Seguro popular de carro é confiável?

Reparos com peças usadas e cobertura para veículos com mais de 5 anos são algumas das características do seguro popular. Veja se vale a pena contrata-lo.

Seguro popular de carro é confiável?
Pagar até 60% menos e ter abrangência para veículos mais antigos vai valer a pena?

A proposta de um seguro popular para carros com mais de cinco anos de uso tem chamado a atenção de uma grande parcela da população brasileira. A nova medida pode garantir seguros com valores até 30% mais baratos que os praticados regularmente, onde um dos motivos para isso está na possibilidade do uso de peças usadas. A liberação oficial veio através da Resolução 336 do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), mas a dúvida ainda continua: sua contratação é confiável?

Como Funciona um Seguro Popular?

A modalidade mais barata de seguro popular acaba de ser regulamentada e já salta aos olhos de muitos. O seguro tem como foco principal os carros a partir de 5 anos de uso, podendo este também ser contratado para carros mais novos desde que informadas todas as condições sobre os mesmos. Ainda sobre os requisitos, deve-se confirmar a possibilidade de que os reparos sejam efetuados a partir da utilização de peças usadas ou seminovas, desde que estas se originem, obrigatoriamente, de empresas autorizadas através da lei 12.977 de regulamentação de desmonte. É importante frisar que o uso de peças usadas não é permitido para itens essenciais como freios, suspensão e cintos de segurança.

Proteção veicular é legal? Conheça as empresas que prestam o serviço

A normatização para esse serviço diz que ele deve oferecer uma cobertura mínima que contemple situações como a indenização por danos causados ao veículo por colisão, podendo o segurado, ainda, optar por uma oficina credenciada à seguradora ou de sua preferência para realizar o reparo. É proibida qualquer oferta de coberturas que incluam apenas indenizações integrais por colisão.

Desvantagens

A maior ressalva do seguro popular está no uso de peças usadas permitidas por lei existindo, segundo a legislação, a obrigatoriedade do uso de peças originais recondicionadas. Entretanto, a situação exige alerta máximo do consumidor para que este garanta a qualidade do serviço e certifique a originalidade das peças utilizadas nos reparos.

Além do cuidado no estado das peças e a fiabilidade de sua procedência, o consumidor deve estar atento para que a seguradora não use peças recondicionadas em itens de segurança, o que é terminantemente vetado pela lei. Novos ajustes sobre o seguro popular ainda estão sendo avaliados e, se aprovados, as desvantagens podem aumentar.

confira
uma solução de seguro sob medida para você

Vantagens

A principal vantagem é encontrada nos proprietários de carros que pertençam as frotas mais antigas, com 10 anos de uso, por exemplo. Esses proprietários antes encontravam grandes dificuldades, pois muitas seguradoras nem mesmo ofereciam a possibilidade de qualquer seguro para veículos “antigos”.

A ausência de seguros para esse perfil acontecia, em grande parte, pela dificuldade para encontrar peças novas originais para determinados modelos; muitas montadoras já não fabricam peças para alguns veículos que saíram de linha. Isso acabava ou por tornar inviável o seguro para empresa, ou fazia com que os valores cobrados fossem inviáveis também para o consumidor. Assim, o seguro popular vem para resgatar esses proprietários do “limbo” das seguradoras.

Empresas e Custos

Sendo essa uma regulamentação bastante recente, as seguradoras se manifestam aos poucos sobre o interesse ou adesão deste sistema em sua abrangência de serviços. Até o momento, apenas a empresa Pointer do Brasil anunciou sua aceitação à modalidade de seguro popular, adequando-o tanto para autos quanto para caminhões.

Demais seguradoras, como a Porto Seguro, alegam a inviabilidade de algumas cláusulas desse sistema para o consumidor e para as empresas, pedindo por um ajuste nessa resolução nas próximas reuniões. Entre as insatisfações está o pedido para que o seguro popular se limite apenas aos veículos com mais de 5 anos de fabricação e que promova mudanças quanto à liberdade do segurado para escolher a oficina mecânica de sua preferência, em caso de acidentes, restringindo-o a determinados locais.

Encontre o seguro auto com melhor custo benefício. Confira!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar