Temer: "Governo não é idiota de restringir direitos trabalhistas"

Presidente nega cortes nos direitos dos trabalhadores, na saúde e na educação. Declaração polêmica foi feita em cerimônia oficial no Planalto

Temer:
Vídeo foi divulgado em suas redes sociais

Durante cerimônia de ações de gestão para a melhoria da saúde pública no Palácio do Planalto, realizada nesta quarta-feira, 14, o presidente Michel Temer negou que seu governo irá reduzir os direitos sociais e a verba destinada para as áreas de saúde e educação. O governo está em meio a discussões acerca da reforma trabalhista e da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto de gastos públicos.

"É muito desagradável imaginar que um governo seja tão, se me permite a expressão um pouco mais forte, tão estupidificado, tão idiota, que chega ao poder para restringir direitos dos trabalhadores, para acabar com saúde, para acabar com educação", afirmou.

Temer criticou a forma como a imprensa está noticiando uma das propostas da reforma trabalhista, sobre a jornada de trabalho de até 12 horas por dia. A informação havia sido divulgada pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Pouco tempo após sua alegação, o governo recuou.

"A notícia que deveria ingressar no jornal, era essa: governo propõe que o trabalhador trabalhe apenas quatro dias por semana. Mas não foi o que se divulgou e não é o que se alardeia e não é o que se divulga. Portanto, não é o que se deixa de reproduzir a verdade dos fatos e isto cria problemas para nós", disse.

Já sobre a PEC, o pemedebista contestou que não haverá cortes na saúde e na educação: "Isso é inadmissível, porque quando nós falamos em teto de gastos, nós estamos falando na totalidade dos gastos, não estamos falando de teto de gastos para a saúde, nem teto de gastos para a educação”.

Ainda na manhã desta quarta-feira, Temer divulgou um vídeo em suas contas do Twitter e do Facebook, alegando que não impedirá que, em caso de demissão, o trabalhador saque seu saldo no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Foto: Reprodução Twitter

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar