Projeto Ismart dá bolsas a alunos do 7º ou 9º ano para o ensino médio

Conheça os diferentes projetos de estímulo à educação oferecidos pelo Ismart e saiba como são as bolsas, quem pode se candidatar e como fazer a inscrição.

Projeto Ismart dá bolsas a alunos do 7º ou 9º ano para o ensino médio
Estudantes de baixa renda podem conseguir ensino particular

A fundação Ismart oferece bolsas de estudos a alunos de baixa renda, possibilitando que eles estudem em colégios particulares durante o ensino médio. As bolsas são destinadas a alunos do 7° e do 9° ano do ensino fundamental em duas modalidades diferentes de projetos, o Alicerce e o Bolsa Talento.

Como se candidatar a uma bolsa do Ismart

A Ismart – Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos – é uma instituição privada e sem fins lucrativos criada em 1999. Seu objetivo é ajudar jovens talentos de baixa renda, de 12 a 15 anos de idade, a conseguir os melhores ensinos, concedendo bolsas em escolas particulares de excelência, promovendo desenvolvimento, orientação e capacitação profissional.

Alunos que estejam no 7° ano do ensino fundamental, a antiga 6ª série, podem se candidatar a uma bolsa do projeto Alicerce. Os aprovados farão um curso preparatório de dois anos, que os deixará prontos para participar do processo de seleção das melhores escolas que oferecem o ensino médio.

As aulas do curso acontecem no turno contrário ao do estudante na escola regular. Ele é oferecido nas cidades São Paulo, São José dos Campos e Rio de Janeiro. O objetivo é preparar os alunos para exames de seleção das escolas particulares.

APRENDA 
inglês e vá longe

comece agora

Após os dois anos de preparação, os alunos que conseguem passam nos exames e conseguem entrar em um colégio particular continuam como bolsistas do Ismart, que bancará as mensalidades até dos estudantes até o fim do ensino médio.

Os interessados precisam estar matriculados no 7º ano do ensino fundamental, seja em uma escola pública ou particular, nunca ter repetido um ano escolar comprovar uma renda familiar de até R$ R$ 1.576 por pessoa, o equivalente a dois salários-mínimos.

Já o projeto Bolsa Talento é destinado aos alunos que estão no 9° ano, também do ensino fundamental. Os selecionados ganham direto uma bolsa para cursar o ensino médio em um dos colégios particulares que são parceiros do Ismart, como o Arquidiocesano, em São Paulo.

A bolsa é completa e inclui mensalidade, uniforme, material escolar e a cobertura despesas com alimentação e transporte. O Ismart desenvolve o Projeto Bolsa Talento nas cidades de São Paulo, Cotia, Sorocaba e no Rio de Janeiro.

Para participar, as regras são quase as mesmas do Alicerce, com a diferença de estar no 9º ano do ensino fundamental.

Entenda como funciona o Programa Jovem Aprendiz

Como é o processo seletivo

Os interessados podem fazer a inscrição pelo site do Ismart, de acordo com o projeto que deseja participar. Além do próprio candidato, a inscrição pode ser feita por professores que desejam indicar um aluno.

O processo seletivo tem cinco etapas:

  • Teste on-line
  • Prova presencial
  • Entrevista individual
  • Visita à residência do candidato
  • Dinâmica de grupo

As inscrições para o processo seletivo estão abertas e vão até o dia 15 de julho.

Saiba como fazer uma faculdade de qualidade com baixas mensalidades!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar