Smartphone usado: vale a pena comprar?

Há lojas que também recebem smartphone usado de clientes e o aceitam como moeda de troca na compra de um novo, embora a prática ainda não seja muito difundida.

 

Smartphone usado: vale a pena comprar?
Existem boas opções de smartphone usado, mas a escolha deve ser cuidadosa

A compra de um smartphone usado, como todo item de segunda mão, apresenta certos riscos que devem ser seriamente considerados. O custo benefício de um aparelho adquirido de terceiros costuma ser bastante relativo. Há casos, inclusive, em que a diferença de preços não torna nada atraente a compra de um usado, que não tem garantia, exceto quando comprado em lojas especializadas no chamado “recommerce”.

Para quem não abre mão de fazer uma compra com garantia de origem, uma boa opção é o site Trocafone, em que diariamente surgem ofertas interessantes, não apenas de smartphones usados, mas também de iPhones. A plataforma funciona como uma loja virtual, dando 3 meses de garantia, pagamento em até 6 vezes no cartão de crédito e entrega para todo o Brasil.

Quando não vale a pena comprar um smartphone usado

Existem sites de compra e venda no segmento em que a todo instante aparece algum smartphone usado - alguns muito baratos. Aí é que pode estar escondida uma verdadeira cilada, pois, embora sites como Mercado Livre e Olx contenham com espaço em que compradores avaliam vendedores, muitas pessoas que vendem não se preocupam em manter uma reputação. Eles simplesmente fazem um cadastro - algumas vezes com nomes falsos - vendem aparelhos sem procedência ou com defeitos, e depois somem, deixando o comprador na mão.

E em que casos vale a pena?

Nos próprios Mercado Livre e Olx existem perfis de lojas ou mesmo de pessoas físicas com reputação solidamente avaliada e que garantem o produto que vendem. Faça uma avaliação por meio dos depoimentos de compradores, normalmente um termômetro confiável sobre a reputação de quem vende.

De qualquer forma, o Trocafone é ainda uma excelente opção para conseguir smartphone usado, mas como se fosse comprado novo na loja. No site, podem ser encontrados aparelhos relacionados por marca, e abaixo de cada um dos modelos disponíveis, o comprador é informado sobre o exato valor que estará economizando ao comprar o aparelho de segunda mão.

Cuidados a tomar

Em primeiro lugar, antes de fechar negócio, é preciso avaliar o estado da tela do aparelho. Telas com rachaduras e trincas são um péssimo sinal, por isso, aparelhos nessa condição não devem ser comprados. Outro ponto importante é verificar a duração da bateria, com uma rápida inspeção visual. Retire a bateria do aparelho e verifique sinais de estufamento, corrosão nas áreas de contato com terminais metálicos ou manchas nas cores branca ou verde.

Existem também aplicativos que podem ser instalados, como o Battery Doctor, que faz um check up do estado geral da bateria do smartphone usado.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar