'Quanto vale meu carro'? Veja como fazer o cálculo

"Quanto vale meu carro"? Criamos um guia para você aprender o cálculo e utilizar na hora de vender o seu veículo. Clique aqui e veja todos os detalhes.

'Quanto vale meu carro'? Veja como fazer o cálculo
Saiba como avaliar seu automóvel

Estou pensando em vender meu carro, acho que já deveria ter definido o valor que vou pedir, mas não sei quanto vale meu carro e essa não é uma resposta aceitável hoje em dia. A internet está aí para nos guiar e com esse pensamento, montei um guia para você saber o valor do seu carro na hora de vender.

Os principais sites para vender e comprar carro usado

"Quanto vale meu carro"? Veja como fazer o cálculo

Desde 1973 existe uma organização sem fins lucrativos que é responsável por registrar os valores dos veículos comercializados no Brasil, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE. Inicialmente criada para ajudar o Departamento de Economia da Faculdade de Economia e Contabilidade da Universidade de São Paulo, a FIPE mantém uma tabela atualizada mensalmente e histórico de valores de todos os carros vendidos no Brasil desde 1985.

Para saber quanto vale meu carro, é só acessar a Tabela FIPE e pesquisar o carro, moto ou caminhão usado ou até novo e terá o valor de referência para o veículo. Além disso, é possível fazer uma pesquisa retroativa para saber quanto esse modelo custava no passado.

Trocar carro usado por novo: dicas, informações e simulação

Agora que já tenho o valor de referência do carro no mercado, é hora de definir qual é o valor de venda dele. Para fazer isso, é preciso avaliar o estado do seu carro:

  • Amassados, arranhados e manchas na pintura
  • Estado do motor, pneus e mecânica em geral
  • Estofamento e interior
  • Documentação
  • Acessórios e adicionais instalados

Como vender um carro usado rápido

Fatores como esses influenciam o valor da venda, quanto mais precário o estado do carro, menor será o valor oferecido em relação a tabela FIPE. Se algum reparo precisa ser feito, é só fazer o orçamento e deduzir do valor pretendido, assim o comprador fica responsável pelo reparo. O mesmo vale para documentação em atraso.

Acessórios são sempre opcionais, é possível retira-los para colocar no próximo carro, algumas vezes vão junto, isso depende muito do que o comprador quer. É sempre bom verificar o interesse do comprador e adicionar ou deduzir o valor dos acessórios da negociação.

Melhorias no carro, como rebaixamento, turbo, rodas maiores e outros, aumentam o valor de revenda do carro. Mas assim como os acessórios, esses detalhes podem não ser de interesse do comprador, se esse for o caso, retirar as peças ou dar um desconto são alternativas viáveis.

É só se lembrar de que a tabela é apenas uma fonte de valores de referencia, o mercado regional pode pagar mais ou menos pelo automóvel e a avaliação de quanto vale meu carro para cada loja de usados, concessionária ou pessoa pode ser diferente.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar