos de cobertura de seguro auto citados acima, que são os mais comuns, é possível contratar coberturas adicionais para possíveis danos ou prejuízos específicos. Seria o caso, por exemplo, de quem possui um equipamento de audio caro instalado no veículo e querer garantir a indenização, caso este equipamento seja furtado. 

Da mesma forma, se o segurado vive numa cidade em que as enchentes são frequentes, pode contratar uma cobertura adicional que cubra danos causados por enchentes e alagamentos. Ou seja, as coberturas adicionais devem ser escolhidas pensando de modo específico nas suas necessidades. É importante saber também, que para cada cobertura adicional, a seguradora cobra um valor individual na apólice de seguro e também paga uma indenização individual.
 

O que considerar ao escolher sua cobertura de seguro auto

Você deve escolher a sua cobertura de seguro auto, de acordo com os riscos de prejuízo que tem maiores probabilidades de sofrer. Se na sua região não ocorrem terremotos, não há porque pagar mais caro por uma cobertura adicional que cubra danos causados por terremotos. A lógica deve ser esta.

Faça uma pesquisa de mercado, e cotações de preços para encontrar o melhor custo-benefício. Fazendo uma pesquisa e escolhendo os tipos de cobertura adequados, é possível economizar até 80% com o seguro auto. Hoje em dia, a maneira mais prática de pesquisar é através da internet, fazendo simulações online.

Antes de fechar o contrato, considere também o que a seguradora oferece de vantagens, como descontos em serviços associados, veja quais são as oficinas parceiras, as possibilidades de descontos, etc.

Gostou? Compartilhe!
Aline Oliveira da Silva Aline Oliveira da Silva

Jornalista, apaixonada por fotografia, por viagens e por tecnologia. Formada na PUC, São Paulo em 2006.

Na Web: