Rachaduras nos pés: como tratar e prevenir

De aspecto grosseiro e vilã declarada do uso de sandálias e chinelos, as rachaduras nos pés podem ser tratadas e evitadas. Saiba como com receitas caseiras.

Rachaduras nos pés: como tratar e prevenir
Veja dicas para tratar até casos mais extremos

Frequentes para alguns indivíduos e muitas vezes de aparência constrangedora, as rachaduras nos pés podem ser um problema estético para o uso de chinelos ou sandálias, mas agravados para questões de saúde, uma vez que casos mais agressivos podem causar fissuras mais profundas, ocasionando dor e sangramento. Saiba o que fazer para prevenir e tratar o ressecamento dos pés e livrar-se das rachaduras.

Como surgem as rachaduras nos pés?

Causadas por condições externas - como tempo seco ou quentes em demasia -, doenças genéticas, cardiovasculares ou através de hábitos como andar descalço, as rachaduras nos pés começam a surgir de maneira sorrateira com um leve ressecamento e pele esbranquiçada, mas podem tomar proporções desagradáveis ou até alarmantes.

A sola dos pés é a região onde mais se acumulam células mortas e, por estas e outras, não possuem quaisquer glândulas sebáceas, aliando esse fato a um constante atrito com calçados ou diretamente ao chão, torna-se cada vez mais grossa. Com a ausência de uma rotina de hidratação ou bons hábitos para a saúde dos pés, essa pele enrijecida torna-se ainda mais propensa ao aparecimento de rachaduras.

Em alguns casos, por predisposições genéticas, questões cardiovasculares ou mesmo negligencia pela condição, as rachaduras nos pés podem se agravar, apresentando rachaduras de maior diâmetro e profundidade, causando dor e sangramento. Diante dessa situação, o tratamento primário deve consistir em bactericidas, a fim de limpar o local e proporcionar a cicatrização das feridas.

Saiba como prevenir

Para evitar o aparecimento e a piora na aparência das rachaduras nos pés, algumas dicas e cuidados são essenciais; são elas:

  • Esfolie seus pés ao menos uma vez por semana. O processo pode ser realizado através das famosas pedra-pomes ou lixas elétricas próprias para essa finalidade;
  • Aplique diariamente um creme ou loção hidratante nos pés após o banho. Lembre-se de seca-los bem para evitar umidade no local;
  • Para potencializar o efeito dos cremes e óleos nos pés, aplique-os e calce meias de algodão para ir dormir. Veja o resultado no dia seguinte;
  • Evite andar descalço. Ainda que esse hábito seja indispensável para muitas pessoas, o atrito direto dos pés com o chão contribui para o engrossamento da pele a fim de defender-se dos traumas.
  • Procure tomar banhos mais frescos e rápidos. A água quente durante longos períodos pode agravar o ressecamento da pele;
  • Ao escolher um sapato, opte por utilizar chinelos e rasteirinhas somente quando necessário. Tais calçados contribuem para uma maior probabilidade de rachaduras nos pés.

Receitas caseiras para rachaduras nos pés

Um dos principais cuidados para evitar rachaduras nos pés é reforçar sempre a hidratação na pele, especialmente nos calcanhares que sofrem com o atrito do chão. A seguir, listaremos algumas receitas rápidas e caseiras indicadas pelo portal Como Fazer As Unhas para que não haja mais desculpas para manter os pés lisinhos e hidratados.

Limão: pode parecer que não, mas a propriedade ácida presente no limão pode ser muito eficaz contra as rachaduras nos pés. Para isso, deixe o suco do limão em contato direto com a pele áspera ou dilua-o em um pouco de água morta e mergulhe seus pés no conteúdo por cerca de 10 ou 15 minutos.

Finalize lavando seus pés com o auxílio da pedra-pomes e sabão, secando-os bem com uma toalha. Em média, a pedra é encontrada em farmácias e perfumarias por menos de R$ 2.

Óleos vegetais: também conhecidos por suas propriedades benéficas aos cabelos, os óleos vegetais atuam perfeitamente na hidratação, nutrição e emoliencia da pele. Para isso, antes de ir dormir, esfregue seus pés com a pedra pomes e lavando-os em água corrente. Aplique o óleo escolhido na região afetada ou por toda a extensão dos pés e, antes de se deitar, calce meias limpas e passe a noite com o óleo penetrando em sua pele.

Repita esse processo nas próximas noites até que seus pés estejam lisos e hidratados. Os óleos utilizados podem ser azeites, óleo de coco, óleo de sésamo ou, se estiver disposto a gastar com um diferencial, o óleo de semente de uva, que tem custo aproximado de R$ 30 para 500g.

Água de rosas e Glicerina: proporcionando um resultado instantâneo, essa combinação é ideal para quando precisa ir a alguma festa ou local onde os pés estejam a mostra. Comece misturando os dois ingredientes em proporções iguais e, antes de sair de casa, esfregue esse conteúdo nos pés até que a pele o tenha absorvido por completo.

Repita o processo todos os dias até que as fissuras tenham desaparecido definitivamente. Um frasco de água de rosas simples tem custo aproximado de R$ 12 para 250ml; já a glicerina custa a média de R$ 7,50 para 100ml.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar