Exame de vista pode vir a detectar Parkinson

Cientistas britânicos trouxeram a animadora notícia de que um exame de vista simples seria capaz de detectar a doença de Parkinson.

Exame de vista pode vir a detectar Parkinson
Doença poderia ser detectada mesmo antes de sintomas aparecerem

Quem tem um familiar ou amigo com doença de Parkinson sabe que não é nada fácil conviver com o problema e que a evolução da doença pode causar diversos outros problemas de saúde no paciente.

Mas há uma notícia animadora! Pesquisadores de uma universidade britânica concluiram um estudo, com base em testes em ratos, que mostraram que exames de vista simples podem detectar a doença de Parkinson em um paciente antes mesmo que ele manifeste sintomas.

Exame de vista e Parkinson

De acordo com a professora e pesquisadora-chefe do estudo, Francesca Cordeiro, da University College London, roedores com a doença, mas que não tinham nenhum sintoma, passaram pelo exame e apresentaram alterações no fundo dos olhos.

Segundo ela, o método é barato e não é invasivo. Além disso, ela afirma ser potencialmente uma descoberta revolucionária no que diz respeito a diagnósticos rápidos e tratamento no início para a doença que é uma das mais debilitantes do mundo.

Com o diagnóstico no início é possível que se possa intervir muito mais cedo e tratar os pacientes de forma eficiente.

Atualmente não existem exames de imagem ou sangue que concluam um diagnóstico de Parkinson e este é um passo significante segundo o diretor de pesquisa da ONG Pakison's UK, Arthur Roach, que afirmou que há uma urgente de necessidade de se ter um método simples e preciso para detectar a doença, especialmente nos primeiros estágios da mesma.

"Apesar de a pesquisa ainda estar em seu estágio inicial e precisar ser testada em pessoas com Parkinson, um testes simples e não invasivo, exatamente como um exame de vista, poderia ser um passo significativo no tratamento da doença.", de acordo com Roach.

Sintomas da doença

Os principais sintomas de Parkinson são tremores, lentidão nos movimentos, rigidez muscular e qualidade de vida prejudicada. Em geral eles surgem após as células cerebrais já terem sido danificadas.

Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Redação E-konomista Redação E-konomista

O E-konomista é um portal on-line que busca fornecer dicas sobre economia em diversos aspectos da vida. Caso queira contactar a nossa redação, envie um e-mail para o info@e-konomista.com.br.

Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar