Quer comprar um carro sem entrada?

Receba cotações de crédito para comprar o seu carro

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Seguinte

Quer ter um carro tunado? Descubra as vantagens e desvantagens

Muitas pessoas querem adequar o carro ao seu estilo e, por isso, ter um carro tunado está cada vez mais comum. Conheça mais sobre esta prática.

Costomizar o seu veículo pode ser um desafio. Confira peças que vão deixar seu carro tunado

No melhor estilo “velozes e furiosos”, os carros tunados ganham centenas de admiradores anualmente. Incrementar o carro com diferentes peças, componentes que melhorem o desempenho do motor, da aerodinâmica ou apenas para ficar mais bonito, o maior objetivo dos donos é que eles chamem atenção e fiquem o mais exclusivo possível.

Mas é preciso ter cuidado e limite na hora de deixar seu carro tunado, pois o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) proíbe componentes como motor exposto, portas que abrem para cima e suspensão hidráulica. Mas as regras variam entre os estados e se, o seu objetivo é utilizar a máquina apenas para mostrar durante feiras e exibições e sem andar com ela na rua, pode fazer a tunagem que quiser.

Para fazer tantas mudanças é preciso de dinheiro. Muitas vezes o consumidor gasta muito mais do que o valor pago pelo carro. Será que vale a pena? 

Vantagens e desvantagens de ter um carro tunado


Vantagens de ter um carro tunado:
 É exclusivo. Você coloca as peças que quiser e o deixa diferente de outros do mesmo modelo e versão.

 É possível gastar menos e comprar um carro mais barato, para depois investir mais dinheiro no tuning (palavra que vem do inglês e significa afinação ou otimização), e deixá-lo a sua maneira.

 Pode mudar o motor e fazer com que o carro corra mais.

Desvantagens de ter um carro tunado:
 Muitas vezes o gasto com a melhoria do motor não compensa, já que não é possível andar em alta velocidade dentro das cidades.

 Faz com que o motor dure bem menos.

 Além de gastar muito dinheiro com as peças, o dono do carro tunado gasta com mão de obra e regulamentação do carro modificado. Precisa realmente ter certeza se vale a pena e se cabe no bolso.

Como tunar seu carro


 Colocar insufilme é o principal - Precisa seguir a lei que estabelece limites.


 Mexendo no motor – A tunagem mecânica geralmente é estética. Pode ter a adição de coolers esportivos, luzes, filtros de ar coloridos, capa cromada para o motor e entre outros acessórios.


 Luz – Nos faróis é possível mudar o tipo de lâmpada para outras que geram tons azulados ou amarelados. Luzes neon, tanto do lado de dentro quanto do de fora, são outros acessórios comuns.


 Do lado de fora do carro – A moda é tunar o carro com peças de stock car. Colocando o spoiler na parte frontal, saias laterais e aerofólio na parte traseira.


 Dentro do carro – Pode customizar com acessórios para o volante, deixar o painel parecido com os de carro de corrida, mudar os bancos e entre outras mudanças.


 Carro moderno – Dá para colocar televisão, DVD, videogame e as caixas de som conectadas a um computador de bordo.


 Rodas maiores – É possível colocar aros até 28 diâmetro e com design esportivo.


 Pintura na lataria – pode usar vários tipos de tinta, com diferentes efeitos. 


 Carro rebaixado – é um clássico da tunagem, mas exige trocar a suspensão e a lei não permite todos os tipos.

Tentando atrair inclusive os apaixonados por carros tunados, muitas montadoras de carros resolveram produzir modelos voltados para esses clientes. 

Carros tradicionais tunados


Agile Effect - Chevrotet
Possui rodas de liga leve com aro de 16 polegadas escurecidas, saias laterais, aerofólio, spoilers dianteiro e traseiro, faróis e lanternas escurecidos, retrovisores e teto pintados em "high gloss" (preto brilhante), além de adesivos decorativos nas laterais. Preço varia entre 45 e 48 mil reais.



Twingo – Renault
A montadora deixou parecido com os Stock Cars, já que tem uma faixa de teto quadriculada que simula a bandeirada final de um grande prêmio. O para-choque dianteiro leva uma peça aerodinâmica inspirada na F1 e a traseira ganha traços esportivos com para-lamas maiores, aerofólio e difusor. O carro é vendido na Europa.



March – Nissan
O carro ganhou uma roupa mais aerodinâmica, com saias frontais e difusor traseiro, entre outras alterações. As rodas aro 16" têm novo design e agora uma linha vermelha percorre toda a lataria do carro, dando ao produto um aspecto mais radical. O carro ainda não é fabricado no Brasil.




Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Carolina Benevides Carolina Benevides

Jornalista brasileira, Carolina Santarosa é formada pela Universidade de Fortaleza desde 2011. Atualmente cursa o 2º ano do Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto. A profissional já trabalhou no marketing da Red Bull, foi Assessora de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza e do North Shopping Fortaleza. Fez intercâmbio acadêmico nos Estados Unidos e atualmente mora no Porto (Portugal).