Como se sair bem num teste psicotécnico

Parte do processo de seleção para um novo emprego, o teste psicotécnico pode ser o passo mais difícil para muitos candidatos, sendo necessário preparo prévio.

Como se sair bem num teste psicotécnico
O resultado de um teste psicotécnico pode ser fator eliminatório

Integrante do processo de seleção para uma vaga de emprego, o teste psicotécnico pode ser o passo mais difícil para muitos candidatos. Com apenas uma resposta correta, explicações vagas e tempo para conclusão, é necessário ter um preparo prévio para se sair bem. Ir a uma entrevista de emprego sempre vem acompanhada de uma infinidade de questionamentos, inseguranças e cobranças a si próprio, muitas vezes, desnecessárias. Apesar de possuir algumas regras de comportamento e vestuário, a sinceridade e autenticidade são as chaves para se sair bem durante um processo seletivo.

Porém, mesmo com todos estes tópicos na palma da mão, existe um detalhe muito aplicado pelos recursos humanos e que podem deixar o candidato bastante confuso: o teste psicotécnico. O que responder? Como se portar? Existe treinamento para se sair bem neles? 

Entrevista de emprego: as 10 perguntas e respostas mais decisivas

O que é um teste psicotécnico?

testepsicotecnico


O teste psicotécnico, assim como o aplicado nos exames de auto-escola, são baseados em testes de QI e raciocínio lógico e visam avaliar a capacidade de atenção do candidato, bem como a velocidade em solucionar problemas, trabalhar sob pressão, gestão de tempo e traços de personalidade. Por isso, este tipo de teste costuma ser fator eliminatório para muitos candidatos.

Em uma entrevista padrão, costuma-se seguir a ordem: apresentação, vida acadêmica e profissional, interesses pessoais e atividades e, antes do encerramento, um pequeno teste psicotécnico e uma redação. Portanto, o primeiro passo é que o candidato utilize o tempo e as questões mais pessoais que antecedem ao teste para se tranquilizar e se sentir à vontade com o ambiente.

Não cometa os mesmos erros: os 10 pecados em uma entrevista de emprego

Como ir bem?

A fim de evitar maiores dificuldades, é aconselhável que o candidato esteja familiarizado com este tipo de testes. Palavras cruzadas, quebra-cabeças, caça-palavras, jogos da memória e outros clássicos são grandes aliados para melhorar o raciocínio lógico e aumentar suas chances de ir bem em um teste psicotécnico. Outras opções são os testes de QI disponíveis online. Faça e refaça os jogos e testes quantas vezes achar necessário. Cronometre seu tempo, encontre padrões, entenda a lógica e tranquilize-se.

Existem inclusive aplicativos para smartphone, como o Lumosity, que disponibilizam desafios diários de lógica e velocidade de raciocínio, sendo uma opção bastante divertida para começar a treinar seu cérebro.

Estando afiado na resolução de testes e habilidades lógicas, o candidato deverá se preocupar em ter uma boa noite de sono no período que antecede a entrevista, usar roupas adequadas, porém confortáveis, ter uma alimentação leve e o principal: manter-se calmo.

Treine, tranquilize-se, seja autêntico e boa sorte!

   

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar