10 truques para economizar muito ao fazer reserva de hotéis

Conheça os 10 melhores truques para economizar na reserva de hotéis; item que pode ser o maior vilão da conta bancária durante os períodos de viagens.

10 truques para economizar muito ao fazer reserva de hotéis
Custos de hospedagem podem ultrapassar os valores gastos com combustível e passagens aéreas

Para quem está sempre com o pé na estrada ou vem planejando um período de férias, saber como gastar menos nestes períodos de crise e instabilidade econômica é fundamental. Para isso, existem diversos truques a fim de tornar sua viagem mais barata, inclusive na hora fazer reserva de hotéis.

Como economizar ao fazer reserva de hotéis

O item hospedagem costuma, em muitos casos, ultrapassar até mesmo o valor das passagens aéreas ou gastos com combustível. Portanto, é fundamental analisar e planejar-se com as seguintes dicas de economia para reserva de hotéis.

1. Antecedência

Assim como aplicadas nas reservas de passagens aéreas, fazer a reserva de hotéis com algum período de antecedência (geralmente entre 2 e 5 meses) pode representar descontos consideráveis se comparados aos da tarifa balcão, onde o hóspede deixa para fazer seu pedido diretamente com a recepção do hotel, sem ter feito reserva. Nestes casos, a diferença de valores pode ser o dobro ou até mesmo o triplo entre ambas as modalidades.

Hostel no Brasil: lugares para se hospedar de graça

2. Pesquisa Online

A pesquisa é a principal ferramenta para encontrar os melhores preços. Aliada à antecedência, a pesquisa virtual deve abranger o maior número de sites possíveis, datas de check in e check out variadas e eventuais promoções que venham a aparecer. Outra dica importante, utilizada também por quem procura por passagens aéreas baratas é acessar os sites de hotéis e reservas navegando pela aba anônima de seu browser de internet ou limpar e memória cache do navegador a cada busca realizada. Isso evitará que o servidor armazene seus dados de pesquisa e aumente o preço a cada nova visita.

3. Sites de Reserva

Uma vez que a pesquisa é item fundamental para economizar na reserva de hotéis, encontrar os sites corretos para encontrar os melhores preços também é tarefa importante. Procure abranger o máximo possível suas buscas, cotando valores em portais como BookingHotéis, Trivago, Kayak, TripAdvisor, e também no próprio site do hotel em que estiver interessado. Entre os fornecedores, é possível encontrar uma diferença de até 70%, por isso, fique atento e compare.

GANHE
UMA VIAGEM
veja como concorrer

4. Localização

Em geral, hotéis mais bem localizados, situados em grandes centros urbanos ou com certa proximidade a pontos turísticos costumam apresentar tarifas relativamente superiores aos estabelecimentos mais afastados. Com essa informação, compare também quais seriam seus custos com transporte público ou táxi caso optasse por um hotel em outra localidade, mais barata, e faça a melhor escolha de acordo com suas necessidades.

5. Restrições

Muitas vezes, as tarifas mais baixas costumam incluir algumas restrições em suas cláusulas, como a impossibilidade de reembolso em caso de cancelamento ou mesmo de realizar alterações em sua reserva. Diante disso, avalie se realmente vale a pena aceitar esses pontos para pagar um pouco menos.

6. Café da Manhã

Optar por tarifas que incluam o café da manhã também podem ser uma ótima saída para quem quer economizar ao reservar sua hospedagem. Em geral, pagar pela refeição separadamente costuma sair mais caro do que incluí-la na reserva antecipada.

7. Destino

A cidade de destino também influenciará diretamente no preço da reserva de hotéis. Se esta for uma localidade primordialmente voltada para o turismo, as tarifas mais altas são as cotadas durante o final de semana; já se o seu destino for uma cidade voltada para o turismo de negócios, fazer a reserva nos dias úteis pode sair mais caro.

8. Temporada

Assim como o tempo de antecedência para reservar sua hospedagem, caso tenha a flexibilidade de datas, opte sempre por períodos de baixa temporada na cidade de destino. Porém, atente-se para a previsão do tempo e condições climáticas do período no local, pois de nada adianta programar suas férias para períodos chuvosos ou que impeçam o desfrute.

9. Tempo de Estadia

Reservar estadias mais longas também é sinônimo de economia, ou ao menos argumento para pechinchar. Geralmente, reservas com menos de 3 diárias costumam sair mais caras do que períodos superiores a esse.

10. Eventos e Feriados

Se a questão é economia, ficar atento aos possíveis eventos e feriados que possam ocorrer na região durante o seu período de estadia pode render preços mais baixos. Busque por reservas fora dessas épocas, fugindo também da alta temporada que, devido à grande procura, pode tornar impossível conseguir o quarto ideal e preços baixos.

Fique por dentro de dicas para economizar nas suas viagens nacionais e internacionais.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar