10 mitos e verdades sobre recarregar a bateria do celular

Todo mundo já ouviu truques sobre como fazer a bateria do celular durar por mais tempo. A maioria deles é infundado nas baterias atuais. Confira mitos e verdades sobre recarregar a bateria do celular

10 mitos e verdades sobre recarregar a bateria do celular
Saiba o que é verdade ou mentira sobre recarregar a bateria do celular

Economize na conta do celular. Faça um plano de internet móvel.

 

Quem nunca ouviu falar que a bateria do celular pode ficar viciada se nós carregarmos pouco? E que não se pode falar no celular enquanto ele carrega? Existem muitos mitos quando o assunto é recarregar a bateria do celular.

 

PAGUE MENOS NA CONTA DO CELULAR
Se você costuma acessar a internet pelo celular e quer economizar, encontre a solução perfeita para o seu bolso. 

Faça já uma simulação!

As baterias atuais evoluíram

Alguns dos mitos que escutamos com muita frequência são completamente infundados, outros são baseados nas baterias mais antigas que necessitavam seguir algumas regras para que tivessem maior vida útil. Mas as baterias dos celulares evoluíram muito e os truques para que ela durasse mais em sua maioria ficaram obsoletos. 

  

Mitos e verdades sobre as baterias dos celulares

A maioria das baterias dos celulares atuais é feitas de íon de lítio, pesam menos, carregam mais rápido e têm vida útil mais longa.
 

1. É melhor esperar que a bateria do celular acabar para então recarregá-lo

MITO: As baterias atuais dispensam o cumprimento de ciclos completos de carga e descarga. Não existe aquele mito de que carregá-lo só um pouco deixa a bateria “viciada”. Todos os fabricantes de celulares atuais não exigem que a bateria só seja removida do carregador após completar 100% da carga.

E há até quem diga o contrário. Há um consenso entre os especialistas em tecnologia que para que a bateria tenha uma vida útil mais longa o ideal é manter a carga do celular entre 20% a 80% de sua capacidade. Deixar a bateria acabar e/ou recarregá-la até 100% não fazem mal, mas não ajuda na vida útil.



Celulares do momento: 10 aparelhos para comprar em 2015

 

2. Não pode deixar o celular carregando a noite toda

MITO: As baterias atuais já são inteligentes o suficiente para saber que ela deve parar de carregar assim que a carga atingir os 100%. Não há mal nenhum mantê-lo conectado ao carregador durante a noite toda.


 

3. Não pode falar ao celular enquanto ele estiver carregando

MITO: Em geral, não há nenhum problema em usar o telefone enquanto ele estiver recarregando. Esse mito rodou o mundo por causa de casos isolados de pessoas que foram eletrocutadas por celulares ao atender a ligações com o aparelho conectado ao carregador.

Em todos os casos foi provado que o que ocasionou o incidente não foi o aparelho e sim o uso de carregadores não originais e de má qualidade. Se o utilizador carregador o celular com o carregador original do aparelho, a segurança está garantida.


 

4. Carregadores “não originais” podem danificar a bateria

MITO: Apesar de não ser recomendado utilizar carregadores alternativos para recarregar o seu celular, não há indícios de que eles danificam a bateria. O que acontece é que os carregadores podem ser menos eficazes do que os originais, demorando mais a carregar a bateria. Outro problema é a durabilidade que é inferior ao oficial, além da possibilidade de sofrer choques, como dito na dica acima.

Se o seu celular tiver algum problema injustificado com a bateria e você estiver utilizando um carregador não original, o fabricante pode culpá-lo por não utilizar o equipamento ideal para carregá-lo. Portanto, o melhor é manter o carregador original do celular para evitar problemas.



Portabilidade de celular: seus direitos, quanto custa e como fazer

 

5. O período em que a bateria retém a carga diminui com o tempo

VERDADE: Quando compramos um celular, a bateria está no início da sua vida útil e precisa ser carregado com menor freqüência. Com o uso, a bateria, como qualquer outro equipamento que sofre carga e recarga, passa a durar menos tempo. A carga de 100% acaba em maior velocidade com o passar dos anos, é natural. Esse período depende do uso que o usuário faz da bateria. Se o usuário utiliza muito o aparelho e, conseqüentemente, precisa recarregá-lo com maior freqüência, a bateria irá diminuir a retenção de carga com maior velocidade.


 

6. A capacidade de retenção de carga da bateria é prejudicada pelo calor

VERDADE: O calor é um grande inimigo de qualquer tipo de bateria. Por isso, é recomendável manter seu celular ou em ambientes abaixo de 35 graus pois isso aumenta sua vida útil.


 

7. O celular carrega mais rápido no modo avião 

VERDADE: Carrega mais rápido sim, mas a diferença é pequena. Quando o celular está em modo avião, ele não fica buscando redes wi-fi ou 3G,  que são buscas que consomem a bateria. Além disso, ele fica inativo para o recebimento de mensagens e ligações. Estando “concentrado” apenas em carregar a bateria, a carga é mais eficiente.

Mas não é muita coisa. Carregar 10% do celular com o modo avião ativado é 1 minuto mais rápido do que pelo método tradicional.


 

8. Carregar o celular pelo computador demora mais

VERDADE: Isso depende da potência elétrica do celular utilizado para carregar. Mas na grande maioria dos casos, demora mais sim, pois a energia alimentada no computador é utilizada por diversas funções do aparelho, além do carregamento do celular.
 

Para se ter uma ideia, um carregador de iPhone tem 5 watts de potência enquanto que um cabo de USB ligado ao computador tem 2,5. Por isso, demora mais pelo computador.



Como comparar celulares para escolher o aparelho certo

 

9. Desligar ou reiniciar o celular de vez em quando aumenta a vida útil da bateria

VERDADE: Os especialistas sugerem que o aparelho seja desligado ou reiniciado pelo menos uma vez na semana. Não é preciso deixar muito tempo, alguns minutos basta para maximizar a vida útil da sua bateria.


 

10. É preciso dar uma carga de 8h quando for ligar o celular pela primeira vez

MITO: Nos celulares de antigamente, isso era uma regra pois se a primeira carga tivesse menos de 8h acontecia o chamado "Efeito Memória", que carregava a bateria com a diferença de carga entre seu valor nominal máximo e seu valor remanescente.  Nas baterias atuais, o efeito é nulo, não é preciso.

 

Gaste menos dinheiro com celular. Encontre uma solução sob medida para você!
  


Veja também: 

 

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar