6 países mais difíceis de entrar para fazer turismo

Enquanto o Brasil investe pesado para chamar os turistas, os países mais difíceis de entrar criam dificuldades para quem vai a passeio.

6 países mais difíceis de entrar para fazer turismo
Países mais difíceis de entrar colocam cada vez mais barreiras aos turistas

qual seu nível de inglês?faça um teste online e descubra

Quem não quer ter grandes dores de cabeça, deve conhecer os países mais difíceis de entrar e as principais exigências. Para algumas nacionalidades, como a nossa, a dificuldade pode ser relativa, uma vez que os governos começam a rever as suas políticas de acessibilidade. A lista divulgada pelo site Business Insider leva em conta barreiras apresentadas a turistas de uma forma geral e não apenas aos brasileiros.




 
ECONOMIZE NA SUA PRÓXIMA VIAGEM
Cadastre-se no E-konomista e receba as melhores dicas, informações e oportunidades de viagem no Brasil e no mundo.

Acesso restrito: países mais difíceis de entrar

Se você está pensando em um destino para as suas próximas férias, atenção. Quem não quer ter grandes dores de cabeça, deve conhecer os países mais difíceis de entrar e as principais exigências. Nesses lugares, fazer turismo não é sinônimo de despreocupação.

 

1. Rússia

paisesmaisdificeisdeentrar


Ver de perto todos aqueles palacetes coloridos de Moscou pode ser um bocado trabalhoso, isso porque a Rússia está na lista dos países mais difíceis de entrar. O visto para turista pode demorar meses até ser liberado, o que não impede que a chegada ao aeroporto seja marcada por um inquérito. Os americanos têm de enfrentar ainda mais barreiras. Reminiscências da Guerra Fria, amigos! Nós, por acaso, passamos a ter mais sorte nesse aspecto. Um acordo entre os governos brasileiro e o russo possibilitou que não precisássemos mais de visto para viagens de até 90 dias.

 

2. Nauru

paisesmaisdificeisdeentrar


Digamos que você esteja procurando destinos exóticos para as próximas férias e tenha se deparado com Nauru, uma pequena ilha no oceano Pacífico. Além de ser a menor república independente do mundo, é também um dos países mais difíceis de entrar, especialmente pela quantidade bastante reduzida de voos para o local. Outro desafio será localizar consulados e embaixadas para conseguir o visto: em todo o mundo, são apenas 2 embaixadas e 7 consulados de Nauru.

 

3. Irã

paisesmaisdificeisdeentrar


Entrar no Irã é uma missão que exige bastante planejamento, até porque o processo para conseguir o visto de turista pode demorar longos meses. A principal burocracia é que cada pedido de visto precisa ser avaliado e aprovado pelo Ministério das Relações Exteriores, ou seja, embaixadas e consulados não têm autonomia para conceder tal documento.


A procura de passagens aéreas baratas? Cadastre-se e receba as melhores passagens aéreas no email.







4. Butão

paisesmaisdificeisdeentrar


Quem adora planejar viagem sozinho é melhor esquecer uma ida ao Butão: só é possível passear por lá sob a tutela de agente turístico que vai preparar tudo por você. Parece mordomia, mas a verdade é que trata-se de controle. Outra medida praticamente “espanta-turistas” é aquela onde todo e qualquer serviço deve ser pago com antecedência. E não estamos falando apenas da reserva do hotel, mas até das suas refeições! O governo estipula ainda os gastos diários da turistada: entre R$ 800 e R$ 1.200!

 

5. Arábia Saudita

paisesmaisdificeisdeentrar


Se você não é muçulmano, saiba que a probabilidade de ter o visto dificultado é muito maior ao tentar visitar a Arábia Saudita. Esse, que é um dos países mais difíceis de entrar, põe ainda mais entraves para as mulheres, que devem estar sempre acompanhadas por homens, sejam parentes ou não. Casais que não sejam oficialmente casados só podem turistar por aquelas bandas se fizerem parte de um grupo maior.

 

6. Eritreia

paisesmaisdificeisdeentrar


De acordo com a classificação da Anistia Internacional, esse é um dos países mais repressivos do mundo. Com uma característica dessas, não se pode esperar uma boa receptividade aos turistas. Por essas e outras, os vistos são claramente dificultados e pode demorar até 2 meses para se receber um feedback, com grandes chances de ser negativo.

Obs: texto atualizado em 15/09 - correção da infomação sobre visto para brasileiros entrarem na Rússia, exigência que deixou de ser requerida. 
 

Quer fazer intercâmbio? Fique de olho nas promoções e oportunidades para estudar no exterior.


Veja também:

Gostou? Compartilhe!
Receba mais informações como esta!

Receba a nossa newsletter

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por e-konomista.com.br e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão compartilhados com os nossos Parceiros.

Enviar