Palavras mais difíceis em português para os estrangeiros

A quinta língua mais falada no mundo também é a mais complexa para muitos estrangeiros. Conheça as palavras em português mais difíceis para os "gringos".

Palavras mais difíceis em português para os estrangeiros
Veja quais são as maiores dificuldades do idioma para estrangeiros.

Com reformas ortográficas e uma atualização constante da quinta língua mais falada do mundo, o português também está entre as mais difíceis – pelo menos na opinião dos próprios brasileiros.

Diante dessa dificuldade enfrentada potencialmente por estrangeiros que chegam ao Brasil em busca de lazer ou trabalho, nossa conjugação verbal já passou por reajustes mais diretos para ensinar o idioma a eles, ofuscando os pronomes pessoais “tu” e “vós” para dar a vez ao estudo do “eu”, “você/ele/a gente”, “nós” e “vocês/eles”. Entretanto, facilitar não é o suficiente, é preciso praticar e soltar a língua.

Quais são as maiores dificuldades do português para os estrangeiros?

Para eles, a pronúncia de determinadas palavras, conjugação verbal, expressões populares e, principalmente, os acentos e flexões do idioma são os causadores das maiores dificuldades. Escolas internacionais no Brasil costumam relatar, inclusive, que alunos de língua latina (idiomas oriundos do latim, como o italiano francês e espanhol) costumam aprender o idioma mais rápido, ao contrário de um americano, um alemão ou japonês que, devido às colonizações, não possuem similaridade entre as línguas.

Ganhe um tablet para aprender inglês oferta limitada

7 mitos sobre o Brasil que brasileiros precisam desmentir no exterior

Diante dessa diferença, em uma recente brincadeira elaborada pelo portal de ensino Babbel, pessoas de diversas nacionalidades foram desafiadas a dizer palavras como Exceção, Amanhã e Trocadilho, o que provocou alguma estranheza principalmente entre participantes de línguas não latinas. Isso acontece pela variação de pronúncia que uma mesma letra pode ter, bem como os temidos acentos, em especial o anasalado til.

Esse breve teste foi apenas uma prévia do que os estrangeiros costumam ter mais dificuldade ao arriscar umas férias no Brasil. Não bastasse a quantidade de gírias, expressões populares e sotaques a cada região dentro do mesmo país, algumas barreiras na pronúncia do idioma podem tornar o português um verdadeiro pesadelo na vida dos “gringos”.

Nossa língua possui muitos sons nasais, mas certamente as vogais e ditongos como “ã”, “om”, “ãe” e “em” apresentam maiores graus de dificuldade na reprodução. Outros exemplos estão em letras acompanhadas de “h”, como o “lh”, “nh”, “ch” e outras. Letras que possuem muitos modos de pronúncia ou o mesmo som como os casos do “xc”, “sc”, “x”, “ss”, “cç” e “ç” também causam confusão tanto na hora de escrever quanto dizer essas palavras.

Mas não pense que os nativos de línguas latinas também não cometem gafes no português – e vice-versa. A exemplo, algumas palavras aqui no Brasil têm significados totalmente diferentes em outro idioma, como é o caso de “embaraçada” que, em espanhol, quer dizer grávida.

Ganhe um tablet para aprender inglês onde quiser.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Heloísa von Ah Heloísa von Ah

Formada em Comunicação em Computação Gráfica e Design de Games, é apaixonada pela profissão que exerce. Uma aficionada por tecnologia, gatos e cinema underground.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar