5 tipos de intercâmbio que cabem no seu bolso

Muita gente desiste de ter uma experiência no exterior por achar caro. Mas sabia que pode haver um tipo de intercâmbio que você pode pagar?

5 tipos de intercâmbio que cabem no seu bolso
Existe um tipo de intercâmbio ideal para as suas necessidades

É bem verdade que viagens e experiências de aprendizado no exterior já foram mais limitadas a pessoas que dispunham de muito dinheiro. Apesar de hoje a prática ser bem mais acessível, há quem desconheça que existe mais de um tipo de intercâmbio. Entre as possibilidades, há aquelas que não precisam de um grande orçamento. O tipo de intercâmbio varia também de acordo com o tempo e o objetivo do candidato. O viés pode ser mais voltado para a escolaridade, aquisição de conhecimentos, imersão cultural ou mesmo estágio profissional. Para cada opção o preço varia. Por isso, é importante avaliar qual a sua intenção e o que espera obter durante a estadia em outro país. 

Para todos os gostos e carteiras

E qual será o tipo de intercâmbio que mais se adequa as suas necessidades? Organizamos uma lista com 5 alternativas com os mais variados objetivos. Quem sonha com uma experiência no exterior não se deve deixar intimidar. Uma delas certamente caberá no seu bolso. Pronto para fazer as malas?

1. Voluntariado

tipodeintercambio

Esse é o tipo de intercâmbio no exterior para quem quer uma experiência realmente intensa. Não espere ficar alocado em grandes centros urbanos ou ter grandes luxos. A proposta do voluntariado é que o intercambista auxilie em projetos de apoio a crianças carenciadas, por exemplo, outros são mais voltados para iniciativas agrícolas. Os programas variam de 1 semana a 1 ano e envolvem trabalho intensivo e muito pouco turismo. Existem diversos pacotes e ONG’s que fazem seleções. Os preços partem de R$ 900 e as passagens não estão incluídas.

Ganhe um tablet para aprender inglês oferta limitada
2. Internship ou estágio

Quem está na universidade e procura um tipo de intercâmbio que ajude no crescimento e desenvolvimento profissional, o Internship pode ser uma boa opção. Basicamente, o candidato realiza um estágio em empresas estrangeiras e recebe pelo seu trabalho. Dessa forma, consegue desenvolver habilidades voltadas para a área a que se dedica e ainda desenvolve confiança no idioma local, se não for o português. Os preços variam consoante a duração, que pode ir de 4 a 18 meses, e o local. Um programa para os Estados Unidos, por exemplo, custa, em média, R$ 7 mil.

3. Au Pair

tipodeintercambio

Antes, ser Au Pair era um tipo de intercâmbio mais voltado para os EUA, mas hoje abrange muitos outros países como destino. Essa experiência consiste basicamente em trabalhar na casa de uma família tomando conta das crianças, uma espécie de babá internacional. Enquanto isso, a intercambista vai assimilando a cultural local e o idioma. Além disso, ganham um curso patrocinado pelos anfitriões e uma ajuda de custo semanal. Para estar apto a essa possibilidade é preciso ter entre 18 e 26 anos, saber dirigir e ter pelo menos o ensino médio completo. Em algumas seleções é preciso ainda, ter experiência comprovada no tratamento de crianças. O investimento varia de R$ 1.600 a R$ 4.000, já com a passagem incluída.

4. Curso de idiomas

Talvez esse seja o tipo de intercâmbio mais conhecido. A maior parte das pessoas que decide passar um tempo no exterior busca aprender outra língua. O que não faltam são empresas e programas dedicados a essa possibilidade. Não existe uma limitação clara de idade e cada vez mais pessoas acima dos 35 anos decidem partir em busca de conhecimento.

Os programas podem ser, tanto um mês, como um ano e isso influencia diretamente no preço. Enquanto os mais curtos custam próximo dos R$ 10 mil com praticamente todos os custos incluídos, os de longa duração podem atingir facilmente os R$ 70 mil. O destino do intercambista também dita o valor. Sabe-se que um programa nos Estados Unidos é bem mais caro que um no Canadá.

5. Work Experience

tipodeintercambio

Procura um tipo de intercâmbio que te dê oportunidade de trabalhar, mesmo que não seja na sua área de atuação? O programa Work Experience dura geralmente 4 meses, garante uma vaga em bares, lanchonetes e hotéis, geralmente no verão e é destinado a estudantes do Ensino Superior. Os candidatos trabalham como atendentes de mesa ou na limpeza, por exemplo, e recebem por hora, em média R$ 30. O investimento ronda os R$ 7 mil, com o valor das passagens aéreas incluídas. Esta é mais uma oportunidade de criar intimidade com uma outra língua rapidamente. Os intercambistas podem até receberem uma promoção se demonstrarem um bom desempenho.

Ganhe um tablet para aprender inglês onde quiser.

Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar