Pontos turísticos do Rio de Janeiro: quanto custa conhecer

Os pontos turísticos do Rio de Janeiro além dos já mundialmente conhecidos e que fazem a cidade ser conhecida como maravilhosa.

Pontos turísticos do Rio de Janeiro: quanto custa conhecer
Os custos e curiosidades da cidade maravilhosa

Mais do seus próprios cartões postais, os pontos turísticos do Rio de Janeiro são sem dúvida os principais cartões postais de todo Brasil, e ainda que seja uma movimentada metrópole, sede de inúmeros eventos importantíssimos no país, é ainda um dos destinos mais cobiçados por turistas do Brasil e do mundo.

Conhecendo ou não a cidade do Rio de Janeiro há sempre algo novo pra se visitar numa nova viagem. Em constante renovação e sempre cheia de atrações a cidade é mais uma das capitais brasileiras que não pára. Não pára de oferecer atividades, não pára de ser maravilhosa.

Quem visita uma vez que seja algum dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro certamente vai querer voltar. Isso porque a cidade possui uma mistura exótica e ainda assim perfeita entre a cidade e natureza, e muito embora seja também reconhecida pelos altos índices de violência, possui uma energia e uma vitalidade que cativam a todos, seja em sua paisagem ou na tradicional receptividade carioca.

Pontos turísticos do Rio de Janeiro

As opções na capital carioca são inúmeras e para todos os gostos e bolsos, mas quando falamos de pontos turísticos do Rio de Janeiro não podemos deixar de citar alguns tradicionais como o Pão de Açúcar (ingresso a R$62,00 com desconto para idosos e portadores de deficiência)- com acesso por teleférico o topo dos morros oferecem uma vista privilegiada da cidade -, o Cristo Redentor (ingressos a R$51,00 em baixa temporada e R$62,00 em alta temporada) - símbolo de religiosidade e da própria cidade, o Cristo pode ser avistado de inúmeros pontos da cidade e atrai diversos visitantes durante o ano -, o Jardim Botânico - uma belíssima área preservada na zona sul da cidade -, as Praias de Ipanema e Copacabana - cenários de todo tipo de festa, evento ou mesmo como destino diário de lazer, a paisagem e orla dessas praias, separadas pela Pedra do Arpoador e sua incrível vista do pôr do sol, são deslumbrantes -, a Lagoa Rodrigo de Freitas - cercada por restaurantes, uma deliciosa ciclovia e ainda com a possibilidade de passeios de pedalinho (R$30,00 para até duas pessoas e R$50,00 para até seis pessoas) -, o bairro e os Arcos da Lapa - e seus inúmeros e famosos bares com tradicional samba e outros ritmos.

É difícil citar quais dos pontos turísticos do Rio de Janeiro são os mais tradicionais visto que há tantas possibilidades que dificilmente o turista conseguiria conhecer a todas em uma única visita. Para os que gostam de natureza e aventura há a grandiosa Floresta da Tijuca e suas diversas possibilidades que vão desde trilhas internas, a trilha para a Pedra Bonita e pista de vôos de asa delta. Nesse sentido há ainda a subida ao Morro dois Irmãos ou a Pedra da Gávea, todos com vistas muito privilegiadas da cidade e Baía de Guanabara.

Para quem não dispensa diversão há opções para todos os gostos também. Além dos diversos bares e baladas do bairro da Lapa há os tradicionais Samba do Ouvidor - no centro da cidade - e o Samba da Pedra do Sal - que ocorre semanalmente sobre uma pedra símbolo da história da cidade. Há ainda o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas em São Cristóvão (cobra ingressos apenas aos finais de semana, de R$3,00 a R$5,00) - com festas, shows e gastronomia típica nordestina.

Startup Pack Up + Go vende pacotes de viagem com destino surpresa

Para os amantes de histórias são vários os pontos turísticos do Rio de Janeiro nesse aspecto. Dos modernos Museu do Amanhã (entradas a R$10,00) e MAR (Museu de Arte do Rio) aos tradicionais CCBB e Museu Nacional de Belas Artes (ingresso a R$8,00, gratuito aos domingos). O Parque Lage é outra belíssima e convidativa construção histórica na cidade.

Quando consideramos não apenas a capital como as demais cidades do estado do Rio de Janeiro o encantamento se torna ainda maior. O estado possui alguns dos melhores destinos do país, tanto para períodos de verão como de inverno. Dentre as mais conhecidas estão desde a aconchegante e sofisticada cidade de Petrópolis que oferece opção também de aventura na famosa travessia até a cidade de Teresópolis, as cachoeiras e belezas naturais da cidade de Visconde de Mauá  o litoral sul do estado onde estão Paraty, Trindade, Ilha Grande e seus mares e piscinas naturais de águas cristalinas - além, claro, de toda atração tradicional a cada região - e ainda o litoral norte, em Arraial do Cabo com praias chamadas de "caribe brasileiro" e suas belíssimas vizinhas Búzios e Cabo Frio.

Quanto custa a viagem

O que não falta na cidade são opções de hospedagens, há onde se instalar em todos os bairros e principalmente nas regiões central e sul.

Uma viagem em agosto para o Rio de Janeiro, partindo de São Paulo (vôos ida e volta em agosto a partir de R$271,00) e se hospedando em hostels (a partir de R$23,00 por pessoa com wifi e café da manhã), por exemplo, durante um período de 5 dias, custará a partir de R$386,00 por pessoa.

O Rio de Janeiro é sempre uma opção em qualquer época do ano, porém, nos meses do meio do ano há tanto o clima mais ameno a favor quanto o menor fluxo de turistas na região, o que facilita locomoção e acesso aos pontos turísticos da cidade.

*Valores pesquisados nos sites Skyscanner e Hostelworld, em julho de 2016.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Tabata Franco Tabata Franco

Paulistana, formada em Comunicação e Multimeios e em Produção de Áudio e Vídeo. Transita por produções e projetos nas áreas de cinema/vídeo, fotografia, redação e artes em geral. Comunicativa, ama a palavra, se encanta pelas linguagens.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar