Preços de imóveis comerciais têm queda real de 18%

Em quatro grandes capitais brasileiras, os preços de imóveis comerciais vem caindo sucessivamente desde o ano passado. Rio é a cidade mais cara no segmento.

Preços de imóveis comerciais têm queda real de 18%
Pesquisa revela queda em diversas partes do país

A promessa de que a recessão econômica brasileira deverá durar vem se confirmando nos indicadores de preços de imóveis comerciais. Não é de se estranhar, portanto, que os valores do metro quadrado e dos aluguéis desse tipo de imóvel venham caindo, afinal, são neles que a economia “acontece” propriamente.

Tal cenário desfavorável se confirma pelas pesquisas periódicas do Índice FipeZap Comercial. De acordo com a entidade, quem investe em imóveis comerciais vem amargando sucessivas perdas desde 2015. Em compensação, investimentos como o CDI, Certificado de Depósito Interbancário, seguem rumo oposto, com rendimento acumulado em um ano de 14%.

Preços de imóveis comerciais nas capitais brasileiras

De acordo com o FipeZap, os preços de imóveis comerciais para aluguel nas cidades pesquisadas, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre, acumulam queda no período de um ano de 10,77%. Se considerarmos somente os destinados à venda, a queda é menos drástica, de 3,25%. No cálculo dos percentuais reais deve ser computada a inflação do período, dessa forma, as quedas no aluguel e na venda são de, respectivamente, 18,12% e de 5,99%.

Os metros quadrados mais caros do Brasil

De julho para agosto o cenário permanece praticamente o mesmo. Os preços de imóveis comerciais por metro quadrado encontram-se mais elevados no Rio de Janeiro, onde, para venda, o valor é de R$ 11.899, e para aluguel de R$ 50,00. Na outra ponta, está Belo Horizonte,com o metro quadrado mais barato para venda (R$ 7.510), e Porto Alegre, onde o metro quadrado comercial pode ser alugado por R$ 32,00.

No cômputo geral, calculando os preços de imóveis comerciais para venda e aluguel nas quatro capitais, o valor médio por metro quadrado fica em R$ 10.409 para venda e em R$ 45,00 para aluguel.

Onde investir?

Com as crescentes e constantes baixas no preço dos imóveis comerciais, investir nesse tipo de ativo com a intenção de usufruir de posterior valorização mostra-se arriscado. Por outro lado, para quem busca um imóvel desse tipo para aluguel, o momento revela-se oportuno, já que em tempos de crise, as imobiliárias estão cada vez mais dispostas a negociar a facilitar para captar novos inquilinos.

No entanto, para quem busca liquidez e segurança, ou seja, investimentos de baixo risco, uma ótima opção é o CDB, similar ao CDI e que apresenta a mesma rentabilidade.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Julio Benck Julio Benck

Jornalista em permanente formação, entende que toda profissão tem sua arte e uma beleza característica, é só saber encontrar.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar