Como pedir um aumento de salário sem receber um não

Pedir um aumento pode ser inevitável em determinado momento, mas é importante saber como e quando fazer isso. Um passo em falso pode ter efeito contrário.

Como pedir um aumento de salário sem receber um não
Muita gente tem medo da reação do empregador ao pedir um aumento salarial

Chegou a hora: você sente que precisa pedir um aumento no trabalho. Já são alguns anos trabalhando sem reajustes, os outros profissionais da área parecem ganhar mais. Mas como convencer o chefe? Será mesmo um bom momento? Qual a melhor abordagem?

Em primeiro lugar, abandone o nervosismo. Tratar de dinheiro é geralmente um assunto delicado, mas esteja seguro do que precisa fazer e seja maduro. Pedir um aumento no trabalho faz parte da história dos empregos e, por mais desconfortável que possa parecer, os patrões já estão habituados a isso (ou deveriam estar).

Dicas para pedir um aumento

Então, vamos lá. Respire fundo e veja que pedir um aumento no trabalho não precisa ser nenhum bicho de 7 cabeças.

Preparando a conversa

Antes de falar com o seu chefe, faça uma pesquisa. O seu salário está de acordo com o mercado? Segue o plano de cargos e salários da empresa? Se não, o ideal é pedir no máximo 20% de aumento. Tenha proposta preparada e saiba negociar. ​Analise também o momento da empresa. Se está tudo às mil maravilhas, a hora de pedir um aumento no trabalho é agora. Se a coisa estiver mal, com prejuízos, nem adianta tentar porque a resposta vai ser negativa.

Agende uma reunião formal pessoalmente para tratar do assunto. Nada de emails, telefonemas, sms, mensagem no Whatsapp, convite para almoço...Também não vale ficar mandando indiretas. Seja profissional e objetivo. É importante levar em conta o humor do chefe! Ou você acha que vale à pena discutir questões salariais logo cedo com quem parece que acorda sempre virado do avesso?

Na hora do “vamos ver"

1. Esqueça os rodeios e vá direto ao ponto.
Encher linguiça não adianta e só vai deixar o chefe impaciente.

2. Nada de fazer uso de um tom agressivo e nem se passar por coitadinho.
A conversa que começa com “Vocês não gostam do meu trabalho..” geralmente não acaba bem.

3. Seja honesto.
Faça um breve relato da sua história na empresa, deixe clara a sua dedicação, disponibilidade. Mostre os dados recolhidos na pesquisa prévia que justifiquem pedir um aumento no trabalho.

4. Alegar problemas financeiros pessoais não ajuda. 
Foque mesmo no lado profissional, no mercado de trabalho, na conjuntura da empresa.

5. Cuidado ao dizer que recebeu proposta de outra empresa para ganhar mais! 
Primeiro que, se for mentira, ela pode ser descoberta e isso ficaria péssimo para você. Se for verdade, seja muito cuidadoso ou a conversa pode ganhar um tom de chantagem.

Colhendo os frutos

  • É muito provável que você não receba uma resposta na hora, a menos que seja um não imediato. Agradeça e pergunte quando terá um retorno;
  • ​Caso o aumento seja negado, pergunte qual a razão (sem agressividade!) e o que você pode fazer para que ele seja concretizado em um futuro próximo. É importante estar preparado para o não, acima de tudo;
  • Se for oferecido um aumento abaixo do que você esperava, o melhor é aceitar e continuar trabalhando para um reajuste melhor no futuro;  
  • Se a reunião gerou bons frutos e o aumento desejado foi concedido, agradeça, obviamente, e continue o bom trabalho. Nem pense em relaxar e, muito menos, virar um bajulador do chefe.

Gostou? Compartilhe!
Na Web:

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar