Cansado da rotina de 8 horas de trabalho por dia? Veja profissões em que você faz o seu horário

Cansado da rotina de bater ponto no trabalho? Veja 6 profissões que permitem trabalhar com horários flexíveis e muitas vezes em home office

Cansado da rotina de 8 horas de trabalho por dia? Veja profissões em que você faz o seu horário
Conheça profissões que fogem da rotina e flexibilizam o horário de trabalho

TENHA UM CARTÃO DE CRÉDITO SEM ANUIDADEcpara usar no Brasil e no exterior

Para muitas pessoas, a rotina de trabalhar 8 horas por dia, bater ponto bem cedinho e sair no fim da tarde é muito cansativo. Para chegar cedo no trabalho – especialmente nas grandes cidades – é preciso levantar antes do sol, pegar condução e trânsito. Na volta a situação é a mesma, mais trânsito e chega-se em casa praticamente à noite. O dia acaba rápido, mal sobra tempo para relaxar, exercitar, se dedicar ao que gosta, aos filhos, à casa. Passa-se a semana toda esperando pela sexta feira, e no fim de semana o cansaço é tanto que só se quer dormir.

As 6 profissões em que você pode fazer o seu próprio horário

fazerhorariodetrabalho


Está cansado dessa rotina? Conheça 5 profissões em que o próprio profissional faz o seu horário e muitas vezes pode trabalhar em home office.

1. Redatores freelancer

Os jornalistas, redatores e escritores que trabalham em regime de freelancer têm a possibilidade de organizar o seu próprio tempo em cima da deadline (data limite de entrega do texto) proposto pelos seus empregadores. Portanto, se por exemplo a deadline é: diariamente às 18h. O redator/jornalista/escritor pode escrever na madrugada anterior, pela manhã ou pela tarde. No horário que lhe for mais conveniente, que sua cabeça funcionar melhor. E isso é fundamental principalmente nesse tipo de profissão que envolve concentração e criatividade.

Conheça alguns dos melhores sites para trabalhar como freelancer

2. Professor particular

Quem tem o dom para ensinar e possui conhecimentos em áreas específicas (e requisitadas) no setor da educação pode se dar bem dando aulas particulares. Normalmente, os professores particulares dão aula em sua própria casa (home office) ou na casa do aluno, o que já é excelente para quem não aguenta a rotina de trabalhar sempre no mesmo lugar. Os horários costumam ser muito mais flexíveis e adequados tanto ao professor quanto ao aluno. Lembramos que muitas pessoas contratam professores particulares para o horário pós-laboral, já que trabalham ou estudam no horário comercial – excelente para quem é noturno.

3. Manager de rede social

Os produtores de conteúdo e managers de rede social também têm a vantagem de poder gerir o seu próprio tempo de trabalho. Em um momento de boa concentração, podem produzir conteúdos para diversos dias de uma só vez e programar a publicação – as redes sociais como o Facebook já permitem que você agende a publicação para entrar na página no horário destinado. Assim, podem tirar um dia de folga durante a semana, por exemplo. Ou podem também fazer todo o trabalho pela madrugada, e dormir durante toda a manhã, obedecendo a sua preferência e seu horário mais produtivo.

Aproveite e confira 10 dicas de comportamento nas redes sociais para encontrar emprego

4. Especialistas em vendas

Os especialistas em vendas que gerenciam sites, lojas online e serviços que não precisam de um escritório físico – o que tem sido cada vez mais comum – têm a vantagem de poder trabalhar em casa. É verdade que muitas vezes é preciso estar acordado no horário comercial pois as pessoas ligam, fazem pedidos e exigem respostas no horário em que o comércio funciona. Mas se a concentração para o trabalho não seguir o regime das 9h às 18h, o especialista em vendas pode focar-se nas atividades mais complexas e que exigem mais do cérebro – como a parte financeira, resolver problemas por e-mail, fazer encomendas de material – em horário extra comercial. Quem trabalha com a internet tem a possibilidade de flexibilizar a sua demanda.

5. Webdesigner

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
O E-Konomista não brinca em serviço, e vai te ajudar a encontrar a oportunidade certa. Faça o cadastro gratuitamente e receba vagas no Brasil e no exterior.

Em regime semelhante aos dos redatores freelancers, os webdesigners também podem trabalhar em casa e fazer o seu horário. Podem atender clientes pelo telefone e por email e fazer suas artes e programações no computador de casa. Os pagamentos? Podem ser feitos via depósito bancário. E se acaso for preciso encontrar com um cliente, podem se encontrar em locais públicos como um café ou no escritório de quem requisita o serviço. Foge da rotina e flexibiliza horários.

Marketing Digital: os melhores sites para fazer cursos de graça

6. Vendedores de cosméticos

Quem vende cosméticos também pode organizar o seu próprio horário e não costuma ter uma rotina fixa. Muitas vezes trabalham em casa e recebem clientes interessados nos produtos – especialmente em pronta entrega – na sala de casa. Outros, oferecem o serviço nas casas de clientes, no comércio e nos salões de beleza. É uma rotina diferente, que não exige horários fixos. Por exemplo, uma situação: hoje não vou vender cosméticos porque vou ao médico. Amanhã levanto mais cedo e trabalho mais horas. 

Por que algumas pessoas sofrem mais com a rotina das 8h diárias que outras?

fazerhorariodetrabalho


Isso acontece porque as pessoas tem picos de produtividade e necessidade de repouso em horários diferentes. Você já ouviu alguém falar que “não funciona bem de manhã”? Para muitos, sair da cama cedo é uma verdadeira batalha. São as pessoas ditas “vespertinas” ou “noturnas”, aqueles que têm o seu pico de produtividade durante a tarde ou a noite. Portanto, levantar às 6h da manhã e ter o primeiro período do trabalho de 9h ao meio dia é como, para os “matutinos” (aqueles que funcionam pela manhã) se eles tivessem que acordar no meio da madrugada para trabalhar. O sentimento é o mesmo, que está forçando o corpo a trabalhar num período em que ele pede descanso. O problema é que o mundo funciona no horário comercial: de 9h às 18h, 8 horas de trabalho com uma hora de almoço. Portanto, para os vespertinos ou noturnos esse rotina se torna ainda mais exaustiva.

Após um tempo não se acostuma à rotina?

Muitas pessoas dizem: “logo você se acostuma, você entra no ritmo”. Essa é a realidade para um grupo grande, entre 60% e 75% dos trabalhadores em idade ativa conseguem se adaptar bem à rotina sem muitos problemas. Por mais que possam até gostar de dormir até mais tarde, acabam se habituando.  No entanto, somente de 10% a 15% das pessoas são matutinas, enquanto 15% a 25% é vespertina/noturna. Ou seja, o mundo funciona no horário que apenas 10% a 15% das pessoas realmente gostam de estar acordadas. Para os vespertinos e noturnos, a rotina de acordar cedo nunca vai ser natural, o adaptar-se parece nunca chegar e a produtividade pela manhã é muito baixa.

As carreiras que mais proporcionam equilíbrio entre vida profissional e qualidade de vida

A rotina de trabalho corrido também não é a ideal para todos

Novamente, o mundo funciona com uma regra geral para todos, sendo que somos todos diferentes. O horário e trabalho diz, por exemplo: entre às 9h, trabalhe até o meio dia e meia. Tire uma hora de almoço e retorne ao trabalho de 13h30 às 18h. Ou seja, todos deveriam ter uma concentração ‘programada’ para funcionar durante horas seguidas e relaxar durante a hora de almoço, ou em alguns minutos do cafezinho. No entanto, há pessoas com foco de atenção difusa que funcionam melhor com intervalos mais curtos e mais numerosos. Por exemplo: trabalha-se duas horas, relaxa meia hora. Trabalha-se três horas, relaxa mais uma, e assim por diante. O funcionário que é assim no ambiente de um escritório é visto como um preguiçoso, mas na verdade, o corpo dele funciona melhor dessa maneira. O período destinado ao trabalho pode inclusive ser mais longo, mas é mais proveitoso devido às pausas. Quem tem esse tipo de concentração difusa, costuma esgotar-se mais rápido com as rotinas fixas de trabalho e trabalham melhor em profissões que podem fazer o seu próprio horário.

Estudar inglês vai dar um up na sua carreira. Aprenda rápido!
   

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar