Passar mal no avião: veja como evitar 4 incômodos frequentes

Você sente incômodos ao viajar de avião? Confira no artigo dicas para prevenir, aliviar sintomas e não passar mal no avião.

Passar mal no avião: veja como evitar 4 incômodos frequentes
Saiba como evitar passar mal no avião com dicas simples

qual seu nível de inglês?faça um teste online e descubra









Para algumas pessoas, viajar de avião causa um desconforto enorme, o que torna algo que é prazeroso como uma viagem num verdadeiro tormento. Os problemas mais comuns que incomodam os passageiros durante um vôo são: enjôos, náusea, dores de ouvido, inchaço nas pernas e dores de cabeça. Vamos ensinar dicas para evitar passar mal no avião e também como aliviar os sintomas durante o vôo.
 

QUER ECONOMIZAR NA SUA VIAGEM?
Cadastre-se no E-konomista e receba as melhores dicas, informações e oportunidades de viagem no Brasil e no mundo.

O incômodo do enjôo

O enjôo que muita gente sente durante viagens é um transtorno chamado de cinetose, ou seja, enjôo de movimento. Ele provoca um quadro de ânsia e náuseas que pode ou não vir acompanhado de vômitos. Algumas pessoas são mais vulneráveis a esse transtorno que outras, esses sintomas podem ser agravados se o passageiro tiver medo de voar de voar de avião, for muito ansioso, sofrer constantemente de enxaquecas ou estiver gestante.

Como prevenir:

  • Evite ler na viagem
  • Prefira a poltrona da janela e observe a paisagem, isso ajuda na sensação de movimento e seu corpo assimila melhor o deslocamento
  • Tente reservar os assentos mais próximos da asa, pois eles balançam menos
  • Se for um vôo curto, evite se alimentar logo antes de embarcar e também durante o vôo. Se for um vôo longo, alimente-se em pequenas porções e alimentos de fácil digestão como frutas, legumes, cereais e carnes brancas.
  • Evite passar perfumes e fique longe de odores intensos
  • Prefira as poltronas que fiquem nos locais mais arejados do avião
  • Evite tomar bebidas alcoólicas durante o vôo
  • Se você tiver enjôo com muita frequência em vôos é melhor consultar o seu médico e pedir à ele um remédio que consiga controlar a cinetose.

Como aliviar:

Se você já está a bordo e o enjôo aparecer, o principal é manter a calma e tentar relaxar:

  • Respirações profundas ajudam o corpo a relaxar e aliviam a sensação de enjôo
  • É comum em passageiros que sofrem de enjôo, utilizar pulseiras de pressão no punho, que ajudam a aliviar os sintomas
  • Quem não gosta de tomar remédios, pode optar por chás ou balas de gengibre
  • Se o sinal de “apertar os cintos” não estiver aceso, caminhe nos corredores do avião lentamente para distrair do enjôo e ajudar na sensação de movimento

As dores de ouvido

passarmalnoaviao


Um terço dos passageiros de avião sofrem dores de ouvido após a decolagem. Esse incômodo tem nome, é o barotrauma. Isso acontece quando sofremos uma mudança brusca de pressão e no volume dentro do ouvido em decorrência da mudança da pressão atmosférica. A sensação de ouvido tapado ou abafado incomoda muito e pode vir acompanhada de dor.

Como prevenir:

  • Mascar chicletes antes de durante o vôo ajuda a compensar a alteração de pressão
  • Pingar descongestionante nasal 30 minutos antes do vôo e um pouco antes do pouso ajudam a prevenir a sensação
  • Bocejar – mesmo que não tenha sono. O movimento ativa os músculos da face e abre os canais dos ouvidos, evitando a dor

Como aliviar:

  • Empurrar o ar: a forma mais fácil e eficaz de aliviar a pressão nos ouvidos é puxar bastante ar para dentro dos pulmões, em seguida tampar a boca e o nariz e empurrar o ar. Isso ajuda a abrir os canais do ouvido e alivia a pressão. Por vezes pode acontecer um pequeno estalo, mas o alívio é instantâneo.
  • Bocejar e mascar chicletes – além de prevenir as dores de ouvido ajuda também a tratar. Se você não tem um chicletes à bordo, só o movimento de engolir praticado repetidas vezes dá o mesmo efeito.

Receba as melhores ofertas relâmpago de passagens aéreas no Brasil e no mundo.




O inchaço nas pernas

Em viagens longas, o inchaço nas pernas é incômodo muito comum e pode ainda ser perigoso. Se o passageiro já tem tendências à má circulação ou à trombose, é preciso consultar um médico para evitar passar mal no avião com alguma seriedade. Se o passageiro é fumante, o alerta é duplicado.

Como prevenir:

  • Circular no avião: não há melhor remédio. Se suas pernas sempre incham em viagens de avião, de tempos em tempos (quando o sinal de apertar os cintos não estiverem ligados) caminhe pelos corredores, fique minutos em pé, alongue as pernas.
  • Utilizar meias de compressão ajudam e muito. São desconfortáveis, mas em quem tem má circulação é um mal necessário.
  • Movimente as pernas mesmo quando sentados, faça movimentos circulares com os calcanhares, alongue a panturrilha forçando os pés para trás, balance levemente as pernas para cima e para baixo. Se a poltrona ao lado estiver vazia, erga os calcanhares, deixar os pés para cima ajuda e muito.

Como aliviar:

São semelhantes aos métodos de prevenção

  • Caminhar, caminhar e caminhar
  • Faça massagens nas pernas, apertando com as pontas dos dedos da base da coxa até os pés.
  • Utilizar cânfora em gel ajuda a aliviar a sensação de inchaço
  • Colocar os pés para cima
  • Se a dor for intensa, ou existir qualquer impossibilidade de se movimentar ou andar, procure logo um médico.

As dores de cabeça

passarmalnoaviao


Um estudo realizado por neurologistas italianos sugere que existe um tipo de dor de cabeça bastante específico, do qual inúmeras pessoas sofrem somente quando viajam de avião. Embora estudos anteriores sugerissem que este tipo de dor era algo raro, os pesquisadores italianos sugerem que ela pode ser mais comum do que se imaginava. Esse tipo de dor ocorre somente durante o vôo, dura pouco tempo (normalmente menos de meia hora), é intensa e é aliviada poucos minutos depois da aterrissagem.

Segundo os especialistas, a dor surge de maneira repentina, normalmente em um dos lados da cabeça logo acima dos olhos, e some da mesma maneira que apareceu, do nada. Os motivos exatos ainda são pouco claros, mas tudo parece indicar que a dor peculiar esteja relacionada, principalmente, com um desequilíbrio entre a pressão interna da cabine e a dos seios nasais.

Como prevenir:

Indepentende de qual for o seu tipo de dor de cabeça, para evitar os sintomas e passar mal no avião vale:

  • Tentar reservar vôos diretos, assim não tem que trocar de aeronave e infrentar mudanças bruscas de pressão mais de uma vez no dia
  • Tampar as luzes do avião com óculos escuros ou máscaras de dormir, as luzes costumam facilitar a incidência da dor de cabeça
  • Evitar bebidas alcoolicas e bebidas com cafeína durante o vôo: o vinho tinto, particularmente, costuma estimular a cefaleia; a cafeína apresenta o mesmo efeito, pois desidrata o corpo
  • Beber bastante água

Como aliviar:

  • Pingue descongestionante nasal, assim como nas dores de ouvido, a dor de cabeça também é aliviada
  • Feche os olhos e tente relaxar
  • Tome bastante ar fresco após a aterrisagem
 
Quer fazer intercâbio? Fique de olho nas oportunidades e promoções para estudar no exterior.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é brasileira, natural de Minas Gerais, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e hoje cursa Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, Portugal. Possui trabalhos na área de Jornalismo Cultural, Fotografia, Documentário e Assessoria de Imprensa e é apaixonada pela profissão desde criança.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar