Curiosidades sobre o rodízio de carros em São Paulo

Há quase vinte anos, o rodízio de carros em São Paulo tem se mantido, graças a alguns indicadores que validam o objetivo proposto desde o seu início, a redução do tráfego e da poluição

Curiosidades sobre o rodízio de carros em São Paulo
Afinal, o rodízio de carros em São Paulo é eficaz?

O rodízio de carros em São Paulo, vigente no maior centro econômico do Brasil desde 1997, é a forma encontrada pela prefeitura paulistana para mitigar dois problemas crônicos causados pelo volume de carros em circulação: os congestionamentos e a poluição. Instituído pela Lei Municipal 12.490, de 3 de outubro de 1997, ainda suscita debates e polêmicas sobre sua real utilidade. Seus defensores alegam que o rodízio, além de diminuir engarrafamentos e a emissão de poluentes, também serve como estímulo a práticas como a carona solidária, em que motoristas com permissão para circular dão carona a quem precisa manter seus carros na garagem.

Tal entendimento, entretanto, não é compartilhado pelos detratores do sistema. De acordo com os críticos, ao invés de provocar a diminuição de veículos nas ruas, o rodízio de carros em São Paulo teria efeito inverso, ou seja, faz com que mais carros e caminhões rodem nas sempre caóticas vias públicas de Sampa.

Em que o rodízio de carros em São Paulo de fato funciona?

Antes de saber sobre a efetividade do rodízio de carros em São Paulo, precisamos saber seu mecanismo de funcionamento. A proibição é aplicada apenas no centro expandido da capital paulista, um conjunto de dez vias que formam um anel viário em torno do centro histórico da cidade. Trata-se da região mais ativa economicamente do município, e que concentra a maior parte das principais atividades de São Paulo. As vias que o compõem são as marginais Tietê e Pinheiros, avenidas Salim Farah Maluf, Presidente Tancredo Neves, Luís Inácio de Anhaia Melo, Juntas Provisórias, Afonso d'Escragnolle Taunay, Bandeirantes e o Complexo Viário Maria Maluf.

Nessas vias, portanto, ficam proibidos de circular carros e caminhões (motos estão isentas) com os respectivos finais de placas nos dias de semana:

  • Segunda-feira: finais 1 e 2
  • Terça-feira: finais 3 e 4
  • Quarta-feira: finais 5 e 6
  • Quinta-feira: finais 7 e 8
  • Sexta-feira: finais 9 e 0
Seguro Auto Caixa SeguradoraCote, personalize e contrate online

Também estão isentos guinchos, veículos de socorro, policiais, dos Correios, de transporte de materiais perecíveis, Bombeiros, funerárias e de socorro mecânico.

Não custa lembrar que veículos de outros estados também precisam obedecer ao rodízio, se não quiserem ser multados em R$ 85,13 e perder quatro pontos na CNH por infração média.

Curiosidades e números do rodízio

De acordo com o estatístico Celso Monteiro, o rodízio de carros em São Paulo é uma verdadeira faca de dois gumes. Isso porque, enquanto ele efetivamente reduziu a lentidão do trânsito em 8%, ele foi apontado indiretamente como responsável pelo aumento da frota de veículos na metrópole em 2,9 milhões de unidades na sua primeira década completada.

Em relação à diminuição da poluição, dados publicados na Revista Brasileira de Epidemiologia dão conta de que todos os gases nocivos provenientes de veículos encontraram redução, exceto o ozônio.

O cientista chileno Luis Cifuentes, que conduz estudos no combate à poluição, critica o rodízio de carros em São Paulo como única forma de diminuir a emissão de gases. Diz o pesquisador que, sem oferta de transporte público de qualidade, as pessoas continuarão preferindo automóveis ao invés de ônibus, trem ou metrô.

Youse é o Seguro Auto Online da Caixa Seguradora. Barato, rápido, sem burocracia.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar