Quanto custa construir uma piscina: fibra de vidro, vinil e alvenaria

Quanto custa construir uma piscina? Com o verão de calor escaldante muitos já imaginaram ter uma em casa. Conheça os gastos por trás deste sonho de consumo.

Quanto custa construir uma piscina: fibra de vidro, vinil e alvenaria
Escolha a estrutura e veja quanto custa construir uma piscina em casa

Você já se perguntou quanto custa construir uma piscina? É natural que, com o verão de calor escaldante muitos já imaginaram ter sua própria piscina em casa, seja ela para aproveitar entre amigos ou por um simples apelo estético. Mas, você sabe quantos custos estão por trás deste sonho de consumo?

Quanto custa construir uma piscina

É preciso avaliar com cautela os custos envolvidos e o que atende às suas necessidades e gostos. Leve em conta os modelos oferecidos, os formatos adaptáveis a sua casa e que melhor irão aproveitar o espaço disponível. O método de construção também irá influenciar no tempo em que seu quintal estará em obras (o que pode ser incômodo para os vizinhos, por exemplo). Saiba quais são as possibilidades e custos.

Etapas de construção

Para saber quanto custa construir uma piscina é necessário cotar uma série de serviços que são idênticos para qualquer uma das estruturas:

  • Fazer a consulta do projeto da casa e com a Prefeitura sobre a existência de tubulações que impeçam a construção;
  • Adquirir uma licença com a Prefeitura ou junta do bairro;
  • Considerar impostos e informar-se sobre a porcentagem deles na região onde vive;
  • Solicitar o planejamento, incluindo o formato adequado e custos do projeto realizado por profissional competente (o projeto tem custo de 5% do valor total da obra);
  • Alugar equipamentos para escavação e nivelação (a partir de R$ 150 a hora, cada um);
  • Estrutura inicial;
  • Custos com encanamento apropriado e instalação;
  • Custos com eletricista e materiais para a instalação dos sistemas elétricos de filtragem, iluminação, entre outros;
  • Custos com concreto (caminhão betoneira), pisos e/ou paredes;
  • Acabamentos como piso externo à piscina e possíveis sistemas de escoamento;
  • Gasto inicial de água para encher a piscina com encanamento próprio ou fornecedora através de caminhão.

Aprenda a calcular o preço do metro quadrado para pintar a casa

Piscina em alvenaria

As piscinas de alvenaria e concreto armado são as opções mais caras e demoradas. O custo médio para esses projetos, levando em conta medidas convencionais de 8 metros de comprimento, 4 de largura e 1,40 de profundidade costuma ficar entre R$ 20 mil e R$ 30 mil na região de São Paulo, com todas as etapas de construção e legalização concluídas. Algumas das vantagens são a versatilidade de ser adaptada a qualquer forma que desejar e quase qualquer tipo e nível de terreno, como solos de baixa resistência. As de concreto armado são ainda mais resistentes e recomendadas para tamanhos superiores à 60 m2 e 90 m3.  Em questão de resistência, as de concreto também estão entre as mais duráveis podendo chegar a 40 anos.

O tempo de construção é um pouco maior levando, em média, de 30 a 50 dias dependendo de condições como chuvas. O acabamento interno nessas opções podem ser mais trabalhados e personalizados, sendo feitos com materiais como cerâmicas, pastilha de vidro ou porcelana, em diversas cores e tamanhos. Pedras naturais também são uma opção. Muito optam por criar verdadeiras obras de arte ao fundo se suas piscinas em mosaicos realmente atraentes.

Piscina de Fibra de Vidro

Se o orçamento não está com tanta folga e, principalmente, se quer algo pronto rápido para lhe atender ainda esse verão, um ótima opção são as estruturas em fibra de vidro.

Elas não são tão personalizáveis, pois já vem em estruturas prontas e moldadas de fábrica, porém as opções de modelos, tamanhos e formatos são bastante variadas. Têm uma boa estética e são muito procuradas pela sua praticidade.

O valor médio final fica em torno dos R$ 15 mil para as medidas convencionais de 4 x 8m, possuindo também um baixo risco de infiltrações e rachaduras. Os contras deste modelo fica por não ser adaptável a desníveis de terreno como as de Concreto e Alvenaria são e tem duração esperada menor, de cerca de 20 anos. A grande vantagem fica pelo valor mais baixo e pelos prazos para utilizar. A instalação se trata basicamente de preparar a estrutura do terreno, uma base simples de alvenaria e acabamento lateral; depois é feito o encaixe do casco da piscina e as obras de alvenaria em blocos de concreto ao redor. Em 10 dias após a compra, sua piscina já está pronta para uso.

Piscina em Vinil

Para quem gosta dos prazos curtos e tem orçamento limitado a esse lazer, existe a opção de usar revestimentos em vinil. A diferença está no revestimento. No caso, após feita toda a estrutura de alvenaria (semelhante a de Concreto/Alvenaria), aplica-se um reboco liso nas laterais e um concreto leve no piso. Aí então é então colocado um revestimento de PVC e outro em vinil. A extensão e eliminação de rugas é feita com o próprio peso da água.

Esse modelo é prático, pois atende qualquer a formato e dificuldade com o terreno. Porém é mais rápido, podendo ficar pronto entre 15 a 30 dias. Por ser de revestimento liso - como a de fibra de vidro -, não acumula algas, o que facilita sua limpeza. No entanto, o maior atrativo é realmente o preço. Quanto custa construir uma piscina em vinil? Cerca dos R$ 10 mil, com acabamentos, documentações, equipamentos e todas as etapas necessárias.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar