Quanto custa manter um animal de estimação

Se está pensando em ter um bichinho coloque as despesas na ponta do lápis: o custo ao longo da vida do pet pode chegar a R$ 60 mil. Saiba quanto custa manter um animal de estimação.

Quanto custa manter um animal de estimação
Animais domésticos geram custos. Saiba quais são antes de ter um. A

Ter um pet em casa não é o mesmo que ter um brinquedo: eles têm necessidades específicas, precisam de atenção e geram custos. Antes de trazer um bichinho pra casa é preciso pensar se ele se encaixa no orçamento, pois infelizmente são comuns os casos em que ocorre abandono devido aos gastos altos gerados pelo animal.

Saiba quanto custa ter um animal de estimação e se vale a pena adotar ou comprar um.

Quanto custa ter um animal de estimação?

Tudo depende do seu estilo de vida. Animais de raça custam entre R$ 300 e R$ 5 mil. Se você deseja um cão de porte grande para proteger a casa, por exemplo, compensa mais comprar um da raça Pitbull ou Rotweiller. Caso prefira gatos exóticos, como o da raça Sphynx que não tem pelos, também terá que desembolsar uma grana, pois dificilmente encontrará esses animais em ONGs e canis.

Se não faz distinção por raça, uma excelente opção é adotar os famosos vira-latas, cães abandonados por seus donos ou que nasceram na rua e precisam de um lar. Não é difícil encontrar abrigos que doem cães e gatos após realizar um minucioso cadastro sobre o dono e a casa para onde irá o animal. Outra opção é adotar filhotes de ninhadas cujos donos não desejam ficar com os bebês.

Quanto custa ter um gato?

Ao contrário dos cachorros, gatos não precisam visitar pet shops com frequência para banhos e tosas, já que eles mesmos se incubem dessa tarefa. Os custos com esse pet giram em torno da alimentação, veterinário, brinquedos, higiene e vacinas, que ao final do mês podem tanto pesar quanto passar com folga pelo orçamento.

Na Cobasi, um saco de 3 quilos de ração seca Golden sabor carne para gatos adultos custa R$ 37,90. Essa quantidade deve durar o mês inteiro caso você só tenha um gato e sem levar em consideração outros tipos de alimentos, como a ração úmida que é bem mais cara – um kit com 18 sachês, cada um com 85g, da Whiskas custa R$ 33,12 - e petiscos.

A areia é essencial para a higiene do seu gato e deve ser trocada diariamente. Gatos se incomodam com sujeira e podem ficar estressados com o ambiente sujo de urina e fezes. Uma embalagem de 4 quilos da marca Pipicat custa R$ 6,90 e deve também durar todo o mês caso só haja um gato na casa.

Os gastos com veterinário e vacinas não são frequentes, mas é bom ter uma economia para essas situações, já que quando for necessário os preços não são baixos. Segundo a veterinária especializada em felinos Leila Sena, em entrevista ao site Vivo Seu Dinheiro, uma consulta para revisão geral custa entre R$ 150 e R$ 200 mais os exames, entre R$ 60 e R$ 300.

Com vacinação e vermifugação, segundo a especialista, gasta-se entre R$ 130 e R$ 250 e é recomendado para gatos jovens arcar com esses custos por pelo menos três meses seguidos. Gatos adultos podem receber uma aplicação anual com o mesmo custo.

E como todo pet, os gatos precisam gastar energia e se divertir. Brinquedinhos existem em todas as opções de preço e o dono determina quantos quer dar de presente para o bichano. Um ratinho de plástico colorido da Cat Toy na Petlove custa R$ 2,90, mesmo preço de uma bolinha de plástico com guizo da American Pets. Um arranhador de madeira encapado com pelúcia sai por R$ 35,90 na Cobasi.

Dessa forma, o gasto mensal fixo com o gato será o da alimentação e higiene, que com os valores apontados e mais três saches de comida úmida a R$ 2 sairia R$ 50,80 ao mês.

Esse valor ao ano, considerando a compra apenas desses brinquedos, uma ida ao veterinário por R$ 150, uma aplicação de vacinas e vermífugos por R$ 150 e uma bateria de exames de R$ 200 custará R$ 1.109,60, e junto aos brinquedos R$ 1.151,30. O valor dividido por 12 meses dá R$ 95,94 ao mês.

Quanto custa ter um cachorro?

Segundo o economista e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Samy Dana, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo sobre quanto custa ter um animal de estimação, os gastos mensais com cães de pequeno porte são, em média, R$ 195, enquanto cães de médio porte geram custos de R$ 300.

Já cães de grande porte, que exigem mais banhos e comem muito mais, chegam a gastar R$ 450. Ao longo da vida esses valores podem chegar, respectivamente, a R$ 45,6 mil, R$ 57,4 mil e R$ 60,5 mil.

O Instituto Pet Brasil (IPB) também estimou que cães geram despesas mensais entre R$ 130 e R$ 315 – e nessa os gatos saem ganhando, pois geram custo de R$ 85 em média. Essa mesma pesquisa apontou que que se o cão utilizar produtos standard seu custo mensal será de até R$ 133 (pequeno porte), R$ 227 (médio) e R$ 315. Se os produtos forem premium os valores mudam para R$ 372 (pequeno), R$ 587 (médio) e R$ 859 (grande).

A pesquisa incluiu nos gastos itens como ração, banho e tosa. Em São Paulo, os preços variam entre R$ 15,80 e R$ 90 e a tosa pode custar entre R$ 22 e R$ 63. As despesas com vacina, exames, ultrassom, castração, internação e consulta médica ficaram entre R$ 300 e R$ 695.

Qual a quantidade de ração para gatos por dia

Como economizar com os pets

Cães e gatos têm necessidades especificas e cada um deles, dentro de suas raças e portes, também trazem diferenciações. O estilo de vida do dono, porém, conta muito nos gastos finais com o animal. Se você ao comprar algo novo e sem necessidade para o pet, como um brinquedinho ou roupa, não se preocupa em ver quanto custa ter um animal de estimação com certeza terá despesas muito maiores do que imagina.

Os períodos de início e fim da vida do animal desprendem mais gastos com cuidados veterinários, compra de acessórios e vacinas. Economizar para não faltar no futuro é uma boa opção para quem está pensando em pegar um pet, além de buscar serviços gratuitos em ONGs e órgãos da prefeitura. Em muitas cidades acontecem mutirões de castração gratuitos ou com custo bem baixo para incentivar o ato.

Evite gastar com mimos. Os brinquedos, em geral, tem pouco tempo de uso, já que geralmente são destruídos pelos animais, e comprar em excesso acaba por gerar um gasto inútil.

Preste atenção ao porte do animal e se o mesmo tem pedigree. Esses detalhes poderão encarecer os custos, já que um cão da raça Yorkshire, por exemplo, exige tosa constante, ao contrário de um cão de pelo curto ou mesmo um gato.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar