Como escolher o roteador wifi ideal

Descubra quais são os fatores que influenciam na transmissão do sinal wireless através do roteador wifi e as características que devem ter o aparelho.

Como escolher o roteador wifi ideal
A escolha do roteador wifi é importante para otimizar a internet

Em uma casa existem diversos dispositivos que podem estar ligados à internet tais como smartphones, notebooks, televisão, vídeo games e até mesmo geladeiras e máquinas de lavar roupa. Já o responsável por manter essa conexão wireless é o roteador wi-fi.

 

ECONOMIZAR NA CONTA DE INTERNET
O E-Konomista vai lhe ajudar a escolher as melhores oportunidades do mercado. Comece já a economizar

Os roteadores wi-fi são aparelhos capazes de realizar transmissão de dados em aparelhos sem fio através de uma conexão à rede interna de internet. São diversos fatores que podem influenciar na potência do aparelho e consequentemente na qualidade da conexão à internet.

 

 

O que considerar na hora da compra 

Para escolher o aparelho ideal é preciso observar alguns pontos:

 

  • Padrões : quais os tipos de dispositivos que pretende fazer a conexão à rede sem fio e a velocidade contratada pelo provedor de internet. No manual dos aparelhos é possível verificar qual o tipo de conexão suportada.

  • Aparelhos: é preciso considerar ainda, quantos aparelhos serão conectados a essa rede. A maior parte dos roteadores disponíveis no mercado, hoje em dia, suportam vários dispositivos simultâneos.

  • Tamanho da casa: geralmente o alcance dos aparelhos são de 100 metros. Porém, é preciso considerar os obstáculos, que acabam por reduzir essa distância. Dependendo do tamanho da residência e dos obstáculos físicos e invisíveis, há a necessidade de instalar um repetidor de sinal (amplificador).

  • Antenas: para garantir uma transferência de dados mais limpa, o indicado é instalar mais de uma antena. Alguns aparelhos possuem a capacidade de recepção de sinal através de múltiplas antenas, o que potencializa os serviços.

 

  • Frequência: a maioria dos roteadores wi-fi apresentam uma frequência de 2,4GHz. Porém, para aqueles que moram em apartamento, isto pode ser um problema devido a interferência dos sinais (já que há a possibilidade de existir mais de um roteador). A solução, para este problema, são os roteadores com duas frequências: 2,4GHz e 5GHz. Apesar de serem mais caro, evitam a perda de eficiência.

  • Segurança: para evitar invasão e perda do sinal, escolha roteadores que sejam compatíveis com as encriptações (codificações e senhas de acesso) WPA e WPA2.

 

 

Os tipos de roteador wifi

 

  • O estático, nomeadamente mais baratos, possuem maior eficiência para rotas mais curtas no envio de pacote de dados. Uma consequência é o congestionamento (ou interferências) na transmissão. Em outras palavras, a conexão à internet só é realmente eficiente, quando os dispositivos encontram-se próximos.

 

  • Já o dinâmico, mais caro e sofisticado, realiza uma análise das condições da rede para otimizar o sinal, optando por “caminhos” mais efetivos (não apenas as curtas). São mais eficientes, mesmo em rotas curtas congestionadas.

 

 

Características de um roteador wifi

Existem três características que podem definir a eficiência do aparelho:


  • Velocidade de acesso: quanto maior for essa característica, mais rápido poderão ser os downloads e uploads;

  • Padrão de conectividade da rede sem fio : indica a frequência de transmissão de dados. Os aparelhos mais antigos apresentam o parâmetro 802.11b, já os mais modernos, 802.11g e 802.11n. Os mais recentes do mercado apresentam uma denominação AC.

  • Ganho da antena : indicador do alcance do sinal de transmissão de dados. Quando maior for a potência indicada da antena (dBi), maior é a amplitude.

 

 

O que pode atrapalhar o sinal do roteador wifi

Os obstáculos físicos como paredes e colunas podem influenciar na potência emitida pelo aparelho. Por isso a necessidade de instalar o dispositivo em um local neutro, no qual todas as pessoas possam usufruir sem muitos ruídos na rede.

 

Outro fator que pode influenciar são as ondas emitidas por outros aparelhos, como por exemplo o telefone sem fio e o micro-ondas. Portanto, procure instalar o roteador wi-fi em um local alto e longe de aparelhos eletrônicos para potencializar os sinais.

 

Aprenda a configurar um roteador wi-fi na sua casa.

 

Você sabe qual a diferença entre wireless e wifi?

Ao contrário do que muitos pensam, não se trata da mesma coisa. Em poucas palavras, o wireless é uma conexão sem fio, que pode se apresentar de diversas formas, como a conexão do controle remoto e da televisão (via infravermelho). É através da conexão wi-fi, que acontece a interligação, através de um dispositivo (roteador), da internet com o seu computador, notebook ou celular, por exemplo.

 

Descubra qual o melhor roteador wi-fi do mercado.

 

Leia também:

 

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar