Pisos para cozinha: qual é melhor?

As 5 melhores opções de pisos para cozinha, suas vantagens e desvantagens e custo médio por m² do piso.

Pisos para cozinha: qual é melhor?
Conheça as 5 melhores opções de pisos para cozinha

Atualmente o mercado de construção civil oferece inúmeras opções de pisos para cozinha e para toda casa e é importante estar atento a qual se adapta melhor a sua casa e ao estilo de decoração adotado, tanto para que ele valorize o ambiente, seja agradável esteticamente, quanto para que seja útil, prático e uma solução na cozinha, sem surpresas com vazamentos ou afins.

Se levarmos em consideração apenas o fato de que a escolha de pisos para cozinha pode ser definitiva - afinal, muito raramente esse tipo de revestimento é trocado em uma casa, exceto em grandes reformas - já é motivo suficiente para ter atenção e cuidado quando tiver que escolher, mas existem ainda outros aspectos importantes de cada piso que também devem ser considerados na hora da compra, tais como durabilidade e facilidade para limpeza.

Qual é o piso para cozinha mais indicado

Selecionamos os 5 principais e mais econômicos tipos indicados de pisos para cozinha e relacionamos suas vantagens e desvantagens a fim de que a escolha seja ainda mais acertiva.

Piso de cerâmica

O piso de cerâmica é bastante semelhante ao piso porcelanato, exceto por ser constituído do barro o que o torna menos resistente e, portanto, ser recomendável tomar cuidado com objetos pesados que possam cair sobre ele. Com diversas opções de tipos, cores e tamanhos a cerâmica pode ser aplicada apenas com argamassa própria para pisos e revestimentos.

A principal vantagem desse piso é agregar um baixo custo a boa resistência, beleza, dificuldade para obter infiltrações e manchas e facilidade para limpeza.

Custo médio: R$25,00/m²

Piso de cimento queimado

Sem dúvida a opção mais barata dentre os pisos se considerarmos não apenas o custo do piso como também da colocação. É um piso basicamente feito com cimento, areia e água que pode ser em diversas cores e é muito fácil pra limpar, muito embora seu aspecto machado disfarce bem a sujeira, além de dar um ar rústico e ao mesmo tempo moderno a cozinha. No inverno esse tipo de piso costuma ficar frio e quando molhado é bastante escorregadio.

Após ser despejada no chão a massa de cimento é impermeabilizada e selado para evitar possíveis manchas e rachaduras futuras, mas isso é pouco controlável, com o tempo as fissuras tendem a surgir.

Custo médio: R$30,00/m²

Piso de pastilha

Delicadas, resistentes e proporcionando um acabamento único, as pastilhas são cada vez mais utilizadas no revestimento de vários cômodos da casa. Para a aplicação é necessário uso de argamassa específica para pastilhas, especialmente se elas forem de vidro, o que torna necessário o cuidado com a escolha da cor da argamassa também.

Além de tornar o ambiente mais aconchegante e possibilitar inúmeras variações de cores e desenhos, as pastilhas são bastante resistentes a água o que evita infiltrações e manchas, porém, por possuirem muitas áreas de rejunte, podem acumular mais sujeira que um piso mais comum.

Custo médio: R$30,00/m²

Piso de porcelanato

O porcelanato é a escolha mais comum quando o assunto é pisos para cozinha, isso devido a sua fácil adaptação a diversos espaços, facilidade para limpar e alta durabilidade. Há ainda uma extensa variedade de cores, tamanhos e tipos de porcelanatos - natural, esmaltado, acetinado, técnico, vitrificado, rústico, slim ou com texturas - que podem todos ser facilmente aplicados com argamassa específica para pisos.

Muito embora o porcelanato seja um piso bastante resistente é preciso tomar cuidado com objetos muito pesados que possam cair sobre ele pois esse tipo de impacto pode gerar rachaduras no piso.

Custo médio: R$50,00/m²

Piso de ladrilho hidráulico

Além de super charmosos e de muito bom gosto, o ladrilho hidráulico é impermeabilizado com resina, o que o torna um dos mais resistentes pisos para cozinha. As inúmeras variações e formas dos ladrilhos compõem uma decoração única que pode misturar o clássico e o moderno em um mesmo ambiente, o tornando ainda mais alegre e agradável.

Os melhores tipos de pisos para cada cômodo da casa

Este piso não utiliza energia elétrica ou fornos que emitem gases poluentes em sua confecção e, portanto, é uma escolha ecologicamente correta. Por ser instalado de forma artesanal demora mais que outros tipos de revestimentos, além disso os vários tipos de formas personalizadas pode encarecer o m² do material e sua colocação - calculamos aqui o valor médio entre os tipos lisos e estampados mais baratos.

Custo médio: R$60,00/m²

*Valores estimados através de comparação do custo dos revestimentos em lojas de construção civil, em junho de 2016.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Tabata Franco Tabata Franco

Paulistana, formada em Comunicação e Multimeios e em Produção de Áudio e Vídeo. Transita por produções e projetos nas áreas de cinema/vídeo, fotografia, redação e artes em geral. Comunicativa, ama a palavra, se encanta pelas linguagens.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar