O que vão avaliar primeiro na sua redação do vestibular

Entre as fases mais rigorosas de um processo de seleção para universidades, saiba o que a banca avalia primeiro em uma redação de vestibular.

O que vão avaliar primeiro na sua redação do vestibular
Não é preciso "florear", mas sim escolher com precisão a composição do vocabulário.

Muito além da pressão tradicional exercida sobre as matérias básicas em um vestibular, a produção da famigerada redação ainda provoca arrepios em muitos vestibulandos em busca de uma boa pontuação na prova escrita.

Existe um segredo para a redação perfeita? Qual é o primeiro ponto a ser avaliado pela banca? Veja a seguir quais são os principais itens de avaliação e penalizações contabilizadas durante uma redação de vestibular; o que deve ser evitado ou incentivado para conquistar as melhores notas a partir de conceitos unânimes entre as bancas avaliadoras.

Os principais itens de avaliação em uma redação

Ainda que o bom senso com relação ao tema seja um requisito mínimo e eliminatório em uma redação do vestibular, alguns critérios podem variar de acordo com cada instituição de ensino, mas sem que essa discrepância seja muito distante.

De modo geral, as redações têm como exigência padrão um mínimo de sete linhas e máximo de 30 para cada dissertação. Relativo ao tema, estes costumam abranger assuntos atuais onde o vestibulando deverá refletir ou apresentar soluções sobre a proposta, mas um item certamente possui unanimidade entre os avaliadores na hora de estruturar o pensamento: a clareza e a objetividade em que as informações são repassadas.

Para exames como Fuvest, Unicamp, Enem, Unesp e outros, ter o seu próprio traço de autoria são muito valorizados, mas de nada adianta um vocabulário prolixo se as ideias são estiverem coesas ou bem desenvolvida de modo a conduzir o leitor. Nestes casos, mesmo que a opinião do candidato seja divergente à do examinador, a nota será cada vez melhor consoante a estrutura de argumentação.

Ao invés de escolher palavras difíceis, opte pela precisão vocabular, ou seja, encontre a palavra que exprima exatamente o que pretende dizer; quanto mais assertiva, mais valorizada será a nota. Não é preciso “florear”, mas sim utilizar-se da boa gramática, concordância e ortografia, aliada à sua capacidade estrutural das ideias. Tendo isso em mente, basta então manter-se dentro do tema – caráter eliminatório em qualquer banca avaliadora – e, de modo algum, ferir os direitos humanos durante a dissertação.

A dica final, tomando como base as questões de argumentação e coesão atreladas ao bom senso é abrir mão das frases feitas e lugar-comum. Seja criativo, apresente soluções otimistas e esteja bem informado durante todo o ano que antecede o vestibular para que o tema não seja um total desconhecido e lhe permita aplicar seu repertório.

Oferta Limitada! Ganhe um tablet para aprender inglês online

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar