Salário mínimo 2016: veja a evolução do pagamento ao longo dos anos

Já em vigor, o salário mínimo 2016 sofreu reajuste, passando de R$ 788 para R$ 880. Mas, será que este valor já comporta o custo de vida do brasileiro?

Salário mínimo 2016: veja a evolução do pagamento ao longo dos anos
Mesmo com o reajuste do salário mínimo 2016, o valor ainda está abaixo do custo de vida

Em vigor desde 1º de janeiro, o salário mínimo 2016 sofreu reajuste, passando de R$ 788 para R$ 880 e contabilizando um aumento de R$ 530 nos últimos dez anos. Mas, será que este valor já comporta o custo de vida do brasileiro? Acompanhe a evolução do pagamento e veja qual seria o salário ideal para sustentar uma família.

De 2016 ao passado: a evolução do salário mínimo 

O aumento aplicado para o salário mínimo 2016 corresponde a R$ 29,33 ao dia e R$ 4 a hora trabalhada. Ainda que este não seja o valor ideal para que um cidadão brasileiro se mantenha, principalmente se levado em consideração o custo de vida no país, viver com o mínimo já foi mais difícil. Acompanhe a evolução do pagamento mensal nos últimos dez anos:

2006: R$ 350 | 2007: R$ 380 | 2008: R$ 415 | 2009: R$ 465 | 2010: R$ 510 | 2011: R$ 545 | 2012: R$ 622 | 2013: R$ 678 | 2014: R$ 724 | 2015: R$ 788 | 2016: R$ 880

Com uma diferença de R$ 530 desde 2006, o salário mínimo 2016 ainda está longe de ser o ideal para arcar com gastos relacionados a alimentação, saúde, transporte e habitação, itens que sofreram aumentos de 1,08%, 1,54%, 0,91% e 0,26%, respectivamente, em dezembro de 2015.

A média salarial de cada profissão no Brasil

Qual seria o valor ideal de salário mínimo nacional?

Segundo o Dieese, o salário mínimo deve atender as necessidades básicas do trabalhador e de sua família, como estabelecido na Constituição: moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social. O departamento divulga mensalmente o valor necessário para o salário mínimo, que é calculado com base na cesta básica mais cara entre as 18 capitais pesquisadas.

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
O E-Konomista não brinca em serviço, e vai te ajudar a encontrar a oportunidade certa. Faça o cadastro gratuitamente e receba vagas no Brasil e no exterior.

De acordo com o índice, em dezembro de 2015, o salário mínimo para sustentar uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 3.518,51, ou seja, um valor 4,47 vezes maior que o salário válido no mês, de R$ 788. Relativamente ao aumento para R$ 880, proporcionalmente este índice pode ser reajustado para uma média ideal de salário mínimo 2016 de R$ 3.929,30, uma vez que o custo de vida se mantém crescente.

Em 2015, as variações relacionadas ao custo de vida também oscilaram mês a mês, chegando a uma diferença de cerca de R$ 400 entre janeiro e dezembro. O ano também foi marcado por reajustes nas contas de água, luz e gás. Enquanto em Janeiro a média era de R$ 84 em energia elétrica, por exemplo, em Dezembro o valor passou para R$ 144.

Baixe o aplicativo para ver as vagas de emprego do dia no seu smartphone
 

Veja também: 

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar